Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Flamengo x Atlético-MG


Ficha técnica                 



Data: 20/08/2014
Hora: 22h (de Brasília)
Local: Maracanã, estádio do Flamengo



Transmissão: A TV Globo transmite o jogo para MG, RS (Porto Alegre) ES, GO, TO, BA, AL, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF. Premiere, PFC HD e PFCI exibem a partida para todo o país.

Flamengo: Paulo Victor: Léo Moura, Marcelo, Wallace e João Paulo; Cáceres, Canteros, Márcio Araújo e Lucas Mugni (Arthur); Everton e Eduardo da Silva.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Atlético-MG: Victor, Alex Silva, Edcarlos, Jemerson, Pedro Botelho, Josué, Rafael Carioca, Dátolo, Maicosuel, Luan, Diego Tardelli e Jô.
Técnico: Levir Culpi

Árbitro: Sandro Meira Ricci, vai prejudicar o Flamengo, esse Maldito!
Auxiliares: Elan Vieira de Souza e Albino Andrade Albert Junior

Confira abaixo a lista completa dos lesionados e suspensos na 16ª rodada




INFO - Suspensos e Lesionados (Foto: Editoria de Arte)

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Luxemburgo lembra fase "pegador" de Élton e avisa: "Veio para jogar bola"


Elton em hotel no Rio de Janeiro (Foto: Marcelo Hazan)Élton nem chegou oficialmente ao Flamengo, mas já levou um puxão de orelhas de Vanderlei Luxemburgo. Depois de ser aprovado nos exames médicos nesta terça-feira, o atacante assinará contrato até o fim do Estadual de 2015 e deve ser apresentado oficialmente na próxima quinta como reforço para vaga de Hernane. Questionado sobre a nova peça do elenco, o treinador chamou a atenção, não poupou palavras para alertar que estará atento a vida pessoal do jogador e pediu foco no trabalho que será desempenhado dentro de campo.  

Garantindo acompanhar a carreira de Élton desde o período em que defendeu o São Caetano, em 2005 e 2006, Luxa disse que o jogador perdeu o foco por conta do assédio feminino em determinado momento. Sorridente e brincalhão, o treinador cobrou profissionalismo para que o ex-atacante do Corinhians não desperdice a chance de jogar no Flamengo, após defender o Al Nassr, da Arábia Saudita, na última temporada.  

- É um jogador interessante, que sabe fazer gol. A discussão da contratação dele passou por comportamento. Aquilo de ser o bonitão, belezão, que pega todo mundo, o comedor... (risos) Aqui, ele veio para jogar bola. Tem capacidade para nos ajudar. Já o conheço há muito tempo, desde os tempos de São Caetano. Depois, desviou a cabeça, está tranquilo, e vamos confiar nesse momento dele. Mas é bom também ser um fio desencapado para dar choque.

Élton chega ao Flamengo para disputar posição com Alecsandro, assim como aconteceu no Vasco da Gama em 2011. O Rubro-Negro será o 11º clube da carreira do atacante, que já defendeu Iraty (PR), São Caetano, Santo André, Legia Varsóvia (Polônia), Vasco, Braga (Portugal), Corinthians, Vitória, Náutico e Al Nassr.


Flamengo fecha treino, e Lucas Mugni e Arthur disputam vaga de Alecsandro

Vanderlei Luxemburgo fechou o treino, não deu dicas e fez mistério total a respeito da escalação do Flamengo para partida com o Atlético-MG, quarta-feira, no Maracanã, pela 16ª rodada do Brasileirão. Sem Alecsandro, suspenso, a principal dúvida está a respeito de quem ficará no comando de ataque. Arthur, que foi utilizado nas vitórias diante de Sport e Coritiba no lugar de Alecgol, surge como favorito, enquanto Lucas Mugni é a outra opção. Desta maneira, Eduardo da Silva atuaria como centroavante.  

Luxemburgo e Mugni no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo) 
Mugni é candidato à vaga de Alecsandro, com Eduardo da Silva à frente (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)
 
Após cumprir suspensão automática diante do Coxa, Victor Cáceres volta no meio-campo no lugar de Recife. Ao seu lado, a tendência é que Márcio Araújo seja mantido. Apesar de Luiz Antonio já estar novamente à disposição, depois de prestar depoimento por suposto envolvimento com milícias, o camisa 8 teve boa atuação em Curitiba e foi poupado na parte final da atividade desta terça-feira, um indício de que será utilizado desde o início. Questionado se poderia revelar a escalação para pegar o Galo, Luxa foi seco logo na primeira pergunta da coletiva:  

- Não.  

O treinador comandou um longo trabalho tático no Ninho do Urubu, bastante paralisado para orientação de posicionamento e atenção nos lances de bola parada. Por conta disso, a imprensa só teve acesso ao CT cerca de 1h30m após o início da atividade. Na parte aberta, o elenco participou do tradicional recreativo de véspera de jogos. As únicas ausências foram Hector Canteros, que fez reforço muscular, Felipe, que segue fora dos planos, e Paulinho, lesionado.  

Depois do rachão, a maior parte do elenco aprimorou a parte física com o preparador Antônio Mello. Neste momento, foi possível fazer um esboço da equipe que pegará o Galo. Como é hábito, os titulares foram poupados desta "hora extra". Léo Moura, João Paulo e Wallace treinaram cobranças de pênaltis, enquanto Marcelo, Márcio Araújo, Eduardo da Silva e Everton observavam na beira do campo. Canteros seguiu na academia. Como não jogou contra o Coxa, Cáceres participou da parte inicial do circuito, assim como Lucas e Arthur, que saíram ao lado do paraguaio mantendo a dúvida sobre o substituto de Alecsandro no ar.  

Reintegrado ao elenco após se recuperar de lesão na coxa direita, Samir não foi relacionado. Um dos titulares mais badalados no início da temporada, o zagueiro terá que batalhar para reconquistar o espaço após as boas atuações de Marcelo.  

- Samir vai ter que voltar ao elenco e buscar o espaço. A partir do momento que a equipe responde bem, vou trazer o outro jogador só porque era titular? Lógico que ele é muito talentoso. Se mostrar que merece, vai jogar.  

Com 16 pontos, o Flamengo é o 14º colocado no Brasileirão e encara o Atlético-MG na noite de quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, pela 16ª rodada. Até o fim da tarde de terça, 25 mil ingressos já tinham sido comprados antecipadamente.


Depois de depoimento na Draco, Luiz Antonio volta a ser relacionado no Flamengo


Luiz Antonio Treino Flamengo (Foto: Cezar Loureiro / Agência O Globo)
O técnico Vanderlei Luxemburgo relacionou o volante Luiz Antonio para o confronto com o Atlético-MG, quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador havia desfalcado a delegação no jogo com o Coritiba ao ter seu nome ligado a milicianos em uma investigação da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

Luiz Antonio vinha sendo titular de Luxemburgo desde sua volta ao Flamengo e ficou fora de todos os treinamentos na semana passada para prestar esclarecimentos sobre essa ligação com a milícia, na qual era acusado de dar um carro de presente. Contra o Coritiba, Márcio Araújo foi titular e ele deve ser mantido no time.

- Luiz Antonio não foi porque não queria esse problema no meu problema. Agi assim com o Robinho quando teve a mãe sequestrada. Ninguém pode puni-lo antes do julgamento. Agora, ele está dentro da relação que vai para concentração. Nunca esteve fora, apenas foi uma proteção - afirmou Luxemburgo.

Além da volta de Luiz Antonio, Luxa conta com Cáceres, que cumpriu suspensão contra o Coritiba. Já Paulinho, com dores na coxa esquerda, ficou fora da lista de relacionados, assim como o zagueiro Samir, que vem treinando com o grupo, mas por opção do treinador não vai para o jogo. Alecsandro não joga por estar suspenso.

Confira os 23 relacionados:

Goleiros: Cesar e Paulo Victor;
Laterais: João Paulo, Léo e Léo Moura;
Zagueiros: Chicão, Frauches, Marcelo e Wallace;
Volantes: Amaral, Cáceres, Canteros, Luiz Antonio, Márcio Araújo, Muralha e Recife;
Meias: Everton, Lucas Mugni e Mattheus;
Atacantes: Arthur, Eduardo da Silva, Negueba e Nixon.



Torcida do Fla faz fila, compra 25 mil ingressos e esgota o Setor Norte

A exemplo do ocorrido na segunda-feira, a torcida rubro-negra voltou a fazer fila por ingressos de olho no jogo contra o Atlético-MG, marcado para esta quarta, no Maracanã, às 22h. O Rubro-Negro vem de duas vitórias seguidas, e a expectativa é por um grande público.

fila torcida Flamengo ingressos (Foto: Cahê Mota) 
Fila da torcida do Flamengo para compra de ingressos para a partida contra o Atlético-MG, nesta quarta (Foto: Cahê Mota)

Na última parcial divulgada pelo clube, na tarde desta terça, 25 mil ingressos haviam sido vendidos. 

O Setor Norte está esgotado. O Flamengo atualmente ocupa a 14ª colocação, com 16 pontos.

Saiba o preço dos ingressos por setor:

Setor Norte e Sul (Flamengo)*:
Torcedores: R$ 40 (R$ 20 meia)
Sócios-torcedores do plano Raça ou superiores: R$ 20 (R$ 10 meia)
Plano Tradição: R$30 (R$15 meia)
* O setor Sul será aberto para venda para a torcida do Flamengo apenas após esgotarem-se os lugares no setor Norte

Setor Leste*:
Torcedores: R$ 60 (R$ 30 meia)
Sócios-torcedores Raça ou superiores: R$ 30 (R$ 15 meia)
Plano Tradição: R$ 50 (R$ 25 meia)
* Leste Superior será aberto para venda apenas após esgotarem-se os lugares no Leste Inferior

Maracanã Mais:
Torcedores: R$ 220 (R$ 130 meia)
Sócios-torcedores Raça ou superiores: R$130 (R$ 85 meia)
Plano Tradição R$ 180 (R$ 110 meia)

Oeste Inferior será aberto para venda apenas após esgotarem-se os lugares em todos os demais setores do estádio. Não haverá gratuidades nos setores Leste e Oeste.
Saiba quais são os pontos de troca e venda para sócios-torcedores, com seus dias e horários de funcionamento:

Gávea – Sede do Flamengo – Rua Borges de Medeiros
17/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00 (No dia da partida  até as 17:00)

Barra da Tijuca – FlaBoutique – Av das Américas, 7607 Loja 151
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00
Tijuca – FlaBoutique – R. Conde de Bonfim, 685 Loja D
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Andaraí – FlaBoutique/Iguatemi – R. Barão de São Francisco, 236 Loja 15
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Nova Iguaçu – FlaBoutique – R. Dr. Barros Júnior, 272 Via Light Mall
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Centro - Espaço Rubro Negro – R. da Quitanda 87
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Centro - Espaço Rubro Negro – R. Buenos Aires 113, loja 2, 3 e 4
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Barra da Tijuca - Espaço Rubro Negro – Av das Américas, 500 - Bloco 3 - Loja 114
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Maracanã – Container Mata Machado
17/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 às 17:00hs ( No dia da partida até o final do 1º tempo)

Flamengo da Nação




 




 

Elton conclui bateria de exames, mas só será apresentado pelo Flamengo na quinta


 O atacante Elton realizou na manhã desta terça-feira, a última bateria de exames clínicos antes de acertar as documentações com o Flamengo até abril de 2015. A expectativa era de que o jogador finalizasse os procedimentos todos ainda na segunda-feira. Com isso, o jogador só deve ser apresentado pelo Rubro-Negro, de maneira oficial, na quinta-feira, até para não tirar o foco do jogo contra o Atlético-MG, nesta quarta, no Maracanã;

Durante o período de empréstimo, Flamengo e Corinthians dividirão o pagamento do salário de Elton, que gira em torno de R$ 300 mil - cerca de R$ 150 mil será pago por cada clube. Curiosamente, o último time de Elton é exatamente a nova casa de Hernane: o Al Nassr (SAU). O centroavante saiu do Oriente Médio pelo fato de não ter recebido boa parte dos salários prometidos para o ano de 2014.

Vale lembrar que o Botafogo também esteve de olho no jogador e monitorava a possibilidade de contratá-lo também. No entanto, com a contratação de Bruno Correa, o Glorioso saiu da negociação e o caminho ficou livre para o Flamengo. O anúncio oficial deve ser feito pelo clube através do site após a realização dos exames médicos.

Dunga anuncia sua primeira lista de convocados da seleção brasileira

Serão dois amistosos,  contra Colômbia, no dia 5 de setembro, em Miami, e o Equador, no dia 9, em Nova Jersey.

 

Os dois primeiros compromissos da seleção brasileira serão transmitidos pela TV Globo.



Confira a lista completa:



Goleiros:Jefferson (Botafogo) e Rafael Cabral (Napoli).

Zagueiros:David Luiz(PSG), Marquinhos (PSG), Gil (Corinthians) e Miranda (Atlético de Madrid).

Laterais:Maicon (Roma), Filipe Luis (Chelsea), Alex Sandro (Porto) e Danilo (Porto).

Meio-campistas: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Elias (Corinthians), Fernandinho (Manchester City), 
Ramires (Chelsea), Everton Ribeiro (Cruzeiro) e Oscar (Chelsea).

Atacantes:Hulk (Zenit), Ricardo Goulart (Cruzeiro), Willian (Chelsea), Neymar 
(Barcelona), Philippe Coutinho (Liverpool) e Diego Tardelli (Atlético-MG).

Dos ataques dos 100 gols ao ferrolho, Luxemburgo se reinventa no Flamengo

Luxemburgo no treino do Flamengo (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)Em sua carreira, Vanderlei Luxemburgo montou ataques poderosos. Alguns deles entraram para a história, com marcas expressivas, ultrapassando 100 gols em competições determinadas. No entanto, o tempo passou e, em sua quarta passagem pelo Flamengo, ele precisou se reinventar para fugir da lanterna do Campeonato Brasileiro e, agora, da zona de rebaixamento.

Quatro jogos se passaram sob o seu comando e o time conquistou nove pontos em 12 possíveis, muito mais por não ter sofrido gols do que por ter marcado. Foram três vitórias por 1 a 0 e uma derrota pelo mesmo placar. O Flamengo subiu para a 14ª colocação, com 16 pontos, conseguindo um mínimo de tranquilidade.
- Não pode pensar somente no último jogo. O Vanderlei vem implementando um trabalho e tem uma evolução. O time está mais compacto, jogando de forma diferente para sair dessa situação. Vai levar tempo. Não pode achar que saiu totalmente da confusão - disse o volante Márcio Araújo, usando a palavra "confusão", repetida exaustivamente pelo treinador.

O comportamento em campo dos jogadores acaba sendo um reflexo do trabalho nos treinamentos. Luxemburgo vai das cobranças extremas a brincadeiras. Sua preocupação no início era mudar o ambiente carregado, fazer com que o grupo pensasse positivamente no que poderia realizar. Conseguiu colocar na cabeça deles que havia uma competição diferente a ser disputada.

- Nunca tinha trabalhado com ele, só escutado algumas coisas. Ele cobra e quem acompanha sabe o que estou falando. Tem o espírito de buscar os pontos, dá liberdade para a gente na frente para tentar as jogadas individuais - comentou Everton, autor do gol da vitória sobre o Coritiba.

A necessidade fez Vanderlei mudar seu foco. No passado, comandou ataques como o do Palmeiras no Campeonato Paulista de 1996, quando fez 102 gols em 30 jogos. Nos Brasileiros de 2003 e 2004, foi campeão com Cruzeiro e Santos, marcando 102 e 103 gols, respectivamente. Até no Flamengo em 2011 conseguiu um bom desempenho, com 59 gols, segundo melhor da competição, com um a menos do que o Fluminense.

Este ano, Luxemburgo pegou o Flamengo com o pior ataque e a defesa mais vazada do Brasileiro. Agora, o time é o terceiro com menos gols marcados e quarto com mais gols sofridos. Desde sua chegada, no entanto, o discurso do treinador foi em prol da necessidade de se conscientizar sobre a condição atual do time. Repetindo as suas palavras:

- Sem vergonha de jogar feio.

'Ser campeão assim é mole'


O risco de uma nova ausência(série B) de equipe devido a atrasos salariais voltou a pairar no futebol brasileiro. Sem receber há dois meses e meio, atletas do Icasa cogitaram não entrar em campo diante da coisa maldita,  vasco, sexta-feira, no Romeirão, pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Ceará (Safece), Marcos Gaúcho, a medida drástica só acontecerá caso a diretoria não chegue a um acordo com os jogadores do clube de Juazeiro do Norte.

"Não sou a favor de uma greve, porque tem de respeitar o torcedor que foi ao estádio, a imprensa. Mas a má gestão às vezes faz a gente tomar uma atitude mais drástica, como fez o Grêmio Barueri, que foi um sinal de alerta para quem gerencia os clubes. Na quinta-feira, nós do Sindicato vamos nos reunir com os jogadores e o clube e tentar resolver diplomaticamente a situação no Icasa, ou há a chance de os jogadores não entrarem em campo", declarou.

Elton faz últimos exames no Flamengo e assina nesta quarta-feira

O atacante Elton fez novos exames nesta terça-feira de manhã e ainda fará os últimos testes pela tarde, antes de assinar com o Flamengo, na quarta-feira. A reportagem encontrou com o jogador de 29 anos em um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, local onde tradicionalmente o Rubro-Negro se concentra para os jogos. Funcionários da equipe carioca, inclusive, estavam no local pela manhã, pois o time encara o Atlético-MG, nesta quarta-feira, no Maracanã, pelo Brasileirão.

A pedido da assessoria de imprensa do Flamengo, Elton não pode dar entrevistas antes de assinar o contrato de empréstimo, acertado com o Corinthians. O atleta precisará de pelo menos uma semana de treinamentos com bola para ficar à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo. Fora dos planos do Timão, ele estava aprimorando a forma física.

Elton em hotel no Rio de Janeiro (Foto: Marcelo Hazan) 
Elton posa para foto em hotel no Rio de Janeiro (Foto: Marcelo Hazan)

Após terminar os trâmites burocráticos da transferência e caso seja aprovado nos exames, Elton ainda precisará de pelo menos uma semana de treinamentos com bola para ficar à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo (ele vinha aprimorando a forma física nos últimos dias). Neste caso, ele poderia estrear diante do Vitória, no dia 31 de agosto, no Barradão.

Fora dos planos do Corinthians, Elton vinha treinando separado desde que retornou do empréstimo ao Al Nassr, da Arábia Saudita. No clube que comprou Hernane recentemente ao Flamengo, o atacante sofreu com problemas de pagamento. E a contratação foi feita justamente para repor a ausência do Brocador no elenco.


Vice-artilheiro do Flamengo no ano, Everton quebra jejum de 12 jogos sem gols

Everton Flamengo gol coritiba brasileirão (Foto: Agência Getty Images)Em sua carreira, Everton não tem um histórico de goleador. No entanto, para o Flamengo, a divisão de gols tem sido crucial em um time que balança pouco as redes dos adversários. Domingo, ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, no Couto Pereira, ele quebrou um jejum pessoal de 12 jogos e se igualou a Paulinho e Hernane como vice-artilheiro do time em 2014.

Everton só perde para Alecsandro, principal atacante do time, com 16 gols. Ele não marcava desde o dia 26 de março, quando o Flamengo venceu por 3 a 0 a Cabofriense, pelo Campeonato Carioca. Além disso, o time conseguiu balançar a rede e vencer como visitante pela primeira vez no Campeonato Brasileiro.

- A gente sabe como são as coisas no Flamengo. Estou vacinado. É mentalizar as coisas boas desse jogo e somar pontos. Ainda não estamos em uma situação agradável - afirmou Éverton.

Durante o ano, o jogador vem sofrendo com lesões seguidas. Agora, no entanto, conseguiu engrenar três jogos consecutivos e nos dois últimos ficou em campo os 90 minutos. Everton espera se manter bem fisicamente mesmo com a sequência de jogos que vai ter início com a disputa da Copa do Brasil.

- Já estou terminando os jogos mais inteiro e conseguindo manter uma regularidade - disse.

O próximo confronto é contra o Atlético-MG, quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Com 16 pontos, o Flamengo ainda segue ameaçado de rebaixamento e Éverton revela a consciência do time com relação ao momento vivido e a necessidade de manter a boa sequência de resultados.

- É um jogo difícil. No Maracanã, com o apoio da torcida, temos tudo para sair de campo com a vitória. Mas estamos vacinados. Se a gente não tivesse vencido o Coritiba, ninguém aqui serviria. Foi importante vencer para jogar com mais tranquilidade - comentou o jogador.

Inspiradas nas sereias, atletas do Flamengo viram artistas e criam grupo de shows


Além de deuses e mortais, a mitologia grega é recheada de criaturas fantásticas. Muitas delas, híbridas. Entre as mais famosas estão as sereias, cujos corpos são metade de mulher, metade de peixe. Há muitas referências na literatura, e uma das mais comuns é que seu canto doce atraía os marinheiros. E foi justamente essa história que inspirou seis atletas da equipe sênior do nado sincronizado do Flamengo a criarem o grupo Sirenas (Sereias em espanhol). Afinal, elas passam grande parte do tempo debaixo d'água. As meninas pretendem popularizar no Brasil uma forma de entretenimento já famosa em países como os Estados Unidos, onde o grupo Aqualillies, outra inspiração das atletas do clube da Gávea, faz muito sucesso com apresentações acrobáticas em piscinas de Miami, Las Vegas, Nova York e San Francisco. As estrangeiras também se apresentam no Canadá (Calgary, Toronto e Vancouver) e já fizeram eventos e gravações para clientes como o cantor pop Justin Timberlake, o seriado Glee, a Disney World, as Kardashians, entre outros

flamengo nado sincronizado sirenas (Foto: Cherry Rocha e Ju Martins) 
Atletas do Flamengo possuem grupo de performances chamado Sirenas (Foto: Cherry Rocha e Ju Martins)

Maria Eduarda Wolf, a Duda, as gêmeas Daniella e Gabriella Figueiredo, Maria Eduarda Werneck, a Dudinha, todas de 22 anos, Camila Ururahy, de 25, e a caçula Giovanna Bueno, com 20, são as criadoras das Sirenas. As esportistas, que se conhecem e treinam juntas desde bem mais novas, contam que o grupo tem apenas um mês oficialmente, mas a ideia já existe há anos. Tudo começou quando elas foram chamadas para fazer um comercial para uma rede de lanchonetes fast-food americana, veiculado apenas nos EUA.

- Ficamos no Flamengo aquele dia gravando das 23h às 5h. Muito legal. Fizemos coreografia até com fogo. Estávamos no juvenil. Fizemos apresentações performáticas, fora de competição, no Copacabana Palace (hotel famoso no Rio de Janeiro), no programa "Caldeirão do Huck", da TV Globo, na casa da atriz Claudia Raia, gravamos novela, entre outras coisas. Fomos evoluindo e pensamos em fazer um grupo totalmente direcionado para isso - disse Camila Ururahy. 

nado sincronizado sirenas flamengo (Foto: Gabriel Fricke) 
Atletas do nado sincronizado do Flamengo são amigas dentro e fora da piscina (Foto: Gabriel Fricke)

As atletas possuem participações em competições internacionais e muitos títulos pelo Flamengo. Só de campeonatos brasileiros, são dez. Em novembro, disputarão mais uma edição, desta vez, em São Paulo. Mas, apesar de seguirem se dedicando ao Rubro-Negro, elas não se mostram muito esperançosas em relação a competições de grande porte, como as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. Atualmente, nenhuma delas faz parte da seleção brasileira da modalidade.

Além disso, segundo elas, é comum que atletas do nado sincronizado se aposentem de competições aos 27 anos. Por isso, todas resolveram fazer faculdade e investir tempo no Sirenas como uma alternativa de seguir no esporte. A única formada é Camila, que é fisioterapeuta, mas faz pós-graduação em marketing esportivo. Dentre as áreas escolhidas por elas estão direito, gastronomia, medicina e psicologia.

- Treinamos de segunda a sábado para o Brasileiro e, de vez em quando, tiramos uma horinha ou outra só para o Sirenas. Sempre foi um sonho nosso ir às Olimpíadas, mas, na vida, temos que fazer uma opção e foi o que fizemos, porque chega uma hora que você vê que não é só isso. Nossa carreira como atleta acaba muito cedo, né? Por isso também temos o grupo. E nos preparamos muito para defender o Flamengo como sempre - relatou Dudinha.


Meninas fazem ensaios para alavancar o grupo Sirenas (Foto: Cherry Rocha e Ju Martins)
- Todas treinam juntas há pelo menos oito anos. Algumas, há 15. Praticamos seis vezes por semana, de segunda a sábado. Viajamos juntas, saímos, fazemos tudo, é uma família. Agora queremos que esse entretenimento dê certo, que divulgue o esporte, que precisemos trazer mais meninas para cá, que possamos estar juntas e viver do esporte que amamos - acrescentou Daniella, estudante de direito e modelo.

O grupo Sirenas conta com a ajuda da técnica Roberta Perillier, a Beta, que é a treinadora das meninas no Flamengo, além do auxílio do preparador rubro-negro e da seleção brasileira, Carlos Alexandre Assis, que, de acordo com elas, dá dicas preciosas em relação a como manter a forma para estar bem para as performances. As meninas afirmam que a principal diferença de um torneio para um show é que, no segundo, elas se soltam muito mais. Além disso, têm a liberdade de utilizar fantasias e acessórios para dar um colorido especial às apresentações.

- Na competição, encaramos o juiz, não o público. E isso é muito legal, ficamos muito mais livres no show. Fizemos uma apresentação na casa do presidente do BNDES, por exemplo, em que uma menina deu um mortal. E uma mulher deu um grito, empolgada, foi muito engraçado (risos) - lembrou Camila. 

nado sincronizado sirenas flamengo (Foto: Gabriel Fricke) 
Elas treinam para o Brasileiro, que será em novembro, em São Paulo (Foto: Gabriel Fricke)

- Em um torneio temos que seguir uma parte técnica muito específica. A Beta, que é nossa técnica no Flamengo, nos orienta. Ela nos organiza, e é muito importante. E com o Sirenas, ela também pode se soltar mais. Testamos coisas artísticas que não podemos usar em uma competição - completou Duda.

Mesmo com tanto treinamento e "pensando 24h por dia no Sirenas", como elas dizem, há imprevistos. E as meninas riem disso. Elas lembraram algumas das situações mais curiosas que já passaram juntas, antes mesmo de batizarem o grupo com o nome inspirado nas sereias.

- Em uma apresentação no hotel Copacabana Palace, por exemplo, quando chegamos para treinar, não tínhamos (áudio) subaquático, ou seja, não conseguíamos ouvir a música dentro da água. Tivemos que ficar contando os movimentos para acertar, nos comunicando com sons com a boca fechada.Toda música tem uma contagem até oito, que treinamos, e representa um movimento. Fazendo a contagem, sabemos que movimento será, mas é complicado. E tem problemas também como água gelada, piscina rasa, entre outros. Na inauguração do condomínio Península (na Barra da Tijuca), era um gelo. E tem que ficar sorrindo, fingindo que está tudo bem, que está com o sol dentro de você (risos) - brincou Camila.

O próximo compromisso do Sirenas deve ser uma "pool party" (do inglês, "festa na piscina"), muito comum nos Estados Unidos, em novembro, no mesmo mês do Brasileiro, em São Paulo.


Flamengo encaminha empréstimo de Thomás para a Ponte Preta


O Flamengo está próximo de acertar o empréstimo de Thomás para a Ponte Preta. De volta ao clube desde o meio do ano, após defender o Siena na última temporada do futebol italiano, o atacante tem treinado separado e defenderá a Macaca até o fim de 2014. As conversas já estão em estágio avançado e apenas detalhes burocráticos impedem o anúncio oficial.

Revelado por Vanderlei Luxemburgo em 2011, Thomás disputou 30 partidas entre os profissionais e não fez gols. Apesar do retorno do treinador, o atacante seguiu trabalhando em horário diferente do restante do elenco e houve um consenso no clube de que seguir para um clube onde tivesse oportunidade de jogar seria a melhor opção. O jovem de 21 anos tem contrato com o Flamengo até dezembro de 2016.

Na Ponte Preta, Thomás reencontrará outro rubro-negro: Rodolfo. Na passagem pelo Siena, o jogador disputou 12 partidas e chegou a despertar o interesse da Udinese na abertura do mercado em janeiro, de acordo com a imprensa italiana. O novo empréstimo do atacante é mais um entre os muitos envolvendo a garotada campeã da Copa São Paulo de 2011.

Destaques daquela campanha, Adryan e Rafinha seguem a carreira em outros clubes - Cagliari e Bahia, respectivamente -, além de Muralha e Negueba, que passaram por Portuguesa e São Paulo e retornaram este ano. Recentemente, Digão foi outro que buscou oportunidade longe da Gávea e acertou com o América-RN. 

Ossos do ofício: com quatro fraturas, Cáceres não mede sacrifício pelo Flamengo


Caceres Flamengo entrevista (Foto: Alexandre Durão) O recado de Vanderlei Luxemburgo nas últimas entrevistas tem sido claro: com um elenco limitado tecnicamente, o Flamengo precisa jogar no sacrifício para escapar do rebaixamento no Brasileirão. E sacrificar é um verbo que Víctor Cáceres soube conjugar como poucos nos últimos tempos com a camisa rubro-negra. Indicado pelo próprio Luxa após se destacar no Libertad, o paraguaio reencontra o treinador justamente em seu melhor momento pelo clube, dois anos e quatro fraturas após sua contratação. Lesões que são fruto de um lema que o volante diz ter aprendido em seu país e que define bem a realidade da equipe: se faltar técnica, tem que sobrar raça.


A vitória de domingo, sobre o Coritiba, foi a primeira do Flamengo no Brasileirão sem Cáceres em campo. Nada, porém, que abale um posto que demorou para ser alcançado: de titular absoluto. Após cumprir suspensão automática contra o Coxa, o paraguaio tem retorno garantido diante do Atlético-MG, quarta-feira, no Maracanã. E em entrevista ao GloboEsporte.com no condomínio onde mora no Rio de Janeiro já deu o recado: não fugirá de divididas. Mesmo que o custo seja uma quinta fratura defendendo o clube, o volante garante: vale a pena.

- O jogador paraguaio tem isso de muita raça, disputa cada bola como se fosse a última. Não somos muito técnicos como os brasileiros. Então, cada um tem que mostrar o que tem de melhor em campo (...) Com certeza vale a pena (a fratura). É o meu trabalho, estou exposto a isso. A vontade não pode faltar nunca no futebol.

De contrato renovado automaticamente recentemente, Cáceres tem mais dois anos pela frente no Flamengo. Período em que projeta jogar bem mais do que as 54 partidas que fez até o momento e repetir a trajetória de outro paraguaio que conheceu através de histórias contadas por seu pai e por Luxemburgo, e que marcou época na Gávea: Francisco Reyes.

Confira abaixo toda entrevista de Victor Cáceres:

Depois de altos e baixos em um primeiro momento no Flamengo, você tem vivido sua melhor fase em 2014, desde a Libertadores. Acha que está próximo do Cáceres que tem tanto prestígio no Paraguai?
- Acho que estou tendo um ano bom. Nos dois primeiros anos no Flamengo, machuquei muito e não consegui ter sequência. Ainda não consegui, né? Por conta das suspensões, mas, graças a Deus, estou chegando ao nível que jogava no Libertad. Com certeza vou me dedicar mais para chegar ao nível ideal.
 
Caceres Flamengo entrevista (Foto: Alexandre Durão)
O que mudou para este crescimento?
- Acho que tem muito da questão da adaptação ao país. No começo foi difícil, até pelo idioma e estilo de jogo. Aqui é muito diferente do Paraguai. Lá é mais cadenciado, aqui é correria.

Agora, você finalmente poderá trabalhar com o Luxemburgo, que foi justamente quem te indicou para o Flamengo. Isso te deixa ainda mais confiante e tranquilo para dar sequência ao bom momento?
- Com certeza. A confiança é o mais importante para um jogador de futebol. Luxemburgo passa isso não só para mim, mas para todos os jogadores. Todo elenco está mais confiante, ele transmite isso. Por isso, o time está jogando melhor, mais encaixado.

Você ficou fora de duas partidas recentemente por suspensão, mas em momento algum teve sua condição de titular questionada, ao contrário de outras épocas. Já se sente dono da posição? Você já tem consciência da importância que passou a ter para o time, principalmente defensivamente?
- Não me sinto dono do posto, mas me sinto, sim, muito mais confiante do que me sentia. O fato de poder ter sequência é fundamental. Não me sinto muito importante para o time ainda, tenho que demonstrar isso em campo, a cada jogo.

Seu rendimento cresceu bastante principalmente durante a disputa da Libertadores. Você acha que essa característica de entrega, de dedicação do jogador sul-americano, fez a diferença ao seu favor? Com um time limitado tecnicamente, isso se torna ainda mais importante?
- O jogador paraguaio tem isso de muita raça, disputa cada bola como se fosse a última. Não somos muito técnicos como os brasileiros. Então, cada um tem que mostrar o que tem de melhor em campo. Mas sei que todos os companheiros também se entregam por completo. Não vejo tanta diferença, mas vocês (brasileiros) sempre falam sobre isso (risos). Pode ser verdade.

Acha que essa característica acaba te expondo mais fisicamente? Esse é o motivo de tanta lesão um pouco fora do comum, como as fraturas que você teve no Flamengo?
- Foram quatro fraturas: cotovelo, ombro, mão e quadril. Sempre falo com os fisioterapeutas que nunca me machuquei ao longo da carreira, e é algo que tem acontecido muito no Flamengo. Acho que é pelo sacrifício, entrega total, mudança de ritmo de treinamento...

São fraturas que valeram a pena pelo clube?
- Com certeza vale a pena. É o meu trabalho, estou exposto a isso.

Qual foi a lesão mais complicada?
- Acho que a do quadril. Joguei várias partidas com dores e demorou também para recuperação.

Essa entrega sempre foi uma característica marcante? Como foi o seu início no futebol?
- Foi como a maioria dos jogadores, com muito sacrifício. Ia andando para os treinos, jogava em um time da quarta divisão do Paraguai, até que o Libertad me comprou ainda na base. Somos oito irmãos, três que jogam futebol. Além de mim, tem um no Newell´s, da Argentina, e outro na base do Olimpia. O futebol hoje em dia é uma oportunidade de ganhar a vida, poder ajudar aos familiares... Eu pude ajudar muito. Por isso, tudo vale a pena, todo sacrifício.

Uma pessoa muito importante na sua trajetória foi o Tata Martino, que deixou o Barcelona recentemente e assumiu a seleção da Argentina. Como começou sua relação com ele? Ainda mantém contato?
- Ele foi quem me subiu para os profissionais no Libertad e é uma pessoa muito importante na minha vida. Sempre que é possível, nos falamos pelo telefone. Foi também quem me levou para seleção e tenho que agradecer muito por toda oportunidade que ele me deu.

Ainda há quem compare seu rendimento pelo Libertad e pelo Flamengo e tenha questionamentos, principalmente no posicionamento. Você mudou mesmo a maneira de jogar no Brasil ou não concorda com isso?
- Mudei, sim. Lá no Paraguai o esquema também é diferente, eu podia sair mais para atacar, revezava com meu companheiro de posição. Aqui no Brasil, o primeiro volante fica mais preso e sai muito pouco para o jogo. No Paraguai, eu conseguia jogar mais próximo do gol, mas hoje em dia gosto dessa posição. Não me arrependo, não.

Caceres Flamengo entrevista (Foto: Alexandre Durão)No Paraguai, você é muito conhecido como "Topo", que é seu apelido. Queria que você explicasse a origem? Gostaria de ser chamado assim no Brasil também?
- Não é algo que me incomode. Desde menino, meu irmão mais velho me chama assim por conta do boneco Topo Gigio, que era um rato com os dentes na frente e a orelha grande (risos). Ele falava que era parecido comigo e pegou. Os jornalistas começaram a chamar assim e ficou.

Recentemente, o Luxemburgo te comparou com o Reyes, zagueiro paraguaio que marcou época no Flamengo nas décadas de 60 e 70. Ele é uma inspiração para você? Já conhecia a história dele?
- Na verdade, não conhecia, mas meu pai fala muito. Recentemente, Luxemburgo também me lembrou da história. Fui pesquisar na internet e achei muito legal. É muito inspirador. Nós sempre sonhamos em criar identificação com o clube, virar ídolo. Ainda mais em um clube como o Flamengo.

No Libertad, você nunca tinha passado por essa situação de brigar contra o rebaixamento. Como está encarando esta realidade no Flamengo? Dá para manter a tranquilidade?
- Nunca passei por isso. Só aqui no Flamengo no ano passado, quando vivemos mais ou menos e conseguimos sair rápido. Esse ano está complicado, mas a chegada do Luxemburgo foi importante para passar tranquilidade, motivação. Com certeza vamos sair dessa situação. Estamos trabalhando forte e com dedicação. Vamos brigar por coisa melhor.

Você falou que os paraguaios têm muito essa postura de entrega por não serem tão técnicos. Diria que este é um exemplo a ser seguido por este Flamengo, que não tem conseguido demonstrar tanta qualidade com a bola nos pés e deve apostar na superação?
- A vontade não pode faltar nunca no futebol, temos que ter sempre. Contra o Botafogo e o Sport, demonstramos que queremos algo melhor. Se não estamos podendo jogar bem, temos que ganhar com raça, com vontade, com o coração.


segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Elton passa em primeiros exames e já pode aparecer no Ninho nesta terça


O atacante Elton desembarcou no Rio de Janeiro nesta segunda-feira e realizou os primeiros exames médicos no Flamengo, seu provável novo clube. O jogador de 29 anos ainda será submetido a novos testes nesta terça-feira, para depois assinar o contrato de empréstimo por um ano, acertado com o Corinthians, possivelmente na quarta-feira.

Após terminar os trâmites burocráticos da transferência e caso seja aprovado nos exames, Elton ainda precisará de pelo menos uma semana de treinamentos com bola para ficar à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo (ele vinha aprimorando a forma física nos últimos dias). Neste caso, ele poderia estrear diante do Vitória, no dia 31 de agosto, no Barradão.

Por conta destas pendências, Elton não vai poder ajudar o Rubro-Negro contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 22h, no Maracanã, pela 16ª rodada do Brasileirão. Sem Alecsandro, suspenso com três amarelos, Arthur é a opção provável, pois Paulinho não treinou no gramado com o grupo e ficou na fisioterapia nesta segunda-feira, no Ninho do Urubu.

Fora dos planos do Corinthians, Elton vinha treinando separado desde que retornou do empréstimo ao Al Nassr, da Arábia Saudita. No clube que comprou Hernane recentemente ao Flamengo, o atacante foi artilheiro do campeonato saudita, mas sofreu com problemas de pagamento. A contratação foi feita justamente para repor a ausência do Brocador no elenco.

Se a contratação for confirmada, Elton voltará a disputar posição com Alecsandro, como aconteceu nos tempos de Vasco. Em busca de um atacante, o Rubro-Negro chegou a cogitar o retorno de Souza, mas a opção não empolgou muito e o Caveirão seguiu para o Criciúma.

Ex-rival e "algoz" pelo Flamengo, Everton diz gostar de encarar o Coxa em Curitiba


Everton Flamengo gol coritiba brasileirão (Foto: Agência Getty Images)O Flamengo voltará ao estádio Couto Pereira no próximo dia 27, quando enfrentará novamente o Coritiba, às 22h, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Depois de bater o Coxa por 1 a 0 na casa do adversário, no último domingo, pelo Brasileirão, o Rubro-Negro vai rever o mesmo time. Agora o confronto é eliminatório e Everton, autor do gol da última partida, quer deixar sua marca novamente. 

O meia conhece bem o time paranaense de quando atuava pelo arquirrival Atlético-PR (2013) e se sente bem no Couto Pereira. 

- Gosto de jogar lá, mas tem dificuldade também. Sei como é. Já perdi com Flamengo e Botafogo em Curitiba. Estava no Atlético-PR no ano passado. Mas o importante é a nossa atitude, como demonstramos no último jogo. O time marcou e atacou. Vamos respeitar o Coritiba, que tem um time forte, e tentar trazer força para a gente - afirmou.

Justamente por se tratar de um confronto eliminatório, o volante Márcio Araújo pede postura diferente do Flamengo.

- É outra competição e tem de mudar o foco. Existe a questão da diferença de gols e nos últimos anos muitos grandes foram eliminados. Serão dois grandes jogos - disse o volante.

O segundo confronto com o Coritiba pela Copa do Brasil está marcado para o dia 3 de setembro, novamente às 22h, no Maracanã. Enquanto não entra em campo pelo torneio de mata-mata, o Flamengo segue a vida no Brasileirão. A equipe encara o Atlético-MG, nesta quarta-feira, também no Maracanã, e o Criciúma, domingo, no estádio Heriberto Hulse (SC). Sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o time obteve três vitórias e uma derrota, ocupando a 14ª posição (16 pontos).

Everton, Coritiba x Atlético-PR (Foto: Giuliano Gomes/Agência Estado) 
Everton, quando vestia a camisa do Atlético-PR, em ação contra o Coritiba (Foto: Giuliano Gomes/Agência Estado)

Torcida do Fla mantém apoio e compra 15 mil ingressos contra o Galo



A torcida do Flamengo comprou 15 mil ingressos antecipadamente para o confronto com o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, pela 16ª rodada do Brasileirão. Os bilhetes estão com preços reduzidos (ver abaixo) desde o clássico contra o Botafogo, vencido por 1 a 0, no dia 27 de julho, quando 43.412 pagantes foram ao estádio (o público total foi de 52.378 pessoas).

Diante do Sport, no dia 10 de agosto, o Flamengo bateu o Sport, novamente por 1 a 0, para um público de 35.583 pagantes (42.071 presentes) no Maracanã. Em ascensão sob o comando de Luxemburgo, o Rubro-Negro acumula três vitórias e uma derrota, na 14ª posição, com 16 pontos.

Saiba o preço dos ingressos por setor:

Setor Norte e Sul (Flamengo)*:
Torcedores: R$ 40 (R$ 20 meia)
Sócios-torcedores do plano Raça ou superiores: R$ 20 (R$ 10 meia)
Plano Tradição: R$30 (R$15 meia)

* O setor Sul será aberto para venda para a torcida do Flamengo apenas após esgotarem-se os lugares no setor Norte

Setor Leste*:
Torcedores: R$ 60 (R$ 30 meia)
Sócios-torcedores Raça ou superiores: R$ 30 (R$ 15 meia)
Plano Tradição: R$ 50 (R$ 25 meia)

* Leste Superior será aberto para venda apenas após esgotarem-se os lugares no Leste Inferior

Maracanã Mais:
Torcedores: R$ 220 (R$ 130 meia)
Sócios-torcedores Raça ou superiores: R$130 (R$ 85 meia)
Plano Tradição R$ 180 (R$ 110 meia)

Oeste Inferior será aberto para venda apenas após esgotarem-se os lugares em todos os demais setores do estádio. Não haverá gratuidades nos setores Leste e Oeste.

Saiba quais são os pontos de troca e venda para sócios-torcedores, com seus dias e horários de funcionamento:

Gávea – Sede do Flamengo – Rua Borges de Medeiros
17/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00 (No dia da partida  até as 17:00)

Barra da Tijuca – FlaBoutique – Av das Américas, 7607 Loja 151
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00
Tijuca – FlaBoutique – R. Conde de Bonfim, 685 Loja D
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Andaraí – FlaBoutique/Iguatemi – R. Barão de São Francisco, 236 Loja 15
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Nova Iguaçu – FlaBoutique – R. Dr. Barros Júnior, 272 Via Light Mall
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Centro - Espaço Rubro Negro – R. da Quitanda 87
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Centro - Espaço Rubro Negro – R. Buenos Aires 113, loja 2, 3 e 4
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Barra da Tijuca - Espaço Rubro Negro – Av das Américas, 500 - Bloco 3 - Loja 114
18/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 as 17:00

Maracanã – Container Mata Machado
17/08/2014 a 20/08/2014 - 10:00 às 17:00hs ( No dia da partida até o final do 1º tempo)
 
 

Aproveitamento de Vanderlei Luxemburgo no Flamengo é superior ao do líder Cruzeiro no Campeonato Brasileiro

 



O Flamengo vive uma boa fase no Campeonato Brasileiro após a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo. São quatro jogos, com três vitórias e apenas uma derrota: 75% de aproveitamento.

O bom aproveitamento nestes quatro jogos, que é superior ao do líder Cruzeiro na competição (73,3 %), tirou o Flamengo da zona de rebaixamento. O clube está na 14ª colocação com 16 pontos.

Adriano aparece com a camisa do Flamengo em batizado da filha Lara


Foto: Reprodução Facebook

Rubro-negro declarado, o atacante Adriano apareceu vestindo a camisa do Flamengo, no domingo, durante um festejo familiar pelo batizado de sua filha Lara. Curiosamente, no mesmo dia em que o Flamengo bateu o Coritiba por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

Foto: Reprodução Facebook
No Facebook, o jogador divulgou duas fotos da festividade. O Imperador está sem clube desde que deixou o Atlético-PR após a disputa da Libertadores.

Em sua passagem pelo Furacão, o Impera marcou apenas um gol. Já a última passagem do jogador pelo Flamengo foi em 2012, mas ele não chegou a atuar.

Renata Fontes com a filha Lara no batizado

Paulinho não treina e deve desfalcar o time do Flamengo mais uma vez


 Com um problema na coxa esquerda, Paulinho deve desfalcar o Flamengo pelo segundo jogo seguido no Campeonato Brasileiro. O jogador não participou do treinamento desta segunda-feira no Ninho do Urubu e ficou na fisioterapia. No entanto, sua recuperação deve acontecer apenas para enfrentar o Criciúma, no próximo domingo, em Santa Catarina.

Com o veto a Paulinho, Eduardo da Silva deve ser mais uma vez titular. O jogador fez sua estreia contra a Chapecoense, marcou o gol da vitória sobre o Sport e iniciou o confronto com o Coritiba, quando saiu de campo no intervalo.

O técnico Vanderlei Luxemburgo também precisa decidir o substituto de Alecsandro. O atacante levou o terceiro cartão amarelo contra o Coritiba, mas já ficaria fora do jogo com o Atlético-MG com base em um acordo na sua contratação pelo Flamengo.

O principal candidato é Arthur. Contratado para a disputa do Campeonato Brasileiro, ele entrou no lugar de Alecsandro nos dois últimos jogos. O jogador havia sido um dos destaques do Londrina na conquista do Campeonato Paranaense.

Em 14º com 16 pontos, o Flamengo encara o Atlético-MG quarta-feira, 22h, no Maracanã, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
 

Luiz Antonio volta a treinar com grupo após suposta ligação com a milícia


Luiz Antonio treinou com o restante do elenco do Flamengo no Ninho do Urubu nesta segunda-feira. Envolvido em uma suposta relação com uma milícia da Zona Oeste do Rio de Janeiro, o volante precisou resolver os problemas extracampo nos últimos dias. Ficou, inclusive, fora da partida contra o Coritiba na vitória por 1 a 0, no domingo.

O volante se juntou aos atletas que não iniciaram o jogo contra o Coxa. Entre eles estava Samir, que recupera a forma física depois de sofrer uma lesão na coxa esquerda. O zagueiro Erazo fez atividade separada do restante do time, que realizava um treino técnico em campo reduzido.



Entenda o caso

Segundo investigação, Luiz Antonio teria dado um carro de luxo a um dos chefes da quadrilha. Na quinta-feira, prestou esclarecimentos na Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco). No depoimento, repetiu a versão de que o veículo foi roubado quando estava sendo guiado por seu pai, que ainda será ouvido pela Draco.

Aparentando tranquilidade, confirmou a relação de amizade com Alexandre da Rocha Antunes, um dos mais de 20 presos em operação que desarticulou a quadrilha e se apresenta como irmão de criação do volante. Mas ele negou que os dois tenham sido criados juntos. 

Ex-dono do Cagliari comprou o Leeds e quer Adryan a qualquer custo



Adryan (Foto: Divulgação)Emprestado pelo Flamengo ao Cagliari (ITA), o meia Adryan está cada vez mais próximo de se juntar ao Leeds United (ING). Isso porque o novo presidente do time inglês já deixou claro aos investidores locais que fará de tudo para levá-lo para a Terra da Rainha nesta temporada. Mas a admiração tem um motivo antigo.

Massimo Cellino é o atual mandatário do Leeds, que está na Championship (segunda divisão da Inglaterra) mas há pouco mais de um mês era dono do próprio Cagliari. Foi ele quem levou Adryan para o futebol europeu e foi muito elogioso à postura do meia. Em conversa com a reportagem do LANCE!Net, o empresário do jovem, Reinaldo Pitta, explicou a negociação:

- O Cagliari já mostrou que não vai se opor e tenho certeza que o Flamengo também não. Faltam alguns detalhes para dizer que as coisas estão certas. O Adryan, é claro, quer jogar na Inglaterra porque a visibilidade do Campeonato Inglês é absurda. E o dono do Leeds, que era dono do Cagliari, tem uma admiração absurda por ele. Foi o Massimo que o levou para a Europa. Amanhã (terça-feira) algo pode sair.

Como não teve boa passagem pelo Cagliari, o jogador seria liberado pelo clube italiano e teria o empréstimo repassado ao Leeds. Na última temporada o meia, que foi campeão da Copa São Paulo em 2011 pelo Flamengo, fez apenas cinco jogos (sendo só dois como titular, e não marcou nenhum gol.



Herbalife promove intercâmbio nutricional entre Flamengo e LA Galaxy


A equipe médica do Flamengo estará esta semana nos Estados Unidos para participar de um intercâmbio nutricional esportivo com o LA Galaxy, um dos principais times da MLS, a liga americana de futebol. A iniciativa é realizada pela Herbalife, que patrocina ambos os clubes.

Até o próximo dia 21, os profissionais Marcio Alves Tannure, médico ortopedista, e Claudio Pavanelli, fisiologista, estarão em Los Angeles para debater os benefícios da nutrição esportiva aliada à performance dos atletas com membros da comissão técnica do LA Galaxy, entre eles Alex Savvas, gerente de ciência do esporte, e Armando Rivas, diretor de ciência do esporte da equipe.


O objetivo do encontro é que os profissionais rubro-negros tenham subsídios para aprimorar o desempenho físico dos atletas através da nutrição. A viagem também abrange encontro com profissionais da Herbalife para falar sobre as pesquisas e avanços que a empresa tem realizado em nutrição esportiva.

- Esperamos trocar experiências de dois grandes clubes que utilizam a nutrição como meio de aprimorar a peformance de seus atletas e se apoiam nos produtos da nossa linha de nutrição esportiva para essa finalidade - declara Jordan Rizetto, diretor sênior de vendas e eventos da Herbalife do Brasil.

Últimos colocados e risco de rebaixamento, no momento!





Tabela de pontos ganhos


Clubes Pontos ganhos Vitórias Empates Derrotas Saldo de Gols Gols pró Gols contra Jogos
20 . Coritiba 12 2 6 7 -5 12 17 15
19 . Bahia 14 3 5 7 -5 11 16 15
18 . Figueirense 14 4 2 9 -11 11 22 15
17 . Palmeiras 14 4 2 9 -9 12 21 15
Risco
61%
53%
40%
49%
16 . Vitória 15 3 6 6 -4 15 19 15
15 . Criciúma 16 4 4 7 -12 9 21 15
14 . Flamengo 16 4 4 7 -10 10 20 15
13 . Chapecoense 16 4 4 7 -5 10 15 15
12 . Botafogo 16 4 4 7 0 17 17 15
11 . Goiás 20 5 5 5 -3 9 12 15
10 . Santos 20 5 5 5 4 15 11 15
9 . Sport 22 6 4 5 -4 12 16 15
8 . Grêmio 22 6 4 5 1 13 12 15
7 . Atlético-PR 23 6 5 4 3 23 20 15
6 . Atlético-MG 23 6 5 4 4 21 17 15
5 . São Paulo 26 7 5 3 7 25 18 15
4 . Fluminense 26 8 2 5 9 23 14 15
3 . Corinthians 28 7 7 1 10 17 7 15
2 . Inter 31 9 4 2 11 22 11 15
1 . Cruzeiro 33 10 3 2 19 32 13 15
34%
51%
31%
29%
17%
12%
10%
3%
4%
3%
2%
1%
-
-
-
-