domingo, 20 de outubro de 2019

Brasileirão: principais artilheiros




Gabriel 19

Bruno Henrique 12

Gilberto Bahia  11

Arrascaeta 10





Flamengo 2 x 0 Fluminense


Gols: Bruno Henrique e Gerson


Público presente: 52.279
Público pagante: 47.496
Renda: R$ 2.565.378,25

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís (Renê, 24'/2ºT); Piris da Motta, Gerson (Willian Arão, 22'/2ºT) e Everton Ribeiro; Vitinho (Reinier, 16'/2ºT), Bruno Henrique e Gabigol.
Técnico: Jorge Jesus


sábado, 19 de outubro de 2019

Flamengo empata com o vasco no galinheiro de São Januário e é bicampeão do Torneio OPG

O Flamengo empatou com o Vasco neste sábado por 1 a 1, no galinheiro de  São Januário, e se sagrou campeão do Torneio OPG 2019. Os gols da partida foram marcados por Yuri Oliveira para o Rubro-Negro e Roger para o Cruz-Maltino. A equipe rubro-negra tinha a vantagem do empate por ter vencido o primeiro confronto por 2 a 1, na Gávea.












Filipe Luis, Arrascaeta e Rafinha devem estar à disposição para semifinal


NBB: 2 jogos, 2 vitórias




Brasília 81 x 86  Flamengo









Recuperado, Diego volta a ficar à disposição de Jesus no Flamengo menos de três meses após cirurgia

O prazo inicial era de quatro a cinco meses, mas Diego está de volta ao Flamengo em menos de 90 dias. O meia, que teve uma fratura com lesão ligamentar no tornozelo esquerdo em 24 de julho e passou por cirurgia no dia seguinte, foi liberado em definitivo pelo departamento médico nesta sexta-feira. Com isso, o camisa 10 rubro-negro já está à disposição de Jorge Jesus para o Fla-Flu deste domingo, às 18h (de Brasília), no Maracanã. Mas o treinador só vai decidir se irá relacioná-lo para o clássico no sábado.

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Flamengo 2 x 1 Fortaleza


Com  8 reservas...

Público/renda: 50.101 presentes / R$ 1.716.409,00


Gols: Bruno Melo 15' 2°T (1-0), Gabigol 37' 2°T (1-1) e Reinier 44' 2°T (1-2)

FLAMENGO: Diego Alves; João Lucas(Rodinei), Rodrigo Caio, Pablo Marí e Renê; Arão, Gerson (Vitor Gabriel - Intervalo) e Reinier; Lucas Silva (Piris da Motta 15' 1°T), Vitinho e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.








Copa do Mundo de 1958



Esta é a equipe de Brasil antes da Copa do Mundo de 1958. Eles estão esperando o embarque no trem na estação de Poços de Caldas. Da esquerda para a direita são Nilton Santos, Dino Sani, Gilmar, Bellini, Garrincha, (Moacir, Dida, Joel, Flamengo) Mazzola, (Zagallo Flamengo) e Pelé .



Flamengo investe pesado também fora de campo para se aproximar dos grandes clubes europeus



O sucesso do time aumentou proporcionalmente o assédio aos jogadores e, para controlar melhor o contato com os fãs e, principalmente, diminuir o desgaste do elenco com as longas e numerosas viagens, uma das medidas foi pagar por voos fretados. Na Libertadores, todos os trajetos foram em aviões exclusivos. No Brasileiro, em cerca de 50% dos jogos, com um aumento nesta reta final da competição.

A ida para Curitiba, onde venceu o Athletico-PR, foi assim. Da capital paranaense, o time foi direto para o Ceará, onde, nesta quarta-feira, enfrenta o Fortaleza. A viagem, por ser mais longa do que o normal, foi feita em um avião executivo de 50 lugares com bancos reclináveis, que oferecem maior conforto.

Nos voos fretados, os atletas podem ficar sozinhos nas fileiras, esticar as pernas com mais facilidade e fazer tratamento durante o tempo no avião. Para isso, em algumas das viagens o clube tem levado dois fisioterapeutas, dois médicos e fisiologista. Em alguns jogos, como o da Libertadores no Equador e contra o Grêmio, em Porto Alegre, até um cozinheiro foi junto com a delegação.


Além da expectativa de que estes cuidados possam surtir um efeito positivo na preparação e recuperação dos atletas, a aposta é de que esta estrutura seja mais um diferencial para o Flamengo quando negociar futuramente com grandes estrelas do futebol mundial.

No aeroporto do Rio de Janeiro, a delegação rubro-negra utiliza o mesmo esquema, por exemplo, das seleções que disputaram a Copa América e dos astros que participaram do Rock in Rio. Os jogadores embarcam e desembarcam pelo salão nobre da área administrativa, onde há máquinas de Raio-X exclusivas e um menor assédio, o que agiliza o processo.

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Flamengo quer manter Reinier até o Fla-Flu, e caso é entregue ao departamento jurídico


O departamento de futebol do Flamengo decidiu manter o jovem Reinier com a delegação que segue do Paraná para o Ceará. Ele deveria se apresentar nesta segunda-feira à seleção brasileira Sub-17, que disputa o Mundial da categoria no Brasil ainda este mês. Com diversos desfalques, o clube tenta barrar a ida do jogador. A CBF, a princípio, não pretende abrir mão do atleta. E o caso agora está nas mãos do departamento jurídico rubro-negro.

Reinier deveria se apresentar nesta segunda-feira à Seleção Sub-17. O Flamengo desde a convocação já tentava, através de diálogo com a CBF, a liberação do jogador. O clube conseguiu adiar a apresentação, mas a comissão técnica da Seleção Sub-17 não aceita perder o atleta para a competição.

O clube pretende ficar com Reinier pelo menos até o dia 20, após o Fla-Flu, e tentará uma liminar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para poder escalar sem riscos o atleta. A Seleção Sub-17 encerra sua preparação para o Mundial no dia 22, quando segue para Brasília para a estreia no dia 26, contra o Canadá.

Com diversos desfalques para a próxima partida - Rafinha, Filipe Luís, Arrascaeta, lesionados, além de Éverton Ribeiro e Bruno Henrique suspensos -, o Flamengo tenta a qualquer custo manter Reinier no grupo. Esse é um dos argumentos que serão utilizados no pedido de liminar ao STJD. A boa notícia para o jogo contra o Fortaleza é o retorno de Rodrigo Caio e Gabigol, que serviram à Seleção principal.

O tema é motivo de preocupação da CBF, não só pelo caso de Reinier. Recentemente, Vasco e Flamengo conseguiram no STJD a liberação de Talles Magno e Reinier em outra convocação. A entidade, por sua vez, tenta formalizar a obrigatoriedade de os jogadores se apresentarem às seleções de base.

CBF vai levar uma proposta para a próxima reunião do Conselho da Fifa, daqui a duas semanas, em Xangai, solicitando a inclusão no calendário da entidade internacional dos compromissos das seleções Sub-23, Sub-20 e Sub-17, o que tornaria obrigatória a liberação. Hoje, essa obrigação só vale para amistosos e torneios das seleções principais.




domingo, 13 de outubro de 2019

Athletico-PR 0 x 2 Flamengo


Gols: Bruno Henrique(2)

Flamengo: Diego Alves, Rafinha(João Lucas), Rhodolfo(Thuler), Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Vitinho; Lucas Silva(Piris da Mota) e Bruno Henrique.


Transmissão: TV Globo para RJ, SC, MG ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior, Ana Thais Matos e Sandro Meira Ricci).





sábado, 12 de outubro de 2019

Flamengo firma contrato com zagueiro de 16 anos da base e estipula multa em R$ 317 milhões


Diegão completou 16 anos em julho e foi titular no duelo do sub-17 deste sábado, contra o Vasco, que terminou em confusão e deu ao Fla a vaga na final da Taça Rio. Ele também tem passagens pelo sub-15 e sub-17 da seleção brasileira.

Capitão e cobrador oficial de pênaltis do time sub-16, Diegão conquistou três títulos internacionais apenas em 2019: Verona Soccer Cup, Puskás-Suzuki Cup e Dubai International Football Championship - nesse último, inclusive, foi eleito o melhor jogador do torneio. Pelo sub-17, o zagueiro conquistou o título do Brasileirão.

O Flamengo venceu o Minas por 93 a 85 na abertura da temporada 2019/2020 do Novo Basquete Brasil (NBB).


O próximo jogo do Flamengo será no dia 18, contra o Brasília, fora de casa.




Os maiores públicos do brasileirão








quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Flamengo 3 x 1 Atlético-MG


Gols: Willian Arão, 36'/1ºT (1-0), Nathan, 5'/2ºT (1-1), Vitinho, 15'/2ºT (2-1), Reinier, 30'/2ºT (3-1)

Público: 58.788 pagantes   (63.385 presentes) 
Renda: R$ 3.162.223,50

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rhodolfo, Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Reinier (Vinícius Souza, 45'/2ºT); Bruno Henrique e Vitinho (Lucas Silva, 38'/2ºT).
Técnico: Jorge Jesus.











Flamengo define continuidade da gestão do Maracanã por mais seis meses; Governo abre concorrência por 35 anos



O Flamengo entrou em acordo com o Governo do Estado do Rio de Janeiro e o presidente Rodolfo Landim assinará nesta sexta-feira o novo termo de permissão para gestão do estádio, que terá duração até abril de 2020. O Rubro-Negro é o permissionário oficial, mas o Fluminense segue como gestor em parceria.

A decisão foi tomada em paralelo a abertura do Plano de Manifestação de Interesse (PMI), homologado pelo Governo do Estado no último dia 25 de setembro. Com isso, qualquer interessado em assumir o Maracanã pelos próximos 35 anos tem 30 dia para se candidatar ao posto. Questões burocráticas ligadas ao processo aumentam as chances de o acordo com o Flamengo ser ampliado por mais 180 dias no ano que vem.

Explica-se: todo processo previsto para o PMI tem duração de 150 dias (candidatura, apresentação de projeto, validação do mesmo e avaliação). Passado este período, há ainda que ser feita uma licitação. É improvável que tudo seja definido antes de abril de 2020, o que naturalmente abriria a possibilidade de um novo termo de permissão temporária.

Nas tratativas para a renovação que será assinada nesta sexta, o Governo do Estado elogiou a gestão da dupla Fla-Flu e as melhorias apresentadas.

Nos últimos seis meses, o Maracanã pulou de 44% de efetividade da iluminação para 77%, ativou o sistema de energia solar, corrigiu defeitos dos telões, reduziu a conta de luz em 30%, entre outros avanços estruturais.

Permissionário desde o último mês de abril, o Flamengo é o único clube carioca habilitado a se candidatar no PMI. Para tal, a legislação exige que o órgão tenha todas as certidões negativas necessárias. A tendência é que o Rubro-Negro se inscreva para tentar gerir o Maracanã pelos próximos 35 anos.

Com toda previsão burocráticas até a conclusão de PMI e processo de licitação, não há chances de o projeto para retirada de cadeiras atrás dos gols e aumento de capacidade do estádio ser sequer discutido antes do fim de 2020.