Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 31 de outubro de 2015

Jorge quer provar força do grupo, mas lamenta por afastados: "Perda grande"


O Flamengo chegou a Porto Alegre enfraquecido técnica e emocionalmente após o turbulento afastamento de cinco jogadores que participaram de uma festa na última terça-feira: Alan Patrick, Everton, Pará, Paulinho e Marcelo Cirino. A punição, que também teve multa no salário, rendeu e continua rendendo desdobramentos no clube. Sem esses nomes importantes à disposição, aos quais se juntam lesionados, como Ederson, e suspensos, como Emerson Sheik, o elenco quer provar sua força na partida deste domingo, contra o Grêmio. 

O afastamento, no entanto, ainda está muito recente. Vários jogadores do grupo não concordaram com o rigor da punição imposta pela diretoria, apesar de terem reprovado a exposição causada pelo quinteto. O lateral-esquerdo Jorge, por exemplo, evitou se estender no tema, mas admitiu que ficou surpreso e lamentou os desfalques.

- Isso deixo para a diretoria resolver mesmo. A gente fica triste demais com o afastamento deles, não esperava isso, mas aconteceu. A perda é muito grande. Mas a gente deixa isso para a diretoria e tem que entrar focado, sabendo da força do grupo - afirmou Jorge, que contou ter bom contato com os afastados, principalmente Alan Patrick, de quem recebe muitos conselhos em campo, mas que ainda não falou com eles após o episódio.

Jorge ao fim do treino no CT do Internacional neste sábado, em Porto Alegre (Foto: Ivan Raupp) 
Jorge ao fim do treino no CT do Internacional neste sábado, em Porto Alegre (Foto: Ivan Raupp)

Ao mesmo tempo em que se entristece com a ausência do quinteto, Jorge vê necessidade de chamar ainda mais a responsabilidade para si. Apesar da pouca idade - 19 anos -, ele tem mostrado maturidade e boa postura desde que assumiu a condição de titular do Flamengo, meses atrás, durante o primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

- Chamo essa responsabilidade para mim porque sei a pressão que é. Mas não é só para cima de mim, é para cima de todo o grupo. Tem o Guerrero, o Emerson, que está voltando no próximo jogo, o Kayke, o Gabriel, que está tendo a oportunidade dele, o Luiz Antonio... O grupo é forte. Do meu lado, tenho sempre que dar meu melhor, venho numa batida muito boa. Vamos nos concentrar nesse jogo para mostrar o quanto o grupo é forte.

O duelo deste domingo, às 17h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pode tanto detonar de vez a chance de G-4 quanto reacender a esperança de torcida e diretoria em conquistar a vaga na Libertadores 2016. O Rubro-Negro está com 44 pontos, a seis pontos do quarto colocado.

- É um jogo muito importante para o grupo, pois tivemos essa semana pesada depois da derrota para o Corinthians. É muito importante que a equipe entre concentrada. Vamos ter desfalques, aconteceu esse tumulto todo. O grupo fica triste por perder jogadores tão importantes, só que somos fortes e temos que mostrar isso amanhã, que temos jogadores de qualidade para entrarem no lugar. Vai ser um jogo muito difícil. Podemos ganhar até de meio a zero, os três pontos são bastante importantes. Sem dúvida a gente não desistiu ainda do G-4.

A maturidade de Jorge está servindo para ajudar na adaptação do quarteto de juniores chamado por Oswaldo de Oliveira para o grupo profissional após o afastamento dos jogadores. São eles: Douglas Baggio, Matheus Sávio, Thiago Santos e Ronaldo. Até pouco tempo atrás o lateral-esquerdo jogava junto deles. Feliz com a oportunidade dos amigos, poderá passar experiência.

- São jogadores com quem eu estava até pouco tempo atrás, e sei da qualidade deles. O que eu puder passar do que aprendi nesses meses vai ser importante para eles. Fico feliz por estarem junto comigo aqui, tendo a oportunidade deles. Vou falar para eles entrarem muito concentrados para ajudar a equipe.

Veja a delegação do Flamengo em Porto Alegre:
 
Goleiros: Paulo Victor, César e Daniel.
Laterais: Ayrton e Jorge.
Zagueiros: César Martins, Wallace, Samir e Marcelo.
Volantes: Márcio Araújo, Canteros, Luiz Antonio, Jajá e Ronaldo.
Meias: Almir e Matheus Sávio.
Atacantes: Guerrero, Gabriel, Kayke, Thiago Santos e Douglas Baggio.

Nenhum comentário: