Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 4 de março de 2017

Flamengo supera marca de 80 mil sócios-torcedores


FLAMENGO(83mil)


Palmeiras (126 mil)
Grêmio (115 mil)
Internacional (112 mil)
São Paulo (112 mil)
Corinthians (100 mil)

Presidente da Ferj critica "incitação ao ódio" por cartola do Bota: "Inconcebível"


Carrossel Carlos Eduardo Pereira e Rubens LopesO presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, apesar da boa relação que mantém com o Botafogo desde a gestão de Maurício Assumpção, não engoliu a postura do atual presidente alvinegro, Carlos Eduardo Pereira, na briga jurídica envolvendo a determinação do Juizado Especial do Torcedor proibindo clássicos com duas torcidas no estado. Lopes criticou as declarações de Pereira, o que qualificou de "incitação ao ódio".

Após Flamengo, Fluminense e a Procuradoria Geral do Estado terem conseguido suspender a liminar que obrigava a final da Taça Guanabara a ter torcida única, com o jogo já marcado pela Ferj para o Estádio Nilton Santos, ou Engenhão, Pereira disse que os assassinos do torcedor morto no dia 12, em confronto entre as torcidas de Botafogo e Flamengo nos arredores do estádio, poderiam ir ao jogo.

No desenrolar da disputa jurídica, ele deixou bem claro que seu único problema era em receber a torcida rubro-negra, rixa que começou faz tempo, quando William Arão resolveu trocar General Severiano pela Gávea.

- A rivalidade é e sempre será sadia no futebol.  Mas é inconcebível em tempos de bandeira branca o discurso de incitação ao ódio.  Os torcedores de Flamengo e Fluminense não são assassinos. E cabe às Polícias o papel da investigação e, mais tarde, a responsabilização. Defendemos, sim, a defesa dos direitos e da paz. É incontroverso que cabe ao poder público a segurança do cidadão. Mas a sociedade não deve se abster de implementar medidas, desenvolver ações e promover campanhas que previnam a violência. Exatamente nesse ponto que torna-se fundamental a participação do dirigente esportivo, independentemente  da posição do seu clube ou do pensamento que possa ter a respeito do seu adversário. Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo são rivais, não inimigos. E ninguém precisa botar mais fogo nisso.

Lopes mostrou preocupação ainda com grupos com intenção de jogar por terra o esforço dos clubes em manter os clássicos com duas torcidas no Rio:

- Me preocupa muito e faço o alerta às forças de segurança para os riscos de emboscadas com intuito apenas de denegrir e jogar lama sobre todos os esforços dos finalistas da Taça GB e FERJ pela paz e o entendimento da Justiça na liberação das torcidas. A infiltração de "estranhos" interessados em colocar essa mancha merece um grito de atenção preventivo.

O dirigente ainda fez um apelo às torcidas de Flamengo e Fluminense para que não haja depredação do estádio alvinegro:

- Aproveito para registrar em forma de pedido que as torcidas de Fluminense e Flamengo preservem o Estádio Nilton Santos sem dar margem a novas críticas e também  evitar que suas diretorias tenham que arcar com eventuais prejuízos. Torçam, façam o show de sempre.

 

Abraço e paz: Abad e Bandeira pedem Fla-Flu final como modelo nos estádios


Coletiva Eduardo Bandeira de Mello e Pedro Abad Flamengo e Fluminense (Foto: Hector Werlang)
Os presidentes de Flamengo e Fluminense sentaram lado a lado com o pavilhão tricolor e nacional ao fundo. O simbolismo do ato vai além da reunião pela paz neste domingo, na decisão que ficou ameaçado de ter torcida única. Pedro Abad e Eduardo Bandeira de Mello se abraçaram ao fim da coletiva e transmitiram a mensagem de que a final da Taça Guanabara sirva de exemplo para o restante do país de um futebol com rivalidade, mas sem violência.

A coletiva de imprensa, na manhã deste sábado, nas Laranjeiras, foi mais um esforço dos clubes - que  agradeceram ao presidente da Ferj, Rubens Lopes, e o presidente do Vasco, Eurico Miranda - para conclamar pela união do futebol carioca. Os dois presidentes evitaram polemizar com o Botafogo - que por meio do presidente Carlos Eduardo Pereira tentou transferir a final para o Maracanã e ainda disse que "assassinos poderão ir ao jogo", em protesto contra a decisão judicial. Abad disse que tem ótima relação com o seu colega alvinegro e preferiu focar nos temas em discussão.

Abad e Bandeira se posicionaram contrários ao Termo de Ajustamento de Conduta que o Ministério Público quer levar aos clubes e à Ferj. O tricolor Pedro Abad criticou os termos propostos e classificou como "bastante inadequada" as penalidades previstas.

- TAC é um instrumento para reduzir a potencialidade de um ato até que ela suma. Mas esse TAC ficou muito esquisito. Ainda mais com uma penalidade desse monte (R$ 3 milhões) que o clube não consegue controlar. Clube de futebol não é Estado. Como um clube consegue num raio de tantos quilômetros impedir uma briga? É complicado, porque clube não adota conduta ilícita e as penalidades são agressivas. Esse TAC é bastante inadequado - disse Abad.

Mais político, Bandeira falou em cooperação com o Ministério Público por medida mais eficaz no combate à violência. Eles apelaram ainda à colaboração das torcidas organizadas. O presidente do Flamengo defendeu que dirigentes que incitem a violência sejam processados e presos.

- Acho que os clubes que tenham relação incestuosa com organizadas, que sejam responsáveis por incitar a violência, cabe mais do que a multa. Acho que as pessoas físicas envolvidas nisso, se for provado e for algum dirigente do Flamengo, têm que ser processada e presa. Porque são talvez mais responsáveis pela violência do que os arruaceiros - afirmou Bandeira.

Confira outros trechos da coletiva de imprensa de Abad e Bandeira:


Reunião Fla-Flu
Abad: Estamos contentes com o desfecho. Tivemos atitudes no limite para a torcida ir ao jogo. Isso não é exclusivo ao Flu e ao Fla, mas a todos os clubes. É para manter a tradição de ter as torcidas cantando nos estádios. Isso deve ser preservado. Espero que isso seja constante daqui para frente. Foi um trabalho conjunto com o Flamengo, temos de agradecer ainda ao Eurico Miranda (presidente do Vasco) e ao Rubens Lopes (presidente da Ferj) que nos ajudaram.

Bandeira: Sempre fui criado no Maracanã, morava perto, assistia a todos os jogos do Flamengo. Sempre com torcida mista. Sempre fui ao estádio com meus amigos tricolores, vascaínos, botafoguenses e nunca brigamos. A tradição de torcida mista deve ser preservada, faz parte da nossa cultura. O desembargador reconheceu isso para a nossa alegria. Isso nos dá responsabilidade. Temos de manter e ampliar a campanha pela paz nos estádios. Nós merecemos a torcida mista. Quero agradecer a postura do Fluminense, do presidente Abad. Ele foi firme, teve coerência ímpar. Ele poderia ter tido uma decisão após ter vencido o sorteio do mando, mas esteve ao nosso lado. O Flamengo fez o mesmo contra o Vasco, pois o mando era nosso. O presidente Eurico está conosco nessa campanha pela paz.

Eduardo Bandeira de Mello Pedro Abad Coletiva (Foto: Hector Werlang)Presidentes se abraçam no fim da coletiva realizada para celebrar decisão de torcida mista (Foto: Hector Werlang)


Prejuízo à venda de ingressos
Abad: Como mandante... o Estatuto do Torcedor prevê um prazo para a venda. Como a gente aguardou o desfecho judicial, nós seguramos a venda. É natural que haja uma grande demanda na compra. É um efeito colateral menor na venda de uma torcida só. Levamos ao limite a abertura da venda para restaurar o cenário.

Bandeira: Os torcedores compreendem que é uma situação atípica. Vai dar tudo certo. Antigamente, não havia venda antecipada, e o estádio lotava. Todos vão compreender.

Contato com torcidas organizadasAbad: Não fizemos contato. É uma sugestão boa, realmente. As organizadas têm a sua importância. Mas há uma minoria que desvirtua. Espero que elas deem exemplo de conduta. Têm de se portar em um estádio que não é de Flamengo e Fluminense. Sem quebrar banheiro, sem quebrar nada. Eles precisam disso também para melhorar a sua imagem para mudar o tratamento recebido.

Bandeira: Não houve da parte do Flamengo, mas aproveito agora para pedir. Sou fã do movimento das organizadas lá no começo, porém, ele foi desvirtuado por alguns elementos. Gostaria muito que eles se engajassem na campanha pela paz. Não vamos aceitar a violência. Vamos cuidar do estádio, ele é público, está sob concessão do Botafogo.

Próximos clássicos
Abad: Um leão de cada vez. Se amanhã houver um exemplo de comportamento, sem violência e sem destruição do patrimônio público, o argumento para termos as duas torcidas cresce. Cabe aos torcedores o papel principal. Eles têm de mostrar que isso pode se perpetuar.

Termo de Ajustamento de Conduta
Bandeira: Apesar de os clubes contestarem os termos do TAC, estaremos à disposição do MP para discutir medidas para coibir a violência. Sempre defendi que a violência seja atacada na raiz, ou seja, nas pessoas físicas que cometem atos ilícitos. Tem de se aplicar as penas para resolver a questão.

Decisão judicial
Abad: Atlético-MG e Cruzeiro fazem partidas com torcida única. Acho que esse pioneirismo de Flu e Fla pode ajudar os outros clubes. O desembargador entendeu os esforços feitos pelos clubes e pela federação. A torcida única não quer dizer nada quanto à segurança. Hoje em dia se marca confusão por rede social. A torcida única incita que a que não vai entrar vá ao estádio.

Bandeira: Na decisão do desembargador, há a fundamentação. Ele entende que torcida única não é solução e pode gerar problema. Penso assim. Torcida única não garante a segurança fora do estádio. É isso. A campanha da paz vai continuar. Conto com o Fluminense, o Vasco já se manifestou também. Todos devem se engajar.

Campeão da Taça GB garante R$ 1 milhão de prêmio da Ferj; veja o troféu

Taça da Taça Guanabara (Foto: Divulgação)
O Fla-Flu deste domingo não garante a presença do time campeão da Taça Guanabara na decisão, mas tem um belo prêmio de compensação. Quem vencer a decisão garante R$ 1 milhão de bonificação financeira oferecida pela Ferj. O campeão estadual pode garantir - vencendo também as outras fases da competição - R$ 5,5 milhões.

A premiação para o Carioca vem aumentando nos últimos anos. Em 2014, o campeão estadual levava R$ 3,5 milhões. No ano seguinte, passou para R$ 4 milhões. No último, o vencedor colocou nos cofres total de R$ 5,4 milhões.

O total de prêmio oferecido pela Ferj em 2017 é de R$ 8,1 milhões. O vice-campeão estadual garante R$ 1,5 milhão. No segundo turno, os times classificados para as semifinais levam, novamente, R$ 150 mil. Quem vencer a decisão, mais R$ 850 mil. Entre os clubes que disputam o quadrangular - 5ª a 8ª posição de cada turno - apenas o vencedor leva R$ 100 mil para casa.

Rapídinhas do Mengão



Flamengo x San Lorenzo
Mais de 28.000 ingressos já foram vendidos antes do início das vendas para ST do plano "Tradição". Setor Norte esgotado.


TJD recusa recurso do Botafogo por Fla-Flu no Maracanã; entenda
O imbróglio da final da Taça Guanabara ganhou mais um capítulo na tarde desta sexta-fera. O Botafogo entrou com recurso no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) para que a decisão da Taça Guanabara, domingo, entre Flamengo e Fluminense, seja realizada no Maracanã, mas ele foi negado pelo auditor Nilson Neves Chagas. A representação foi feita antes mesmo da queda da liminar que obrigava torcida única no clássico. Apesar da cartada final, internamente o clube vê como improvável uma nova reviravolta.

- Botafogo pode perder concessão do Engenhão, por ''incompetência administrativa''.

Gol Vinicius Júnior Sul-Americano sub-17 - 2017


Destaque do Brasil no Sul-Americano sub-17, Vinicius Júnior, do Fla, impressiona o Barcelona

Vinicius em ação contra o Paraguai
Vinicius em ação contra o Paraguai Foto: Sebastián Martínez/Patricio Arias/Site oficial Sudamericano Chile 2017

O interesse do Barcelona no atacante Vinicius Júnior, do Flamengo, só aumenta, garante nesta sexta-feira o jornal catalão “Sport”. O garoto tem impressionado os dirigentes do clube catalão com as suas boas atuações no Sul-Americano sub-17 pela seleção brasileira. O golaço por cobertura contra o Paraguai encantou a todos.

Diz o jornal que o garoto de 30 milhões de euros (cerca de R$ 99 milhões) é seguido de perto pelo Barcelona desde 2015 e que o clube catalão tem o controle da situação mantendo contato com o entorno do promissor rubro-negro.

“O atacante reúne todas as características para ser uma referência no futuro e o Flamengo sabe. Por isso que colocou a multa rescisória de 30 milhões de euros”, elogia o “Sport”.

A seleção, de Vinicius Júnior, volta a campo neste sábado contra a Argentina, em Talca, pela quinta e última rodada da primeira fase do Sul-Americano Sub-17.

Vinicius, é bom lembrar, com apenas 16 anos, foi o destaque do Flamengo na Copinha 2017, competição que normalmente é disputada por jogadores um pouco mais velhos.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Após vistoria, Gepe aprova Maracanã para estreia do Flamengo na Libertadores


O Gepe (Grupamento Especial de Policiamento nos Estádios) realizou, na manhã desta sexta-feira, uma vistoria no Maracanã e aprovou o estádio para receber a estreia do Flamengo na Copa Libertadores. A partida será na próxima quarta-feira, às 21h45, diante do San Lorenzo. O corpo de Bombeiros já emitiu um primeiro laudo para autorizar o jogo, no entanto, fará uma nova visita na segunda-feira. 

Em sua vistoria, o Gepe observou questões de acesso ao estádio, analisou o local onde visitantes ficarão alocados no estádio, câmeras de seguranças e outros pontos sensíveis. 


Cuidados com o gramado do Maracanã: estádio vai receber Fla na estreia da Libertadores (Foto: Divulgação / Flamengo.com.br) Maracanã: estádio vai receber Fla na estreia da Libertadores (Foto: Divulgação / Flamengo.com.br)

O Maracanã não recebe uma partida oficial desde o fim do Campeonato Brasileiro do ano passado. Após o natal, recebeu o tradicional ''Jogo das Estrelas'' do Zico. A diretoria do Flamengo se mobilizou nas últimas semanas para viabilizar o jogo e realiza uma força-tarefa com um investimento estimo em R$2 milhões.
 
O Flamengo define como "operação de guerra" a corrida para arrumar o estádio para o público esperado entre 60 a 70 mil pessoas - apesar dos ingressos já estarem à venda para os sócios torcedores, a capacidade do estádio ainda vai ser definida, mas devem ser comercializados pouco menos de 56 mil entradas. A diferença restante entra na conta de gratuidades e cortesias. 

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação)


Domingo tem Mengão na Globo

DOMINGO, 5                                    
 
Campeonato Carioca
 
16h Fluminense x Flamengo

Transmissão: TV Globo para RJ, MG (Juiz de Fora), ES, TO, SE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior, Juninho Pernambucano e Arnaldo Cezar Coelho) e Premiere e Premiere HD (com Luiz Carlos Jr e Lédio Carmona)

Gareca chama Guerrero, Trauco e Cueva para rodada das eliminatórias

Três jogadores que atuam no futebol brasileiro foram chamados pelo treinador Ricardo Gareca para defenderem a seleção peruana na rodada de março das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. São eles: o são-paulino Christian Cueva e os flamenguistas Miguel Trauco e Paolo Guerrero. Dessa forma, eles desfalcarão suas equipes nos compromissos no fim do mês.

Confira a lista de convocados

Goleiros
Pedro Gallese (Tiburones Rojos de Veracruz-MEX)
José Carvallo (UTC-PER)
Carlos Cáceda (Universitario-PER)

Defensores
Aldo Corzo (Universitario-PER)
Luis Advíncula (Tigres-MEX)
Miguel Araujo (Alianza Lima-PER)
Christian Ramos (Emelec-EQU)
Anderson Santamaría (Melgar-PER)
Alberto Rodríguez (Universitario-PER)
Luis Abram (Sporting Cristal-PER)
Nilson Loyola (Melgar-PER)
Miguel Trauco (Flamengo)

Meio-campistas
Renato Tapia (Feyenoord-HOL)
Pedro Aquino (Sporting Cristal-PER)
Christian Cueva (Sao Paulo)
Óscar Vílchez (Alianza Lima-PER)
Yoshimar Yotún (Malmo-SUE)
Sergio Peña (Granada-ESP)

Atacantes
Paolo Guerrero (Flamengo)
Raúl Ruidíaz (Monarcas Morelia-MEX)
Edison Flores (Aalborg BK-DIN)
André Carrillo (Benfica-POR)
Andy Polo (Monarcas Morelia-MEX)
Paolo Hurtado (Vitoria Guimaraes-POR)

No retorno das eliminatórias, Tite volta a dar chance a Diego





Confira a lista completa:
 
Goleiros: Alisson (Roma), Weverton (Atlético-PR) e Ederson (Benfica);

Zagueiros: Marquinhos e Thiago Silva (PSG), Miranda (Inter de Milão) e Gil (Shandong Luneng)

Laterais: Daniel Alves (Juventus), Fagner (Corinthians), Marcelo (Real Madrid e Filipe Luis (Atlético de Madrid);

Meias: Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City, Paulinho (Guangzhou Evergrande), Giuliano (Zenit), Renato Augusto (Beijing Guoan), Diego (Flamengo), Philippe Coutinho (Liverpool) e Willian (Chelsea);

Atacantes: Neymar (Barcelona), Douglas Costa (Bayern de Munique), Roberto Firmino (Liverpool) e Diego Souza (Sport).



Flamengo x San Lorenzo já tem 25 mil ingressos vendidos

O Maracanã vai lotar. A procura para comprar ingressos para Flamengo x San Lorenzo, jogo de estréia do Rubro-Negro na próxima quarta-feira, dia 8 de março, mobilizou milhares de torcedores e sobrecarregou o site de vendas do clube. O sistema não funcionou, irritou e revoltou durante horas quem tentava comprar entradas pela internet. Até as 12h30 desta sexta-feira foram vendidos pouco mais de 25 mil bilhetes a sócios torcedores.

O clube justificou em nota oficial os problemas nas vendas e prometeu melhorias. Pelo Twitter, o vice-presidente de Tecnologia da Informação, Luis Felipe Teixeira, garantiu nesta manhã que o sistema agora está funcionando normalmente. De acordo com o dirigente, a média é de 2.500 ingressos vendidos por hora.

- Sistema 100% estável! Confirmação por email ainda pendente. As informações de portão de entrada e retirada de ingressos dos adicionais do ST sairão HOJE AINDA - informou pela conta pessoal no Twitter.

Confira a nota oficial que o Flamengo às 1h04 desta madrugada de sexta-feira:
"A venda de ingressos para a estreia do Flamengo na Conmebol Libertadores Bridgestone começou na última quarta-feira (01) e desde então transcorreu sem problemas. Entretanto, na abertura para o plano "Raça", categoria que reúne o maior número de sócios-torcedores do Programa Nação Rubro-Negra, o site de vendas apresentou instabilidade, que resultou em dificuldades para conclusão da compra.

A enorme demanda, bastante superior se comparada à final da Copa do Brasil 2013, causou problemas inesperados na plataforma da empresa parceira. Apesar de todos os testes realizados, o sistema não suportou o volume de torcedores que acessou o site para garantir seu lugar no Maracanã.

A expectativa é que aos poucos o serviço esteja normalizado, incluindo o recurso da "fila virtual", que auxilia numa maior velocidade de compra e estabilidade do ambiente. Até o momento foram comercializados 8 mil ingressos. Às 0h desta sexta-feira, o site registrava 1.400 pessoas adquirindo ingressos e outras 6.000 na fila.

Com a estabilização do sistema, só nos resta enaltecer o apoio da Nação Rubro-Negra, que com certeza esgotará toda a carga de ingressos e empurrará o Mengão rumo ao objetivo maior: a vitória."

Desembargador reverte decisão, e clássico terá público de Fla e Flu


Engenhão, Estádio Nilton Santos (Foto: Divulgação / Botafogo)
A final da Taça Guanabara, entre Flamengo e Fluminense, domingo, às 16h, Nilton Santos terá torcedores de ambas as equipes. Na tarde desta sexta-feira, o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Gilberto Clovis Farias Matos, acatou o recurso dos clubes e suspendeu a liminar que obrigava torcida única em clássicos na cidade. A dupla Fla-Flu entrou com recurso em conjunto, e a Ferj com outro.

Agora, os rivais agilizam os trâmites para que se inicie o mais rápido possível a venda de ingressos para a decisão.

Representantes do Fluminense, Flamengo e Ferj compareceram ao Fórum do Tribunal de Justiça logo no início da manhã para definir o jogo. Antes, nesta madrugada, tentaram derrubar a liminar, mas não encontraram o desembargador que deveria estar de plantão para caso de urgência. A decisão foi adiada para esta manhã.

Enquanto a liminar não era cassada, Fluminense e Flamengo foram ao TJD e pediram para que a decisão fosse disputada com portões fechadas. O pedido foi aceito, mas será revertido com a cassação da liminar que determinava torcida única.

Inicialmente, quem atendeu clubes e Ferj no início desta manhã foi o desembargador André Emilio Ribeiro. Ele se declarou impedido de julgar o processo por ser sócio-torcedor do Flamengo. Com isso, o processo foi encaminhado para para uma câmara cível, composta por três desembargadores, sendo um relator. Este, Gilberto Clovis, analisou com urgência o pedido de liminar para o domingo e tomou a decisão de cassar a liminar e abrir os portões para as duas torcidas cariocas.

Fim da torcida única?
O mérito do recurso que pede a extinção da liminar - ou seja, todo o seu teor - também precisa ser analisado. Ou seja, a liminar não será definitivamente derrubada nesta sexta. O que o relator pode fazer, por enquanto, é dar uma liminar suspendendo provisoriamente a decisão de torcida única nos clássicos cariocas até que seja julgado o mérito do recurso por esse colegiado de desembargadores.

Entenda o caso:
No dia 17 de fevereiro, o juiz Guilherme Schiling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos do Rio, determinou que os clássicos realizados no estado seriam com torcida única. Clubes e Federação, após audiência, conseguiram a suspensão da liminar para a semifinal entre Flamengo e Vasco, no sábado. Para a decisão, contudo, as discussões voltaram à tona. O Fluminense, sorteado como mandante do jogo, ganhou o direito, após audiência na tarde desta sexta, de jogar apenas para sua torcida. Eduardo Bandeira de Mello e Pedro Abad afirmaram ser contra a decisão e recorreram.

Filas cibernéticas e site travado: ST sofre para ver Flamengo na Libertadores



Sócio Torcedor Flamengo (Foto: Reprodução/Twitter)A exemplo do ocorrido em outras vendas para partidas de grande apelo, sócios-torcedores do Flamengo têm enfrentado mais uma vez problemas técnicos para conseguir ingressos para o jogo entre o Rubro-Negro e o San Lorenzo, marcado para a próxima quarta-feira, às 21h45, no Maracanã. 

Não é a primeira vez que isso acontece desde a criação do programa Nação Rubro-Negra, lançado em 2013. As constantes quedas e a perda de lugares na fila cibernética observada no site https://flamengo.superingresso.com.br/ tornaram-se mais frequentes após a abertura das vendas ao plano Raça, o segundo mais barato do NRN.


Abertura de vendas ao plano Raça gera instabilidade

Em contato com o GloboEsporte.com, o vice-presidente do Flamengo de Tecnologia da Informação, Luiz Filipe Teixeira, deu a versão rubro-negra sobre o ocorrido.

- As vendas de ingressos são terceirizadas, assim como o programa de sócio-torcedor. Nos últimos jogos no Maracanã em 2016, tivemos problemas de qualidade e fomos atrás de um novo parceiro, que é a Imply, que atua em vários clubes no Brasil e na América Latina. Tivemos um melhor serviço prestado ao sócio-torcedor, com menos tempo no site para comprar os ingressos. Experiência positiva e melhor até chegar ao plano de maior volume: plano Raça - afirmou.

Luiz Filipe agregou que o Flamengo, mesmo ciente de que a procura por ingressos seria alta, testes foram feitos para evitar tais problemas técnicos.

Vice de marketing, Daniel Orlean expressou seu descontentamento (Foto: Reprodução)- Apesar de todo "stress test", que é a simulação de todos os cenários de venda, feito, a demanda foi ainda maior, e o ambiente dos parceiros não suportou. Apesar de ser um novo parceiro, a instabilidade não é justificável. 

Cerca de 8 mil ingressos vendidos e Norte disponível
Embora nas redes sociais tenha circulado a informação de que o não havia mais ingressos para o Setor Norte, o mais barato de todos, o vice rubro-negro garantiu a disponibilidade de bilhetes para o mesmo e calculou que oito mil foram vendidos até agora: cinco mil para integrantes de planos até o Raça+ e outros três mil para associados ao Raça.

- Dado o alto numero de acessos simultâneos, o sistema apresentou instabilidade que está sendo ajustada com aumento da capacidade de atendimento. As vendas não foram interrompidas em nenhum momento apesar da lentidão. A perspectiva é que o sistema se estabilize e tenhamos maior velocidade no fluxo da fila virtual para o ambiente de compra.

Luiz ainda argumentou que não via procura tão expressiva desde a final da Copa do Brasil de 2013, vencida pelo Flamengo por 2 a 0 sobre o Atlético-PR, em 27 de novembro do referido ano.

- O volume de vendas dos planos superiores do Nação Rubro-Negra foi comparável apenas à final da Copa do Brasil em 2013, o que indica casa cheia na quarta. Pedimos desculpas pelos transtornos, mas o sistema já está se estabilizando para atender à enorme procura, com 1.400 pessoas comprando neste momento e mais de seis mil na fila.

Mensagem fala em "Produtos em breve"

Sócio Torcedor Flamengo (Foto: Reprodução/Twitter)O problema acontece momentos após o Flamengo superar a marca de 80 mil sócios-torcedores. Tal número era meta de Eduardo Bandeira de Mello, que, em 2015, prometeu que traria um reforço do mesmo nível de Marcelo Cirino caso chegassem a tais números no segundo semestre do ano em questão.

Na fila virtual, a seguinte mensagem é exibida: "Seja bem-vindo! Estamos recebendo muitos acessos.Para manter a qualidade do nosso atendimento, você está na fila.Aguarde um pouco". Porém, torcedores que saíram de posições como a número 6 mil, por exemplo, e chegaram na casa do 2 mil, frustraram-se com quedas do site.

A um dos poucos sócios-torcedores que acessaram a fase final da venda, uma mensagem foi exibida: "Nenhum produto disponível". Posteriormente, este foi redirecionado à página inicial da venda, onde havia um botão: "Produtos em breve". Confira abaixo


Sócios-torcedores conseguem chegar á fase final da compra, mas lá há a mensagem "Nenhum produto disponível" (Foto: Reprodução) 
ST's conseguem chegar á fase final da compra, mas lá há a mensagem "Nenhum produto disponível" (Foto: Reprodução)

Caso liminar não caia, Fla e Flu avaliam jogar de portões fechados no domingo


Eduardo Bandeira de Mello Reunião Fórum Central do Rio Semifinal (Foto: BRUNNO DANTAS/TJRJ)
O departamento jurídico da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro entrou com agravo de instrumento para tentar derrubar a liminar de torcida única para clássicos no estado do Rio de Janeiro. A decisão em vigor impede o Fla-Flu de domingo com duas torcidas - por sorteio de mando de campo, apenas os ingressos para a torcida tricolor serão comercializados. Os clubes, que também foram à Justiça, discutem alternativa: jogar a final de domingo com portões fechados. O adiamento da partida final da Taça Guanabara está descartado por clubes e Ferj.

Os clubes conversaram durante toda a tarde e início da noite e avaliaram a medida, mesmo considerada radical, como solução de consenso diante da impossibilidade de levarem as duas torcidas para o campo. Por volta de 22h, os departamentos jurídicos entraram com o recurso, que vai ser analisado por desembargador do plantão do judiciário.

O adiamento traria prejuízos na programação dos clubes que ainda têm a Primeira Liga, Copa do Brasil e Libertadores apertando o calendário. Todas manifestações públicas do presidente do Fluminense, Pedro Abad, e do presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, foram no sentido de não atuarem com apenas uma das torcidas.

Apesar da intenção da dupla Fla-Flu, ainda há esperança de que a liminar caia no plantão do judiciário nesta quinta-feira. A Procuradoria Geral do Estado ainda não se manifestou.

Nesta tarde de quinta-feira, o MP divulgou comunicado e disse que vai propor Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), a partir de segunda-feira. O Ministério Público quer que um clube se responsabilize e pague multa de R$ 3 milhões caso organizada cause lesão grave ou morte. Além disso, o TAC, que teria que contar com anuência dos quatro grandes, propõe proibição do comparecimento dos torcedores do respectivo time por três clássicos consecutivos. 

A venda de ingressos, prevista para ter início às 16h, ainda não começou para o clássico. Por enquanto, apenas as entradas para a torcida do Fluminense - setor oeste e norte - tinham permissão para serem comercializados. 

quinta-feira, 2 de março de 2017

Flamengo aprova patrocínio da Caixa e metas; Bi da Libertadores vale R$ 1,5 milhão


Flamengo, Caixa (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
O Flamengo aprovou por unanimidade na noite desta quinta-feira a renovação por mais um ano do patrocínio da Caixa Econômica Federal. Por mais um ano de vínculo com o banco público, o clube vai receber fixo R$ 25 milhões - em parcelas. Mas o acordo prevê metas com bonificações de até R$ 5 milhões ao Rubro-Negro. Depende dos resultados em campo. 

A aprovação do contrato de patrocínio passou pelo Conselho Deliberativo em reunião na Gávea. O banco é parceiro do clube desde 2013 e ocupa a parte da frente da camisa - há também um "X" do logo do banco na altura do ombro direito do uniforme.

As metas estipuladas e previstas em contrato são as seguintes:

- conquista do Mundial Interclubes - R$ 2 milhões.
- conquista da Libertadores da América - R$ 1,5 milhão de bonificação.
- conquista do Campeonato Brasileiro - R$ 1 milhão
- conquista da Copa do Brasil - R$ 500 mil.

A bonificação por metas vem sendo implementada recentemente pela Caixa. O Flamengo desejava reajuste para R$ 30 milhões no patrocínio - valores do acordo com o Corinthians. A solução foi colocar metas e premiações por conquistas.

Em 2017, o Flamengo receberá R$ 6 milhões do curso de línguas Yes!, cuja marca é exibida na barra da camisa (abaixo do número), R$ 15 milhões da Carabao (manga), R$ 7 milhões da MRV (costas superior) e R$ 25 milhões da Caixa Econômica Federal. A Tim, que posiciona sua logo dentro do número do uniforme, investe R$ 4 milhões no futebol.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação) 
 
 
 

quarta-feira, 1 de março de 2017

Ferj confirma a final da Taça GB no Nilton Santos; Flu será o mandante

Presidente do TJD-RJ já tinha determinado a decisão no Engenhão. Caso seja mantida a liminar de torcida única, só haverá tricolores no estádio no próximo domingo.

 O campeão não garante vaga  na final.

 -  Mesmo que um clube ganhe os dois turnos, terá um quadrangular  com os outros três que somarem mais pontos.    Isso é campeonato carioca,  uma merda.


Olho no rival: San Lorenzo perdeu peças-chave e só jogou amistosos


O Flamengo está a uma semana de estrear na sua principal competição da temporada. O primeiro desafio pelo Grupo 4 na Libertadores será diante do San Lorenzo: um rival argentino com tradição e que foi campeão há três anos do torneio. Em uma chave considerada difícil, que também conta com Universidad Católica (Chile) e Atlético-PR, o Rubro-Negro sabe da importância de começar sua campanha com vitória. Não por acaso trabalhou para viabilizar a partida no Maracanã, na próxima quarta-feira.


O que esperar do rival no pontapé inicial do torneio? O GloboEsporte.com apresenta informações sobre o elenco e o momento atual do San Lorenzo e mostra o que Zé Ricardo e seus comandados terão pela frente:

San Lorenzo Union Santa Fe (Foto: Divulgação/San Lorenzo) 
San Lorenzo foi vice-campeão argentino em 2016 (Foto: Divulgação/San Lorenzo)


Falta de testes e só amistosos no ano
Se do lado da equipe brasileira houve preocupação em descansar o elenco em determinado momento, para o adversário o receio é o oposto: por conta de problemas na organização do futebol argentino, o San Lorenzo jogou apenas seis jogos em 2017: todos amistosos. O tema preocupa o técnico Diego Aguirre (ex-Atlético-MG e Internacional), que recentemente citou o número de partidas que vinham sendo realizadas pelo Flamengo para apontar sua preocupação para o confronto da próxima semana.

Diego Aguirre San Lorenzo (Foto:  REUTERS/Enrique Marcarian) 
Diego Aguirre trabalhou no Inter e no Galo no futebol brasileiro recentemente (Foto: REUTERS/Enrique Marcarian)
Existe a possibilidade de a equipe realizar o primeiro jogo oficial na sexta, diante do Belgrano de Córdoba, em sua casa. Mas ainda não é uma possibilidade 100% confirmada. O último jogo oficial foi em dezembro.

Pré-temporada começou junto com a do Fla
Assim como o Rubro-Negro, o elenco o San Lorenzo iniciou sua pré-temporada no dia 11 de janeiro. Os amistosos disputados até aqui foram diante de Estudiantes, Boca (ambos em um triangular em Mar Del Plata), Independiente, FC Dallas, Talleres de Córdoba, Argentinos Juniors e Gimnasia La Plata.  Foram duas vitórias, três derrotas e dois empates.

Nos dois primeiros amistosos, dois destaques do time se machucaram. Fernando Belluschi e Néstor Ortigoza chegaram a ser poupados. O primeiro voltou a treinar na semana passada e jogou um tempo no sábado, na derrota para o Gimnasia. Ortigoza, por sua vez, voltou no mesmo período e já atuou como titular.  A única dúvida do elenco que persiste é o atacante Ezequiel Cerutti, que também se lesionou e ainda será avaliado.

Fernando Belluschi San Lorenzo (Foto: AFP) Fernando Belluschi é o homem a ser marcado pelo Flamengo (Foto: AFP)

Quem é o destaque?
Fernando Belluschi é apontado como o destaque do plantel do San Lorenzo na temporada. O meia de 33 anos é experiente, com passagens pela Europa em países como Portugal e Itália. Chegou a ser convocado para defender a seleção argentina nas eliminatórias para a Copa do Mundo, no ano passado. Marcou nove gols no ano passado, é destaque na criação e referência atual.

Baixas importantes na temporada
A equipe do San Lorenzo que foi vice-campeã argentina em 2016 - e conseguiu a vaga para a Libertadores - perdeu peças consideradas importantes. Enquanto o Flamengo do técnico Zé Ricardo manteve sua base, o time de Diego Aguirre perdeu o lateral esquerdo Emmanuel Mas (que vem sendo titular na seleção do país e está no Trabzonspor-TUR), o meia Sebastián Blanco (Portland Timbers-EUA) e Martín Cauteruccio, que foi goleador do último semestre e está no Cruz Azul, do México.

Porém, contratou, nesta última terça-feira, o atacante Bergessio, de 32 anos e que é ídolo do clube. Ele estava no futebol italiano, mas ainda não tem estreia confirmada.

Ponto fraco pode ser a defesa, criação é reforçada
 Quem acompanha de perto o primeiro rival do Flamengo na Libertadores 2017 aponta como preocupação do treinador a defesa. Sobretudo com a saída de Emmanuel Mas. Desde então, Aguirre vem apostando em jovens como Lautaro Montoya e Gabriel Rojas.

- Mas agora com a volta de Belluschi, a contratação de Ruben Botta e a qualidade de Ortigoza, San Lorenzo tem grandes criadores de jogo. A volta de Belluschi pode trazer de volta o futebol que faltou nos amistosos - analisou a jornalista Giuliana Pasquali, do Diário ''Olé'', que acompanha a cobertura do San Lorenzo.

Romagnoli; San Lorenzo (Foto: Divulgação/San Lorenzo) 
O veterano Romagnoli continua no elenco do San Lorenzo (Foto: Divulgação/San Lorenzo)

Quem resta do time que foi campeão da Libertadores 2014?
 A base titular atual do San Lorenzo é formado por: Sebastián Torrico; Paulo Díaz, Marcos Angeleri, Matías Caruzzo, Lautaro Montoya; Franco Mussis, Néstor Ortigoza; Fernando Belluschi, Bautista Merlini, Rubén Botta; Nicolás Blandi.

Apenas o goleiro Torrico, o meia paraguaio Ortigoza e o atacante Blandi estavam no elenco campeão da Libertadores 2014. Além deles, o grupo conta com os veteranos Juan Mercier e Romagnoli, que também levantaram a taça há quase três anos.

Antes do San Lorenzo, no entanto, o Flamengo terá um importante desafio pelo Campeonato Carioca. Depois de eliminar o Vasco no sábado, a equipe disputa a final da Taça Guanabara diante do Fluminense, no domingo.

Banner_Flamengo_690 (Foto: Divulgação)

Sinta o orgulho de ser sócio-torcedor do Mengão e tenha muitas vantagens - clique aqui!


terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Governo do Rio exigirá garantias de concessionária para final no Maracanã


Gramado Maracanã (Foto: Divulgação)
A Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer do Estado do Rio de Janeiro publicou uma nota na tarde desta terça-feira, pedindo a realização da final da Taça Guanabara no Maracanã, neste domingo. No documento, a secretaria afirma que apoia tanto a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), quanto Flamengo e Fluminense e informa que irá convocar "administradores/concessionárias para exigir garantias de que a final da Taça Guanabara seja realizada no estádio".

A nota lembra que amanhã haverá uma reunião entre os clubes e Federação para tentar solucionar o impasse da realização do jogo. Segundo o que foi divulgado pela assessoria de imprensa, a secretaria diz acompanhar de perto as conversas e negociações, além de dar todas as informações necessárias para a resolução do destino do Maracanã.

O secretário de Esporte, Thiago Pampolha Gonçalves, que assina a nota, afirma ainda que se for confirmada a partida na cidade do Rio de Janeiro, vai procurar a Secretaria de Segurança Pública para definir como realizar o jogo de forma segura. Ele também diz que também buscará estabelecer novas estratégias de identificação e punição de vândalos e criminosos.

O documento também afirma ser contra a decisão da justiça de que os clássicos sejam em torcida única e faz um pedido para que a medida não continue. Confira abaixo a nota completa da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude:

Nota Secretaria de Esporte Maracanã (Foto: Reprodução)

Bandeira acredita em Fla-Flu no Nilton Santos e "nem pensa" em torcida única


Engenhão, Estádio Nilton Santos (Foto: Divulgação / Botafogo)A final da Taça Guanabara, entre Flamengo e Fluminense, neste domingo, deve ser disputada no estádio Nilton Santos. É o que aposta o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello.

O dirigente se baseia no regulamento da competição, que prevê o Maracanã como primeira opção, mas admite a realização da decisão na casa do Botafogo. O Maior do Mundo não deve ficar pronto a tempo de receber a partida.

Bandeira explicou nesta terça-feira que trabalha com a possibilidade de o clássico ser disputado no Nilton Santos e sequer pensa em enfrentar o rival com torcida única, como determina uma liminar no Rio de Janeiro.

- O Maracanã seria a primeira opção, de acordo com o regulamento, mas ele prevê, em hipótese de ele não estar disponível, que as partidas devem ser disputadas no Engenhão. Então, estamos trabalhando com essa possibilidade - disse o presidente ao GloboEsporte.com.

Eduardo Bandeira de Melo explicou que acredita que conseguirá novamente suspender a liminar que determina torcida única por causa do sucesso na realização do clássico contra o Vasco, no último sábado, em Volta Redonda, com torcedores dos dois times.

- Não estou nem pensando na possibilidade de torcida única, porque tenho certeza de que, como as providencias tomadas no Flamengo x Vasco, não só pelos clubes, mas por causa do trabalho excelente das autoridades policiais, foram um sucesso, para o jogo de domingo não haja nenhum problema para que a partida seja realizada no Rio - completou.

Nesta quarta-feira, Flamengo, Fluminense e Ferj se reunirão para definir os últimos detalhes do local da decisão. Depois, pedirão, novamente, a suspensão da liminar.


Arão sonha com "moradia" no Maraca e defende melhor ataque contra o Flu


willian arão flamengo (Foto: Bruno Giufrida / GloboEsporte.com)
Clássico atrás de clássico, chance de título e estreia na Libertadores. Com a agenda cheia, e boa dose de responsabilidade, o volante Willian Arão falou, na manhã desta terça-feira, após treino no Ninho do Urubu, sobre os próximos compromissos. Mais que isso. Falou sobre o sonho - não só dele - de fazer o clássico contra o Fluminense no domingo no Maracanã. A partida, válida pela final da Taça Guanabara, ainda não tem local definido.

- Estamos falando de Campeonato Carioca. Acho que não é só a minha a vontade de que o jogo seja no Rio de Janeiro, com estádio lotado. Precisamos de grandes públicos. A minha vontade é de que seja no Rio, mas isso, obviamente, foge do meu querer. Eu e outros jogadores gostaríamos muito disso. Por ser uma final, tinha que ser num estádio grande, com grande público, que comporte esse grande clássico.


O que mais anima Arão, porém, é a possibilidade de o Maracanã virar a casa do Flamengo no restante da temporada - não apenas em um ou outro jogo.


- Desde criança eu via o Flamengo no Maracanã, com a torcida empurrando. Não quero que seja só um jogo. quero que vire a nossa casa. Espero ter essa oportunidade.

O jogo de domingo, pela decisão do título, coloca frente a frente o melhor ataque (Flamengo) e a melhor defesa (Fluminense) do Campeonato Carioca de 2016. Questionado sobre o embate, o volante riu e votou pelo ataque rubro-negro.

- Tô ali no meio. Não posso pender nem para um lado, nem para o outro. Mas fazer gol é o momento mais marcante do futebol. Quem faz gol vence, então acho que escolho isso.

Confira outros trechos da entrevista


Estudar o Fluminense
A gente não estuda. A gente sabe da qualidade dos jogadores e de todo setor ofensivo do Fluminense. Estamos treinando e analisando o que eles têm de melhor para que a gente possa se sobressair na partida.

Nunca parei para assistir 90 minutos de jogo do Fluminense. Sei que é uma equipe bem rápida, leve, com uma movimentação muito grande. Sei que vai ser um jogo muito difícil. Precisamos neutralizar essa movimentação deles. Esperamos um jogo aberto, em que quem controlar a maioria das ações vai sair vitorioso.Temos de controlar bem a partida

Carnaval

- Não (gosto). Fiquei em casa com a minha esposa.

Jogo sem estádio definido
Estamos falando de Campeonato Carioca. Acho que, não só a minha, mas a vontade é que seja no Rio de Janeiro, com estádio lotado. Precisamos de grandes públicos. A minha vontade é de que seja no Rio, mas isso, obviamente, foge do meu querer. Acho que eu e outros jogadores gostaríamos disso. Por ser uma final, tinha que ser num estádio grande, com grande público, que comporte esse grande clássico.

Ausência do Maracanã
Expectativa é grande (para debutar no Maraca). Desde criança eu via o flamengo no Maracanã, com a torcida empurrando. Não quero que seja só um jogo. quero que vire a nossa casa. Espero ter essa oportunidade.

Aniversário de Diego
É um grande jogador. A qualidade dele é indiscutível. Ele tem sido um líder, participa muito. É um grande jogador, em qualquer equipe. Tem muita qualidade técnica.

Jejum de participação em finais
- Estamos bem tranquilos. Sabemos que é final, que é clássico. A gente sabe que, apesar de tudo isso, tem que entrar e vencer. Temos que nos preparar da melhor forma possível e vencer ele, que é nosso pensamento.

Melhor defesa x melhor ataque
- Tô ali no meio. Não posso pender nem para um lado, nem para o outro. Mas fazer gol é o momento mais marcante do futebol. Quem faz gol vence, então acho que escolho isso

Flamengo na Libertadores


21h45

8 de mar
Flamengo x San Lorenzo


15 de mar
Universidad Católica x Flamengo


12 de abr
Flamengo x Atlético-PR


26 de abr -
Atlético-PR x Flamengo


3 de mai -
Flamengo x Universidad Católica


17 de mai -
San Lorenzo x Flamengo

Flamengo x São Lourenço



Chegou a hora! O Flamengo estreia no Maracanã na CONMEBOL Libertadores Bridgestone contra o San Lorenzo e quem é sócio-torcedor garante seu lugar antes de todo mundo, com desconto cumulativo com a meia-entrada e usando seu cartão-ingresso direto na catraca para entrar, sem qualquer fila para comprar ingressos. Planos mais altos têm maior prioridade! Se você ainda não é sócio-torcedor, clique aqui para sentir esse orgulho e ter mais Flamengo na hora de ir ao estádio.

:: Horários de abertura de vendas

1/3, 10h - +Paixão
1/3, 20h - Paixão
1/3, 22h - +Amor
2/3, 10h - Amor
2/3, 14h - +Raça
2/3, 22h - Raça
3/3, 20h - Tradição
4/3, 20h - Venda online para o público geral e sócios-torcedores Nação Jr
6/3, 10h - Pontos de venda físicos


:: Preços

- Norte
Público geral e sócio-torcedor Nação Jr: R$120 (R$60 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$90 (R$45 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$60 (R$30 meia)

- Sul
Público geral e sócio-torcedor Nação Jr: R$140 (R$70 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$110 (R$55 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$70 (R$35 meia)

- Leste Superior
Público geral e sócio-torcedor Nação Jr: R$160 (R$80 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$120 (R$45 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$80 (R$40 meia)

- Leste Inferior e Oeste Inferior
Público geral e sócio-torcedor Nação Jr: R$200 (R$100 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$150 (R$75 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$100 (R$50 meia)

- Maracanã Mais
Público geral e sócio-torcedor Nação Jr: R$395 (R$220 meia)
Sócio-torcedor Tradição: R$315 (R$180 meia)
Sócio-torcedor Raça e superiores: R$225 (R$135 meia)

Flamengo paga até contas de luz atrasadas do Maracanã para recuperar o estádio

O Flamengo vai voltar ao Maracanã para a estreia na Copa Libertadores, em 8 de março, diante do argentino San Lorenzo. O retorno tem seu custo. O clube costurou acordo com a Odebrecht, a concessionária, e concordou em pagar por todos os reparos que precisam ser feitos para que o estádio, abandonado desde o fim da Olimpíada, fique em condições para receber um jogo de futebol profissional. Isso inclui até o pagamento das contas de luz atrasadas.

A Odebrecht, que não quer mais a arena que administraria por 35 anos, não havia pagado as contas referentes a outubro, novembro, dezembro e janeiro. O valor devido pela empreiteira à Light, a fornecedora de energia elétrica carioca, chegou a R$ 1,35 milhão. O pagamento era determinante para que o estádio pudesse ser recuperado, motivo pelo qual o Flamengo topou desembolsar a grana. Sem luz não havia como irrigar o gramado, por exemplo.

 Não é a primeira vez que o ônus do abandono do Maracanã sobra para os clubes. Na fase final do Campeonato Brasileiro, em novembro de 2016, Flamengo e Fluminense também toparam arcar com custos que não eram de suas competências para poder usar o estádio. A diretoria rubro-negra, por dois jogos, desembolsou R$ 570 mil em reparos que cabiam à Odebrecht. Em 2017 o preço para jogar no estádio será consideravelmente maior para os times cariocas.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Vice do Flamengo usa gafe no Oscar para ironizar o Fluminense

A confusão que aconteceu na entrega do Oscar na madrugada desta segunda-feira serviu para apimentar, fora de campo, o Fla-Flu decisivo do próximo domingo pela Taça Guanabara. O vice-presidente de comunicação do Flamengo aproveitou o caso para ironizar o Tricolor. Em seu perfil em uma rede social, Antonio Tabet disse que o "advogado do Fluminense" deve ter entrado em ação.

Tabet Flamengo Fluminense (Foto: Reprodução / Twitter)

Na cerimônia, La La Land foi anunciada como vencedora do Oscar de melhor filme. Somente após subir ao palco e receber a estatueta, o erro foi corrigido. O vencedor tinha sido Moonlight: sob a luz do luar.

Em clima de Carnaval, Flamengo zoa os três rebaixamentos do vasco no Twitter

A  conta do Flamengo no Twitter não tem dado sossego aos vascaínos desde que o time avançou para a final da Taça Guanabara, eliminando o cruz-maltino. Na manhã desta segunda-feira e na noite do último domingo, o clube fez duas postagens na rede social fazendo alusão à queda do Vasco para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.
Flamengo x Vasco quedas (Foto: Reprodução/Twitter)Conta oficial do clube rubro-negro brinca com as quedas dos jogadores e também do rival (Foto: Reprodução/Twitter)
 
Mas não foi só essa. No último domingo, durante a cerimônia do Oscar, outra provocação. A conta do clube postou uma foto de mais um jogador vascaíno caído no gramado, mas a brincadeira foi outra. A publicação diz que o zagueiro Rodrigo mereceria o prêmio de efeitos especiais por conta de uma suposta simulação em duelo com Guerrero.

Apesar das provocações e brincadeiras por parte do Rubro-Negro, a conta oficial do Vasco não respondeu até a última atualização desta matéria.
Flamengo x Vasco Guerrero e Rodrigo (Foto: Reprodução/Twitter)Conta do Flamengo brinca com suposta simulação de Rodrigo em disputa de bola com Guerrero (Foto: Reprodução/Twitter)

Novela Cirino: estratégia funciona, e Inter fica perto de acerto após carnaval


Cirino comemora gol diante do Bangu (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo oficial)
O Inter conteve suas investidas, a ponto até de cogitar desistir do negócio por Marcelo Cirino. E o recuo estratégico parece ter surtido efeito. Após dar a sexta-feira como dia final para selar a negociação com o Atlético-PR, o Colorado estendeu seu prazo e manteve as conversas com o Furacão para selar a contratação do atacante, que, inclusive, ficou - de novo - perto de um fim feliz.

Em conversas desde o início do ano, Inter e Furacão se aproximaram de um acordo para confirmar a transferência de Cirino a Porto Alegre, apenas com detalhes a serem acertados. A expectativa é de que a "novela" pelo jogador tenha seu desfecho nesta quarta-feira de Cinzas.

A negociação se prolonga ao longo deste início de ano justamente por se tratar de um negócio "complexo", de quatro pontas. Na tratativa, a ser confirmada, com o Atlético-PR, o Inter irá ceder o volante Eduardo Henrique até o final do ano, além de pagar um valor ao clube paranaense. A compensação financeira, inclusive, era a exigência do Furacão para liberar Cirino até o final de 2018, quando também se encerra o vínculo do atleta com o clube paranaense. 

Superada a barreira final com o Atlético-PR, o Inter já conta com o acordo com as demais partes envolvidas na tratativa. O Colorado está acertado com o jogador e com o investidor (Doyen Sports) para adquirir 25% dos direitos do atacante. O Flamengo já liberou o atleta dos treinamentos enquanto aguarda sua participação no desfecho da negociação. 

Assim, o atacante está muito próximo de atuar no Beira-Rio em 2017. E terá concorrência. Recentemente, o Inter anunciou William Pottker como reforço para o ataque, além de Roberson e Carlos, que já atuam pela equipe de Antônio Carlos Zago. O atacante, hoje na Ponte Preta, só chegará ao clube após o fim dos estaduais. 

Além dos reforços para o setor ofensivo, o Colorado já contratou o lateral-direito Alemão, os zagueiros Klaus e Neris e os laterais-esquerdo Uendel e Carlinhos. O argentino Victor Cuesta é esperado para desembarcar em Porto Alegre, do Independiente, nesta quarta-feira.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Torcida oficial do Flamengo inaugura sede recreativa, em Cruzeiro do Sul


A maior torcida organizada do interior do Acre, o Consulado FlaCruzeiro-Acre inaugurou sua sede recreativa, neste sábado (25), em Cruzeiro do Sul, a 648 km de Rio Branco, capital acreana. Localizado na rodovia AC- 405 km, o lugar oferece espaço para as reuniões da torcida, que conta com 270 sócios, além de ser ponto de encontro para quem quer acompanhar as partidas da equipe nas competições ao longo do ano.


Torcida oficial do Flamengo inaugura sede recreativa, em Cruzeiro do Sul (Foto: Adelcimar Carvalho) 
 Torcida oficial do Flamengo inaugura sede recreativa, em Cruzeiro do Sul (Foto: Adelcimar Carvalho)

Segundo Jerrisson Rodrigues, presidente da torcida, o local é aberto a toda a sociedade e funcionará durante toda a semana. 

- O local servirá como identidade. Queremos trazer não só nossos torcedores, mas também toda a sociedade. O ambiente é familiar, temos bar e restaurante que funcionarão todos os dias, independente de ser dia de jogo ou não - destaca. 

Rodrigues ressalta que a diretoria estuda a possibilidade de ceder o espaço para eventos dos sócios da Fla-Cruzeiro.

Estamos conversando para que possa ser usado por nossos associados para a realização de eventos, como festas de batizados, aniversários, casamentos, entre outros. Temos um telão com retroprojetor, com data show de alta definição, para possibilitar a aglomeração de centenas de pessoas aqui - conclui.

"Bem, Amigos!" recebe dirigentes de Palmeiras e Flamengo nesta segunda


O "Bem, Amigos!" não para na segunda-feira de Carnaval e terá muito papo sobre negócios e bastidores no mundo da bola, às 22h, com a presença do diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, e do diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, que falarão sobre os elencos e planejamento do clubes para o ano.

A dupla será recebida pelo apresentador Luís Roberto, que também terá a companhia dos comentaristas Paulo Cesar Vasconcellos, Marco Rodrigues, Muricy Ramalho, Caio Ribeiro e do jornalista Martin Fernandez, do Globoesporte.com. Tudo embalado pelo som do grupo "Molejo", em ritmo de folia.

Alexandre Mattos e Rodrigo Caetano (Foto: SporTV)Alexandre Mattos e Rodrigo Caetano participam do programa "Bem, Amigos!" (Foto: SporTV)

Vice para sempre



1996 Carioca

1999 Carioca

2000 Carioca

2001 Carioca 


2004 Carioca 


2006 Copa do Brasil


2014 Carioca, "roubado é mais gostoso''


2018 vasco sanitário completa 30 anos sem ganhar uma final do FLAMENGO