Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Preparador projeta evolução gradual e prevê Flamengo intenso na Liberta


Daniel Gonçalves, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Bom nível de futebol em 2016, melhorias na estrutura e equipamentos do CT, manutenção da base e primeiros reforços anunciados. São esses alguns dos aspectos que fazem a torcida do Flamengo criar grande expectativa para a nova temporada. Após sete dias de trabalho com o grupo concentrado no Ninho do Urubu, o primeiro desafio de Zé Ricardo e todo o departamento médico é colocar os jogadores em alto nível de rendimento, tanto técnico quanto físico, visando a disputa das cinco competições programadas para 2017, em especial a Libertadores da América. 

O torneio internacional começa na próxima segunda-feira, mas o Flamengo, já classificado para a fase de grupos, estreia no dia 8 de março, contra o San Lorenzo pelo Grupo 4. Daniel Gonçalves, preparador físico do clube, foi enfático ao dizer que o tempo restante até o pontapé inicial é suficiente para que os atletas cheguem em alto nível de intensidade. 

- O Flamengo vai disputar cinco competições, podendo ser mais. O atleta está se desenvolvendo, queremos que seja gradativo, mas suficiente para que dispute com o DNA do Flamengo, com alta intensidade e competitividade, principalmente para a Libertadores (...) A nossa conta é que a cada dia de inatividade, o atleta precisa de três dias para ficar no ideal. Se são 30 dias, precisaria de 90, mas claro que isso é progressivo. Em março, o Flamengo terá nível de competitividade adequado para a competição – afirmou o preparador em coletiva de imprensa no Ninho. 

Entre as competências físicas, foco de Daniel na preparação do elenco, o trabalho gira em torno de atividades pontuais e individuais, fazendo uso dos aparatos tecnológicos do Centro de Excelência em Performance do CT. Sempre preocupado em evitar possíveis lesões por conta do desgaste, o preparador acredita no crescimento gradual e faz um elogio ao grupo que voltou recentemente das férias. 

Diego realiza trabalho no CT do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza) 
Diego realiza trabalho no CT do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza)
 
- Trabalhamos velocidade, força, resistência, saúde do atleta, composição corporal e qualidade do movimento. Fazemos rotina de avaliações, exceto de velocidade, porque temos que nos precaver quanto a lesões. Temos que ter preparo gradativo para que eles possam desempenhar bem durante a pré-temporada. Nosso padrão é não comentar individualmente sobre os jogadores, mas se apresentaram muito bem. Posso falar que nos 15 anos que trabalho com isso é a melhor equipe que já vi se apresentar após período de férias. 

Antes da estreia na Libertadores, o Flamengo tem o primeiro compromisso oficial na temporada no dia 28 de janeiro, contra o Boavista, pelo Campeonato Carioca. No calendário a equipe ainda tem o Campeonato Brasileiro, a Primeira Liga e a Copa do Brasil. 

Sem limite de gringos, Libertadores terá sorteio nas oitavas; veja mudanças


Troféu da Taça Libertadores erguido por várias mãos (Foto: AP/Dolores Ochoa)
A Conmebol divulgou na noite desta quinta-feira o regulamento da Taça Libertadores de 2017, a apenas quatro dias do início do torneio. Nesta edição da competição sul-americana, os confrontos das oitavas de final serão definidos em sorteio - antes, o primeiro na classificação geral enfrentava o 16º. Além disso, não há limitação para estrangeiros em cada equipe. 

Mesmo país na final
Outra novidade no regulamento é o fato de times do mesmo país poderem se enfrentar na final, caso o cruzamento não os coloque na mesma semifinal. Até o ano passado, caso estivessem em lados opostos na semi, as equipes eram obrigadas a se enfrentar. Só era possível uma decisão entre brasileiros, por exemplo, se três chegassem à fase anterior.

Critérios de desempate 
O ranking da Conmebol, agora, é o último critério de desempate na fase de grupos - antes, havia a possibilidade de sorteio caso todos os critérios estivessem empatados. O gol fora de casa segue valendo "dois" em caso de empate até a semifinal. Na decisão, em caso de igualdade após os 180 minutos, haverá prorrogação e pênaltis, caso ela persista.

Número de inscritos
Os times terão de inscrever 25 jogadores para as fases iniciais da Libertadores. Quem passar para o mata-mata, pode colocar mais cinco nomes na lista, sem precisar substituir quem já estava, totalizando 30 inscritos. Até 48h antes da semifinal, os classificados podem substituir até três atletas. Não serão permitidas alterações antes da decisão - goleiros lesionados são as únicas exceções em todas as fases.

Segurança
Por questões de segurança, seguem proibidos nos locais das partidas objetos pirotécnicos, como fogos de artifício, bombas de efeito sonoro e de fumaça e sinalizadores. O regulamento prevê "severas medidas disciplinares" caso torcida de algum clube descumpra as regras. Torcedores alcoolizados também não poderão entrar nos estádios. 

Sul-Americana
Os quatro times que forem eliminados na terceira fase (antes da fase de grupos) e tiverem a melhor performance até então, vão se classificar automaticamente para a segunda fase da Sul-Americana de 2017. Os terceiros colocados em cada chave também vão para a competição. 

Os brasileiros
Palmeiras, Santos, Flamengo, Atlético-MG, Botafogo, Atlético-PR, Chapecoense e Grêmio são os representantes brasileiros na Libertadores.


info da tabela da Libertadores (Foto: Editoria de Arte)

Vice cita oferta para ter surfe no Flamengo e planeja clube como potência olímpica


Vice-presidente de Esportes Olímpicos do Flamengo, Alexandre Póvoa esteve na sede do clube na Gávea, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira, para apresentar oficialmente o mais novo reforço do basquete rubro-negro, o americano Hakeem Rollins, que joga como pivô e passou as últimas três temporadas na Argentina. Após a coletiva, falou sobre outras situações relevantes envolvendo tanto o basquete quanto outros esportes. O dirigente revelou, por exemplo, que recebeu ofertas para que a equipe da Gávea tenha novas modalidades, como surfe e vôlei de praia. Com a estratégia de pensar primeiramente em desenvolver esportes já praticados por lá, como judô, ginástica artística, vôlei e natação, ele afirma que sua missão é transformar o Rubro-Negro em "maior potência olímpica do país".

- O Flamengo cresceu muito nos últimos anos no esporte olímpico, mas existe um dogma. Eu, que fui criado aqui dentro, vejo o clube como um só, uma marca com possibilidade de expansão enorme. Mas tem uma coisa que foi estabelecida em 2013: os vasos não são comunicantes. O social tem que se virar, o olímpico tem que se virar, e o futebol tem que se virar. E mesmo que sobre dinheiro de um lado, os vasos comunicantes não existem. Em um primeiro momento, sanamos dívidas. Depois, tornamos o esporte olímpico autossustentável com um com grande investimento, o basquete. Temos que dar o próximo passo, mas na hora de dar encontramos o país em crise. A intenção é fazer do Flamengo a maior potência olímpica do país. E a ideia não é abrir novas frentes agora: toda hora tem proposta aqui de abrir algum esporte. "Vamos abrir um esporte de luta". O surfe, que agora é olímpico, veio proposta de abrir outro dia. O vôlei de praia também, porque temos uma quadra de areia. Mas não vou abrir outras frentes porque eu quero esporte de alto nível. O próximo passo é fazer os outros esportes (ginástica artística, judô, natação etc) seguirem o basquete, mas o país precisa melhorar - explicou.

Alexandre Póvoa e Hakeem Rollins (Foto: Gabriel Fricke)Alexandre Póvoa, no centro, Marcelo Vido (diretor executivo de basquete), e o reforço Hakeem Rollins (Foto: Gabriel Fricke)

Alexandre Póvoa lembrou que, na parte de estrutura, alguns esportes já contam com ótimas condições. Mas para crescerem como o basquete precisam de patrocinadores.

- Ano passado jogamos a Superliga B, foi a primeira tentativa de voltar com o vôlei de alto nível. Tem esportes que vivem só de Lei de Incentivo. E o vôlei é um esporte mais caro que o basquete. Um time de vôlei, por exemplo, o Cruzeiro, que ganhou tudo nos últimos anos, tem o dobro do orçamento do basquete do Flamengo. O vôlei envolve mais dinheiro. Para o Flamengo entrar fazendo papel de Flamengo, precisaria de uma patrocínio grande. E além de estar muito difícil de conseguir patrocínio, há opiniões diferentes na diretoria sobre isso. Não vejo problema você subsidiar um esporte um ano para depois ele andar. Mas há opiniões diferentes, e elas geralmente são muito duras contra isso. Eu, por exemplo, só vejo sentido em continuar esse trabalho no Flamengo se for para ter um time de natação de bom nível, de judô de bom nível, de ginástica... Ginástica nós já temos no feminino, que é a base da seleção brasileira. A gente reformou o clube inteiro. Temos dojô de alto nível, ginásio de bom nível, piscina mista de alto nível - falou o vice.

Projeto Arena Multiuso Gávea Flamengo (Foto: Divulgação) 
Projeto da Arena Multiuso do Flamengo para 3,5 mil pessoas (Foto: Divulgação)
 
Especificamente sobre o basquete, Alexandre Póvoa comentou dois assuntos importantes. Primeiro, falou com relação à Arena Multiuso da Gávea. Depois de conseguir a licença final da Prefeitura do Rio de Janeiro em dezembro, a diretoria passou a trabalhar com um prazo mais concreto para ter pronta a sua casa própria. O vice acredita que isso vá acontecer até o fim de 2018. Para isso, ele prevê que as obras se iniciem até o meio do ano. No momento, a fase é de ajuste de questões comerciais com o McDonald's, empresa que vai investir na instalação esportiva um montante de R$ 30 milhões. Depois, tudo será passado para aprovação no Conselho Deliberativo.

- A Arena foi aprovada pela Prefeitura, então eu poderia começar a construir. Só tem uma exigência aí que, há 20 anos, tiraram um posto de gasolina, mas ficaram os tanques na parte debaixo. Isso é simples. Estamos em fase final de negociação, não em sentido de quererem ou não quererem. Eles querem. Só estamos fechando algumas coisas: eles querem 30 anos, queremos 20. É isso aí. São coisas normais... O valor, por exemplo, já mudou. Há quatro anos, eram R$ 20 milhões, agora serão R$ 30 milhões. Vamos levar isso ao Conselho quando acabar esse processo, provavelmente ao longo do primeiro trimestre. Sendo realista, esperamos começar até o meio do ano a obra. O  mais difícil foi cumprido: esses quatro anos peregrinando por órgãos públicos para uma obra 100% com dinheiro privado - comentou.

Flamengo campeão NBB8 comemoração (Foto: André Durão)Dirigente quer que outros esportes sigam os passos do basquete no Flamengo (Foto: André Durão)

Em segundo lugar, o vice de Esportes Olímpicos comentou sobre a reposição de um patrocinador master para o basquete. A empresa Sky deixou o Rubro-Negro em junho do ano passado. Não há previsão de fechar negócio, mas há conversas até para dividir patrocínios com o futebol.

- Perdemos um patrocinador importante e não é segredo que o momento é difícil em termos de patrocínio no país. Tivemos propostas pequenas que não achamos que tinha sentido em ocupar a camisa por tanto tempo. Preferimos trabalhar com a realidade de não ter patrocinador master porque isso só representa 1/3 do nosso orçamento. Nossos outros 2/3 são de Lei de Incentivo, de ICMS, do governo do Estado. Já temos a lei aprovada, e o dinheiro pronto para colocar certinho, só que o governo, com todos os problemas que está passando, posterga. Estamos tranquilos porque com esses 2/3 é o time que está aí. Infelizmente, esperávamos estar na Liga das Américas. Aí sim esse dinheiro faria falta. O Flamengo tem conseguido patrocínios interessantes no futebol, como a Carabao (marca de bebidas energéticas tailandesa que vai injetar um montante de quase R$ 190 milhões em seis anos). Estamos conversando com algumas empresas para patrocínios junto com o futebol, futebol e basquete. Não adiantaria ganhar um pouco mais para me aliviar um pouco e não ter custo-benefício tão bom - concluiu.

Diego, Jorge, Arão, Muralha... Flamengo tem 20 atletas que passaram por seleções





Confira a lista dos 20 "selecionáveis" do atual elenco:



 
Info JOGADORES DO Flamengo com passagens por selecoes 2 (Foto: infoesporte)



Vinicius Junior joga mal, perde dois gols incríveis e Flamengo perde para a merda do Corinthians, 2 x 1.


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Tite convoca Seleção para jogo contra a Colômbia

A imagem pode conter: 1 pessoa
O técnico Tite anunciou nesta quinta-feira a lista com os 23 jogadores convocados da Seleção para o amistoso contra a Colômbia, que será realizado no próximo 25 no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. 

Destaque para o Flamengo com 4 jogadores convocados.

Confira a lista de convocados:

Goleiros:
Weverton (Atlético-PR)
Danilo Fernandes (Internacional)
Muralha (Flamengo)

Laterais:
Fábio Santos (Atlético-MG)
Fagner (Corinthians)
Jorge (Flamengo)
Marcos Rocha (Atlético-MG)

Zagueiros:
Geromel (Grêmio)
Luan Garcia (Vasco)
Rodrigo Caio (São Paulo)
Victor Hugo (Palmeiras)

Meias:
Camilo (Botafogo)
Diego (Flamengo)
Gustavo Scarpa (Fluminense)
Henrique (Cruzeiro)
Lucas Lima (Santos)
Rodriguinho (Corinthians)
Wallace (Grêmio)
Willian Arão (Flamengo)

Atacantes:
Diego Souza (Sport)
Dudu (Palmeiras)
Luan (Grêmio)
Robinho (Atlético-MG)

Hakeem Rollins é apresentado na Gávea: "Estou entusiasmado com esse desafio"


Na manhã desta quinta-feira (19), o Flamengo apresentou seu último reforço para a temporada 2016-2017. Natural de Phoenix, o norte-americano Hakeem Rollins concedeu coletiva ao lado de Alexandre Póvoa e Marcelo Vido no auditório Rogério Steinberg, localizado na Gávea. Após o encerramento, o jogador bateu um papo exclusivo com o GRN.

Discreto, o pivô foi sincero e revelou seus objetivos:



"Estou entusiasmado com esse desafio e ansioso para ver como tudo funciona. Mas não é só isso. Quero treinar mais e entender melhor a Liga, afinal, é tudo novo, uma fase diferente. Minha meta é vencer o campeonato. Aliás, eu acho que todo atleta tem que pensar assim."

Rollins ressaltou a força rubro-negra em outros países e revelou conselhos de um velho conhecido da torcida:

"A reputação do clube fora do Brasil é algo, realmente, fantástico. Todo mundo conhece, comenta e sabe da existência. Já joguei com o Bruno Zanotti, que teve uma boa passagem pelo Flamengo, e ele me deu ótimas referências. Abordou profissionalismo, seriedade e tratamento. É muito legal poder fazer parte disso e eu pretendo corresponder em quadra."

No último questionamento, o camisa 2 falou sobre a estreia, que ocorrerá no sábado, contra o Franca, no TTC:



"Existe uma motivação e, também, um pouco de nervosismo. Costumo ficar assim antes dos jogos e, dessa vez, não tem como ser diferente... Mas vejo como um estímulo. Espero que tudo corra bem e que eu encontre o meu lugar no time. Quero jogar e fazer os torcedores felizes."

Flamengo calcula economia de R$ 12 milhões com 15 atletas emprestados

 
Confira abaixo a lista de 15 jogadores do Flamengo emprestados para a atual temporada:

Paulinho - Vitória
Léo - Atlético-PR Rafinha - Thai Ronda (Tailândia)
Muralha - Pohang (Coreia do Sul)
Luiz Antônio - Chapecoense
Trindade - Ceará
Douglas Baggio - Ceará
Cesar - Ferroviária
Jonas - Coritiba
Nixon - RB Brasil
Dumas - Global FC (Filipinas)
Daniel dos Anjos - Atletico-GO
Daniel - Maccabi Tel Aviv (Israel)
Gabriel Ramos - Cuiabá
Canteros - Vélez (Argentina)

CBF anuncia clubes do Brasileiro Feminino

Torneio terá duas divisões. A Série A1 conta com a participação de 16 equipes. O torneio começa em março e é disputado até agosto. Flamengo é o atual campeão

O sorteio dos grupos da Primeira Fase do torneio será realizado na próxima segunda-feira, 23, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Veja abaixo a relação dos times que vão integrar a primeira divisão.


Flamengo (RJ)
Audax (SP)
São José (SP)
Vitória de Santo Antão (PE)
São Francisco (BA)
Foz Cataratas (PR)
Ferroviária (SP)
Iranduba (AM)
Rio Preto (SP)
Kindermann (SC)
Santos (SP)
Corinthians (SP)
Ponte Preta (SP)
Grêmio (RS)
Sport (PE)
Vitória (BA)

Flamengo ameaça recorrer à Justiça por Liga das Américas: "É uma ofensa"


O Flamengo não desistiu da Liga das Américas. Fora da competição após a suspensão da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) pela Federação Internacional de Basquete (Fiba), o Rubro-negro aproveitou a apresentação do americano Hakeem Rollins para anunciar que, caso não seja incluído no torneio, que começa nesta sexta-feira, dia 20, irá recorrer judicialmente e buscar todos os prejuízos causados. Além dos cariocas, o Mogi das Cruzes e o Bauru também estão fora da disputa pelo mesmo motivo. Quem garantiu a estratégia foi Alexandre Póvoa, vice-presidente de esportes olímpicos do Flamengo.

- Os clubes estão sendo punidos pela irresponsabilidade deles (CBB). Estávamos tentando um acordo, mas estão nos enrolando. Amanhã começa a Liga das Américas. É uma promessa deles de conseguirmos alguma coisa ter um grupo de brasileiros ou algo do tipo lá na frente, mas não estou acreditando nessa história. A grande decepção é a Fiba Américas. O Flamengo catapultou essa instituição. Parece uma coisa estranha. Não houve nenhuma ajuda. Soltaram a tabela sem os clubes brasileiros. A LNB deve soltar uma nota hoje. Vamos soltar uma amanhã explicando tudo. Se não participarmos, vamos recorrer judicialmente e processar todas as entidades que nos deixaram fora por causa dos prejuízos financeiros e esportivos por conta disso - disse Póvoa.

Alexandre Póvoa  (Foto: Gabriel Fricke)Alexandre Póvoa durante coletiva de imprensa do Flamengo (Foto: Gabriel Fricke)

O dirigente já havia cogitado ir à Justiça na última semana, mas esperava por uma definição amigável entre a Liga Nacional de Basquete (LNB) e a Fiba ou Fiba Américas, o que não aconteceu. Póvoa não se diz contra a suspensão da CBB, mas não aceita que os clubes paguem por serem filiados à entidade, uma obrigação formal e estatutária, já que a CBB não gere o Novo Basquete Brasil.

-  As razões da suspensão da CBB são públicas, notórias e conhecidas e só mostram como o sistema de confederações hoje impede o esporte de andar. Isso em todos os esportes, e o basquete é só um exemplo. Nada contra a suspensão da CBB, mas tudo contra o fato. A LNB é um oásis no esporte brasileiro. A relação com a CBB é formal e tem que ter: jogar campeonatos internacionais e chamar jogadores para a seleção. No dia a dia, o contato é zero. De repente você tem o corpo do basquete brasileiro, que é a CBB e a LNB. A LNB só faz os clubes crescerem, tem parceria com a NBA e, por causa deles, o basquete tentará ser o segundo esporte brasileiro em alguns anos. Eles dizem querer o bem do basquete brasileiro, mas vão acabar com a parte boa desse corpo? - frisou o dirigente.

Por fim, Póvoa citou que o Flamengo foi campeão do mundo e sediou edições do Final Four da Liga das Américas, ajudando a Fiba a catapultar a competição no país. Agora, o Rubro-negro se sente traído.

- Eles sabem o trabalho que é feito aqui. Nas últimas Ligas das Américas, o Flamengo esteve em final fours, sediamos uma final de Mundial lotado aqui. Não estou nem falando do tetra do NBB, porque isso não importa para a Fiba. Fomos o primeiro time da América Latina a participar da pré-temporada da NBA. O Flamengo foi o que mais contribuiu para a Fiba Américas crescer. Por causa de um problema com a CBB, você é alijado da disputa em quadra? Fora a questão fora de quadra, o trabalho no administrativo, financeiro. Voltamos a ser um clube cidadão. E aí somos punidos porque outra entidade faz o contrário do que fazemos. É uma ofensa o que está acontecendo. Tentamos uma estratégia na Fiba sem sucesso. Não sei se há um objetivo por trás ou se ligas independentes incomodam. Real Madrid, Barcelona, na Europa, são separados da Fiba Europa.

Campeonato Sul-Americano sub-20

Com gol de Felipe Vizeu,do Flamengo,  seleção sub-20 estreia com vitória no Sul-Americano!


 Sem dar show, mas sem sofrer grandes sustos, a seleção sub-20 jogou o suficiente para estrear com vitória no Sul-Americano da categoria. Com um solitário gol do flamenguista Felipe Vizeu no início do segundo tempo, o Brasil usou a vantagem numérica (Vargas foi expulso logo após a volta do intervalo) e venceu o anfitrião Equador por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, em Riobamba. Início promissor para o maior vencedor do torneio buscar um título que não vem desde 2011, com a geração de Neymar.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Corinthians humilha vasco no torneio da Flórida

Corinthians 4 x 1 vasco eliminado

 O primeiro jogo do Corinthians em 2017 foi com goleada e estreia em grande estilo do atacante Kazim. O turco entrou no segundo tempo e ajudou a construir a goleada por 4 a 1 sobre o vasco, em Orlando, pela semifinal do Torneio da Flórida. Reforço para esta temporada, ele fez um gol e deu passe para outro, de Marquinhos Gabriel. Antes, Camacho e Marlone marcaram para o Timão. Eder Luis diminuiu para o vasco sanitário. 

 - O vasco entrou de férias 27/11/2016, Flamengo, corinthians etc , entraram 11/12/2016.







                                                                                                            Todo mundo sacaneia esses merdas

Botafogo eliminado para Batatais na Copa SP de Futebol Júnior

Conhecido como o Fantasma da Mogiana, o Batatais não tem um histórico de causar medo nos adversários. Mas na noite desta quarta-feira, o monstro que espantou o Botafogo teve outro nome: Gerson. Ainda às voltas com um drama pessoal, o goleiro brilhou com três defesas nas cobranças de pênalti que deram a classificação à equipe paulista com vitória por 3 a 2 após empate sem gols no tempo normal.

Flamengo insiste por Berrío e envia nova proposta por atacante colombiano



Berrío Atlético Nacional (Foto: Toru Yamanaka / AFP)

O Flamengo não desistiu de Orlando Berrío. O "não" do Nacional de Medellín deixou claro que a chegada do jogador vai exigir paciência do clube carioca - e um pouco mais de grana. A diretoria do Rubro-Negro enviou mais uma proposta, com um aumento ligeiro do valor, para seguir a negociação pelo atacante de 25 anos. A decisão sobre a saída ou não do atacante está novamente nas mãos da equipe colombiana. O Rubro-Negro aguarda.

O Flamengo já contratou Trauco, Conca e Romulo, apresentado nesta segunda-feira, mas ainda está atrás de um atacante de lado de campo. Aos 25 anos, Berrío tem convocações para a seleção de seu país e está valorizado no mercado sul-americano. Por sinal, Berrío ficou de fora do amistoso com o Brasil, no dia 25, somente com atletas que atuam na Colômbia. Nos bastidores, foi sinal de desaprovação da diretoria do Atlético Nacional com o desejo do atacante de deixar o futebol colombiano. E foi encarado também como mais um fator da queda de braço nesta negociação. 

Recentemente, o Grêmio também sondou o atacante. No mercado, fala-se que os colombianos têm intenção de negociá-lo para o futebol europeu, conseguindo ofertas de US$ 5 milhões. Com pouco caixa neste começo de ano, o Flamengo enfrenta dificuldades para alcançar esse valor. O Nacional dificilmente abrirá mão da pedida.

Ciente da vontade do jogador e do interesse do Fla, a diretoria do clube colombiano vai analisar nova proposta dos brasileiros. Recentemente, o meia Guerra foi vendido por R$ 10 milhões, em negociação que se arrastou por quase dois meses.

O Flamengo tem outros nomes em pauta. Um deles é Eduardo Vargas, que não está nos planos de seu atual time, o Hoffenheim. O vice-presidente de futebol do Flamengo, Flavio Godinho, disse à imprensa chilena que já fez proposta pelo chileno. O Rubro-Negro quer contar com Vargas por empréstimo, mas esbarra nos planos da equipe alemão de venda e com a concorrência chinesa. 

Concessionária reassume o Maracanã, mas recorre à Justiça


A concessionária que administra o Maracanã reassumiu, na tarde desta quarta-feira, a administração do estádio e do Maracanãzinho em função da liminar obtida pelo Governo do Rio de Janeiro que o obriga a empresa a retomar a concessão do Maracanã.

Em nota, a concessionária informou que já restabeleceu o contrato com a empresa responsável pela segurança do estádio e solicitou o aumento no efeito no local. A concessionária também prometeu restabelecer os contratos com as empresas prestadoras se serviços, como as responsáveis pelas manutenções do gramado e da limpeza do Maracanã.

Às vésperas do início do Campeonato Carioca, o Maracanã sofre com furtos e depredação. Antes da liminar, a Odebrecht se recusou a receber de volta a gestão do imóvel após cedê-lo ao Comitê Rio 2016 por conta das condições em que foi devolvido. Iniciou-se então uma briga jurídica, e a Justiça deu uma liminar obrigando a empreiteira a reassumir o complexo, mas a empresa já entrou com recurso para tentar derrubar a decisão.

Maracanã gramado 12/01/2017 (Foto: Reuters) 
Concessionária informou que irá restabelecer o contrato com a empresa que cuida do gramado (Foto: Reuters)

Confira a nota na íntegra
 
A Concessionária que administra o Complexo do Maracanã informa que retomou na tarde desta quarta-feira (17/01) a administração do estádio e do ginásio do Maracanãzinho em função do recebimento da liminar obtida pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro que obriga a empresa a reassumir a concessão do Maracanã.

Como responsável provisório pelo complexo, a empresa já restabeleceu o contrato com a empresa responsável pela segurança, inclusive solicitando o aumento do efetivo do Maracanã e Maracanãzinho. O mesmo procedimento será feito com outros prestadores de serviço, como as empresas responsáveis pela manutenção do gramado e limpeza.

A empresa, entretanto, vai recorrer da decisão porque entende que o cumprimento Termo de Autorização de Uso (documento que disciplinou o uso do estádio e do ginásio pelo Comitê Rio 2016 durante os Jogos Olímpicos) é necessário para que seja preservado o bem público e, principalmente, a segurança dos usuários.

- Seria uma verdadeira irresponsabilidade da concessionária reassumir a gestão do Complexo Maracanã, para que as suas atividades voltem à normalidade, colocando em risco o objeto da concessão e, muito mais preocupante, os seus usuários - diz o recurso da concessionária.

De acordo com o contrato firmado entre Casa Civil e Comitê, o Maracanã e o Maracanãzinho só deveriam sair da responsabilidade da Rio  2016 depois de feitos todos os reparos. O próprio Comitê Rio 2016 admite que deixou várias pendências nas instalações.

Entre as pendências apontadas pela vistoria da concessionária estão: a falta de um laudo que ateste que a cobertura não tenha sofrido danos mesmo após uma carga de 189 toneladas usada pela Rio 2016, quando o Manuel de Uso da construção prevê limite de 81 toneladas; falta de cadeiras nas arquibancadas, recolocação de catracas eletrônicas, publicidade do Comitê espalhada por todo o estádio, fechaduras quebradas e laudo que ateste que o sistema de drenagem do gramado não foi afetado pelas intervenções feiras pelo comitê para a cerimônia de encerramento da paraolimpíada.

- Outro significativo exemplo, foi instalada uma nova estrutura de cerca de nove toneladas na cobertura do Maracanãzinho para instalação de um placar, sem que tenham sido fornecidas mínimas informações sobre a intervenção realizada e sobre os riscos que podem ser causados à estrutura do aparelho esportivo - diz o recurso.

 
Maracanã gramado 12/01/2017 (Foto: Reuters) 
Foto aérea do Maracanã do dia 12 de janeiro (Foto: Reuters)

Vila Nova x Flamengo: jogo amistoso já soma sete mil ingressos vendidos


Vila anuncia amistoso com Flamengo em Goiânia (Foto: Divulgação/Vila Nova)

Sete mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada para o amistoso entre Vila Nova e Flamengo, sábado, às 18h45, em Goiânia. O número foi informado pela empresa responsável pela comercialização dos bilhetes. A capacidade máxima do estádio Serra Dourada é de 40 mil torcedores. A organização do evento acredita que o duelo terá pelo menos 30 mil pagantes.

- Fechamos o dia de hoje (quarta-feira) com sete mil ingressos vendidos. É um número animador. Já trabalhamos com esse tipo de evento em Goiânia há algum tempo, e nem jogos da seleção brasileira tiveram uma venda antecipada tão expressiva - disse Leandro Brito, da MeuBilhete.com.

Os ingressos custam R$ 60 na arquibancada e R$ 100 nas cadeiras, com meia-entrada garantida a estudantes e a quem doar 1kg de alimento não perecível, ou seja, R$ 30 e R$ 50, respectivamente.

Os postos de venda são o estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, sede do Vila Nova, a loja Super Bolla e as lojas Flávio´s. Também haverá venda online. Será o último amistoso das duas equipes antes da estreia de cada uma em seus respectivos Estaduais.

Roni e presidente do Vila exaltam amistoso "histórico" com Flamengo

Vila Nova x Flamengo
 
Data: 21/01 (sábado)
Horário: 18h45 (de Brasília)
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia

Ingressos:
- Arquibancada: R$ 60 (meia R$ 30)
- Cadeira: R$ 100 (meia R$ 50)
*Meia-entrada para estudantes e para quem doar 1kg de alimento não perecível, exceto sal e fubá, no dia do jogo. 

Venda
- Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga a partir deste sábado, às 10h, e de segunda (16) a sexta (20) em horário comercial.
- Loja Super Bolla a partir deste sábado, às 10h, e de segunda (16) a sexta (20) em horário comercial.
- Lojas Flávio´s a partir deste sábado, às 10h, e de segunda (16) a sexta (20) em horário comercial.
- MeuBilhete.com
* No dia do jogo a venda antecipada será feita até 12h.

Flamengo bate o Goiás e vai enfrentar o São Paulo na semifinal do sub-15

O Flamengo conquistou na noite desta quarta-feira sua classificação para a fase semifinal da Copa Brasil de Futebol Infantil ao bater o Goiás por 2 a 1, em duelo disputado no estádio Domenico Paolo Metidieri, em Votorantim, no interior paulista.

Flamengo x Goiás, semifinal, Copa Brasil Infantil, sub-15, Votorantim (Foto: Marcos Ferreira / Secom Votorantim)Flamengo e Goiás fizeram uma semifinal movimentada e de bom nível técnico (Foto: Marcos Ferreira / Secom Votorantim)
 
Com o resultado, o Rubro-Negro vai enfrentar o pentacampeão São Paulo em busca de uma vaga na grande decisão da 22ª edição da principal competição da categoria sub-15 do país. Campeão em 2015, o Flamengo busca seu segundo título no torneio. Para chegar ao triunfo, o time carioca contou com o talento e a inspiração do atacante Vitor Hugo, autor dos dois gols do time, um deles um golaço. O Goiás se despede da competição.

O Flamengo volta a campo na próxima sexta-feira, às 20h, novamente no estádio Domenico Paolo Metidieri, para enfrentar o São Paulo em busca de uma vaga na grande decisão da Copa Brasil de Futebol Infantil. A decisão está marcada para o próximo domingo, às 9h30.

O jogo
A partida foi bastante movimentada e o Goiás começou melhor, assustando o Flamengo em pelo menos duas oportunidades logo no início. Mas aos 11 minutos, o nome do jogo começou a dar as caras: Vitor Hugo recebeu na esquerda, invadiu a área e bateu colocado para abrir o placar. Aos 18, o empate do Goiás veio num pênalti sofrido por Batata e convertido por Victor Hugo, xará do flamenguista.

Na segunda etapa, o Vitor Hugo do Flamengo quase desempatou no minuto inicial, mas aos 5 ele não teve dó: num golaço, o destaque da noite recebeu cruzamento na área e pegou de primeira, no ângulo do goleiro Lucas. O Goiás ainda tentou uma reação, mas de forma desordenada e no desespero, o que facilitou a marcação do Flamengo, que garantiu a vitória e a vaga na semi.

LNB prepara dossiê para levar ao STJD sobre lance entre Tyrone e Marcelinho


A polêmica entre Marcelinho e Tyrone terá novos capítulos. Na partida entre Flamengo e Mogi, na noite de terça, o americano fez uma entrada dura no jogador rubro-negro. A arbitragem do jogo nada fez. O Departamento Técnico da Liga Nacional de Basquete, porém, está preparando um dossiê com a edição dos vídeos, relatório de árbitro e outros documentos necessários para encaminhar para o presidente da Comissão Disciplinar. Na sequência, o dossiê será enviado para o procurador do STJD.   

A vitória do Fla sobre o Mogi ficou marcada por uma confusão no início do terceiro quarto após um lance envolvendo Marcelinho e Tyrone. Na jogada, o ala-pivô do Mogi acaba pisando sobre o tornozelo esquerdo do jogador do Fla, que tentava um arremesso de dois pontos. Logo após a partida, Marcelinho acusou o americano de ter sido desleal (veja como foi o lance no vídeo acima). Ainda que o árbitro da partida não perceba algum lance desleal na partida, o Departamento Técnico da LNB pode encaminhar o caso para a Procuradoria. Caso seja necessário, o caso vai a julgamento, como está previsto no artigo 412 do regulamento da competição. Antes, em uma partida entre Liga Sorocabana e Caxias, um lance com Jefferson Sobral percorreu o mesmo caminho.

“Qualquer atitude antidesportiva ou que seja considerada inadequada praticada por atletas, técnicos ou qualquer profissional identificado, relacionado ou não para a partida estará sujeita a remessa à procuradoria, que avaliará se é caso de julgamento ou não pela Comissão Disciplinar, mesmo que a má conduta seja identificada apenas posteriormente através de vídeo”, diz o artigo.

Logo após a partida, Marcelinho acusou o americano de ter sido desleal.

Marcelinho confusão Tyrone Flamengo Mogi (Foto: Reprodução) 
Lance aconteceu no terceiro quarto da partida entre Mogi e Flamengo nesta terça-feira (Foto: Reprodução)

– Ele [Tyrone] é sujo. Ele bota o pé embaixo, dá voadora, bate joelho com joelho. Isso todo mundo já sabe. Mas eu não posso garantir a minha segurança. Alguém tem de garantir. Eu estou aqui para jogar basquete. Eu jogo basquete há mais de 30 anos, na bola. Agora, se o cara entra para fazer isso e passa em branco e ainda passam a mão na cabeça dele... Ainda falam que eu abri a perna no arremesso... Aí, realmente, eu não sei o que fazer para jogar.  O Tyrone foi desleal naquele lance, foi desleal no playoff do ano passado. Então se tem um histórico, todo mundo tem de saber quem é. E não é assim que funciona – disse Marcelinho.

O americano, por sua vez, rebateu.

– Eu jogo duro. Não faço jogo sujo. Não brigo ou dou soco durante o jogo. Isso se chama basquete. É um jogo de contato. Quem não quer isso faz outro esporte ou se aposenta. Jogo esse esporte há 20 anos e nunca vi ninguém chorar tanto de contato – disse Tyrone, por meio da assessoria de imprensa do Mogi.

Leia mais: Com tranquilidade, Flamengo vence o Mogi fora de casa em jogo com polêmica

A jogada aconteceu logo depois do intervalo, quando Marcelinho tentava o arremesso de dois pontos e é atingido no tornozelo esquerdo por Tyrone. O lance gerou confusão e interrompeu o jogo por alguns minutos. O fisioterapeuta do Flamengo e irmão de Marcelinho, Ricardo Machado, se revoltou, teve de ser contido pelos companheiros de comissão técnica e foi desqualificado. A arbitragem não deu falta de Tyrone e assinalou duas faltas técnicas contra a equipe carioca, uma sobre Marcelinho e outra sobre o banco de reservas.

 Duda Machado também critica Tyrone

Duda Machado instagram MArcelinho Tyrone (Foto: Reprodução/Instagram)Quem também entrou na polêmica foi o outro irmão de Marcelinho, o ala-armador Duda Machado, do Basquete Cearense. Em sua conta em uma rede social, ele criticou Tyrone.

– Quantas vezes vamos ver esse tipo de atitude do mesmo “atleta”?! Quantas vezes vamos ver jogadores profissionais e de caráter se machucarem por causa de pessoas assim?! Absurdo mais uma vez a mesma coisa se repetindo e de que adianta a gente falar se quem tem que fazer alguma coisa não faz nada! – escreveu Duda.

Duda Machado ainda disse que, há dois anos, teve de passar por duas cirurgias no punho esquerdo por causa de Tyrone. Ele ainda lembrou incidentes anteriores do americano do Mogi com o armador Davi Rossetto, do Basquete Cearense, e o ala-pivô Guilherme Giovannoni, do Brasília. Ele termina o texto pedindo que “alguma coisa seja feita” para que os “atletas de verdade” tenham segurança para realizar seus trabalhos. Duda recebeu o apoio de Ricardo Fischer, do Flamengo, nas redes sociais.
- Assino embaixo, Duda.

VEJA A TABELA E A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO NBB 2016/2017



 Duda Machado se manifestou sobre o fato por meio das redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

Corinthians x Flamengo terá cobrança de ingressos nesta quinta; veja preços


Arena Barueri com público pequeno para Oeste x Vasco (Foto: Cahê Mota)
A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta quarta-feira os detalhes da venda de ingressos para a partida entre Corinthians e Flamengo, marcada para quinta, às 19h30, na Arena Barueri, pelas quartas de final da Copa São Paulo. 

Por medida de segurança em virtude da grande procura por parte de alvinegros e rubro-negros, a entidade decidiu cobrar pelas entradas. Mesmo assim, um dos setores terá torcida mista. O preço é de R$ 40.

Veja os preços dos ingressos para a partida: 

Setor A e A1: torcida mista (40 reais)
Setor B: exclusivo da torcida do Corinthians (20 reais)
Setor C: exclusivo do programa Fiel Torcedor do Corinthians (30 reais)
Setor D e D1: exclusivo da torcida do Flamengo (20 reais)

Postos de venda: 

Bilheterias exclusivas para a torcida do Corinthians
Parque São Jorge: das 10h às 17h
Arena Barueri: das 10h às 17h

Bilheteria exclusiva para a torcida do Flamengo

Estádio do Pacaembu nas bilheterias do Tobogã-Lado Par: 10h às 17h

 

Vendas pela internet através do site www.bilheteriadigital.com.br (setores A, B e D) e www.fieltorcedor.com.br (setor C) 

Central Surf
1) Shopping Metro Itaquera
Av. Jose Pinheiros Borges s/n
Tel: 11 2026-2868
itaquera@centralsurf.com.br

2) Shopping Penha
Rua Dr. João Ribeiro, 304
Tel: 11 2092-8480
penha@centralsurf.com.br

3) Metro Tatuapé
Av. Radial Leste s/n
Tel: 11 2092-9635
tatuape@centralsurf.com

4) Shopping Center Norte
Travessa Casalbuono
Tel: 11 2252-2833
cnorte@centralsurf.com.br

5) Shopping Santana Parque
Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2780
Tel: 11 2208-8888
santana@centralsurf.com.br

6) Shopping Interlagos
Av. Interlagos, 2255
Tel: 11 5671-4141
interlagos@centralsurf.com.br

7) Shopping International Guarulhos
Rod. Presidente Dutra Pista Lateral s/n
Tel: 11 2425-1010
guarulhos@centralsurf.com.br

8) Tietê Plaza Shopping
Av. Raimundo Pereira de Magalhães, 1465
Tel: 11 3642-1739
tiete@centralsurf.com.br

9) Barão de Itapetininga
Tel: 3256-8099
barao@centralsurf.com.br

10) Shopping D
Av. Cruzeiro do Sul, 1100
Tel: 11 3228-4444
shoppingd@centralsurf.com.br

11) Outlet Voluntários
Rua Voluntario da Patria, 1336
Tel: 11 2223-4158

Pontos Avulsos
12) Conten 1g Shopping West Plaza
Bloco A, Pavto 1, Quiosque Q1 AO3
Av. Francisco Matarazzo, s/n, Água Branca
Tel: 11 36774268

13) Binho Shop ( loja de surf e skate)
Rua Dr. Ramos de Azevedo 47, Centro – Guarulhos
Tel: 11 29375184

14) Red Surf Campinas
R. Jacy Teixeira de Camargo, 940, Jardim do Lago – Campinas
Campinas Shopping
Tel: 19 32298053

15) Always Surf Atibaia
R. Tome Franco, 274,  Centro – Atibaia
Tel: 11 44121810

16) Always Surf Bragança
R. Cel. Teófilo Leme, 65, Bragança Paulista
Tel: 11 40333160

17) 360 Surf House
R. Rangel Pestana, 66, Itatiba, SP
Tel: 11 45244867

18) Mega Loja Parque São Jorge
Rua São Jorge, 777
Tel: 11 20970000 / 11 996893858 Nelsinho

19) Fujji Turismo
Rua Escandinávia, 23, Centro – Guarulhos
Tel: 11 24419272

Lucas Paquetá cresce, Conca seca: Flamengo trata dupla na maca e na alimentação

A serviço da seleção brasileira sub-20 para a disputa do Sul-Americano no Equador, Lucas Paquetá é o camisa 10 do técnico Rogério Micale e vive a esperança de um ano com a bola no pé também no Flamengo. Vai depender de Zé Ricardo. Mas fora de campo, o clube faz dieta minuciosa para o jogador crescer: foram seis quilos - dois deles de massa muscular - ganhos no ano passado. 

A dieta é mais ou menos o contrário do que um famoso concorrente tem nessa pré-temporada do Flamengo. Conca, atração rubro-negra, chamou a atenção na chegada ao Rio pela camisa larga que vestia - que denotava o peso acima do habitual no atleta. Ainda em fase inicial de atividades de fisioterapia, o argentino também tem tratamento especial do Rubro-Negro. 

montagem-lucas-paqueta (Foto: editoria de arte)As várias fases de Paquetá: jogador segue ganhando massa muscular para jogar no Flamengo (Foto: editoria de arte)
 
Prejudicado pelo longo período de inatividade - o argentino não entra em campo desde agosto de 2016 -, Conca passa, num primeiro momento, por um processo de readequação alimentar. Com o auxílio dos profissionais do Centro de Excelência em Perfomance do Flamengo, o meia de 33 anos usa também suplemento rico em ômega-3, gordura que, entre outros benefícios, tem ação anti-inflamatória.

Se Conca precisa perder peso - em meio ao tratamento da cirurgia no joelho -, Paquetá vive segundo processo de crescimento e amadurecimento muscular no Flamengo. Em 2016, aos 19 anos, ele passou a trabalhar de vez com o elenco profissional. Ficou mais forte para suportar marcação dura e evitar lesões simples.

Darío Conca desembarca no Rio para defender o Flamengo (Foto: Alexandre Durão)Darío Conca desembarca no Rio para defender o Flamengo (Foto: Alexandre Durão)


- O futebol é um jogo muito truncado, que exige muito da força física. Sou um jogador que gosta de organizar o jogo, criar jogadas e também chego para finalizar.  Com o trabalho de musculação e alimentação que o Flamengo fez pra mim, me sinto com mais força física, fazendo com que consiga disputar divididas em condições iguais com os adversários. Esse é um ponto que estou sempre buscando para evoluir cada vez mais - disse Paquetá, que nesta quarta-feira estreia com a Seleção no Sul-Americano contra o Equador, às 22h15 (de Brasília). 

O retorno de Conca, que está emprestado pelo Shanghai SIPG até dezembro deste ano, ainda está distante. O Flamengo não faz previsão. O chefe do departamento médico Márcio Tannure mostrou animação com os primeiros trabalhos de fisioterapia com o jogador.

- Ele é um atleta superprofissional. A gente espera que possa encurtar o tempo para a recuperação dele, sabendo que ele vem de uma lesão que não é simples, que requer um tempo de tratamento, de recondicionamento. Não é simplesmente tratar a lesão e preparar para voltar. São duas fases distintas, mas a gente espera que isso aconteça o mais breve possível - afirmou.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Flamengo domina jogo, vence e acaba com invencibilidade do Mogi em casa

Depois de 19 vitórias seguidas em casa, a invencibilidade do Mogi das Cruzes no ginásio Hugo Ramos chegou ao fim. E o responsável por quebrar essa escrita foi justamente o time que havia vencido o Mogi no Hugão pela última vez, em maio de 2016: o Flamengo. Na noite desta terça-feira, o Rubro-Negro foi superior desde o primeiro quarto, dominou a partida, que chegou a ter uma pequena confusão em quadra no terceiro período, e venceu sem sustos por 83 a 57, recuperando-se da derrota para o Brasília, na última rodada do NBB.

Os cestinhas do jogo foram Olivinha, do Flamengo, e Shamell, do Mogi, ambos com 22 pontos. O ala-pivô do Fla, aliás, ainda anotou um duplo-duplo ao pegar 12 rebotes.

O Flamengo se mantém na liderança do NBB, agora com 12 vitórias em 14 jogos e um aproveitamento de 85,7%. Já o Mogi, que sofreu sua quinta derrota em 12 partidas, continua na quarta posição, mas agora com 58,3% de aproveitamento, um pouco mais que Paulistano, Pinheiros e Bauru, que vêm logo atrás com 57,1%.

O Mogi volta à quadra pelo NBB na próxima quinta-feira, às 20h, quando enfrenta o Macaé, novamente no Hugão. O Flamengo joga apenas no sábado, às 14h, contra o Franca, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.

+ CONFIRA A TABELA COMPLETA DO NBB 2016/2017

Mogi x Flamengo - NBB basquete (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)Equipes fizeram duelo quente, mas desigual na noite desta terça-feira, em Mogi (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)


O jogo
O Flamengo dominou o começo da partida. Em pouco mais de dois minutos, o Rubro-Negro abriu 7 a 0, e Guerrinha logo pediu tempo. Apesar disso, o Mogi seguiu tendo muitas dificuldades para pontuar, enquanto os visitantes iam bem no ataque e chegaram a fazer 12 a 0. O time mogiano só converteu seu primeiro arremesso somente depois de quatro minutos, com Shamell. A tensão inicial, que já podia ser vista também na torcida do Mogi, aos poucos foi passando, mas os donos da casa seguiram com um aproveitamento ruim no ataque. Dessa forma, o Flamengo se manteve no controle do duelo e venceu o primeiro quarto por 20 a 12.

Mogi x Flamengo - NBB basquete (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor) 
Nos primeiros minutos da partida, Flamengo já foi superior ao Mogi e abriu vantagem (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)

Na volta para o segundo quarto, o Flamengo cometia alguns erros, mas ainda assim continuou melhor que o Mogi, que seguia com um aproveitamento muito baixo nos arremessos (apenas 25,6% no período, contra 54,5% da equipe carioca). O Rubro-Negro fez 9 a 2 nos quatro primeiros minutos e abriu 29 a 14. Com isso, Guerrinha novamente parou o jogo. O cenário da partida, porém, não mudou muito. Embora não tivesse um ótimo desempenho ofensivo, o Fla segurou a grande diferença que tinha no placar e foi para o intervalo com uma boa gordura para queimar: 38 a 23.

Mogi x Flamengo - NBB basquete (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)
O terceiro período começou muito quente. Com cerca de dois minutos o jogo foi paralisado devido a uma confusão na quadra do Hugo Ramos. A comissão técnica do Flamengo reclamou muito de um lance envolvendo Marcelinho e Tyrone. Ricardo Machado, fisioterapeuta do Fla, teve um ataque de fúria e foi desqualificado. Na sequência, a arbitragem ainda marcou falta técnica contra Marcelinho e contra o banco de reservas rubro-negro.

Com a bola em jogo, o Flamengo continuou melhor e não deu chances de reação ao Mogi. Com grande atuação de Olivinha, autor de 13 pontos somente no terceiro período, os comandados de José Neto abriram 52 a 31 no placar restando 3:25, e Guerrinha parou o jogo. Não adiantou. O Fla mais uma vez limitou os mogianos a poucos pontos, venceu o quarto por 23 a 14 e foi para os últimos dez minutos com uma ótima margem no placar: 61 a 37.

Com o jogo praticamente definido devido à grande diferença na pontuação, o quarto período foi equilibrado. Consequentemente, o Flamengo não teve dificuldades para se manter no controle do duelo. Embora uma reação fosse muito improvável, o Mogi ainda tentava imprimir um ritmo mais forte para diminuir sua desvantagem no placar, mas não conseguiu. Nos minutos finais, então, Guerrinha colocou em quadra uma formação reserva. Já com a partida em um ritmo bem menos intenso, o Fla confirmou a vitória sem sustos por 83 a 57.

Fla foi para o intervalo com boa diferença e manteve o controle do jogo (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)


Mogi x Flamengo - NBB basquete (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)Flamengo venceu o Mogi e se recuperou de derrota no NBB (Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor)

Times e pontuações:

Mogi: Larry Taylor (0), Shamell (22), Jimmy (4), Tyrone (3) e Caio Torres (8).
Entraram: Elinho (4), Gerson (2), Vithinho (5), Fabricio (3) e Filipin (6).

Flamengo: Ronald Ramon (8), Marcelinho (8), Marquinhos (17), Olivinha (22) e JP Batista (8).
Entraram: Pedrinho (6), Lelê (8), Mineiro (6), João Victor (0) e Danilo (0).

Preparador indica Romulo fora de amistoso, mas elogia: "É um cavalo"


Romulo treino Flamengo  (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)
A torcida do Flamengo e o técnico Zé Ricardo vão ter que esperar um pouco mais para ver Romulo dentro de campo. É o que indica o preparador físico do clube Daniel Gonçalves. Em mais um dia de treinamento no seu novo clube, o jogador correu em volta do campo com outro preparador, Marcelo Martorelli, e fez trabalho com bola ainda separado do grupo.

A previsão é de que ao longo da semana seja integrado ao grupo, mas dificilmente vai participar do jogo amistoso no sábado contra o Vila Nova, em Goiânia, no estádio Serra Dourada. Apesar de ter se apresentado em boa forma física, o jogador, de volta depois de quatro anos no futebol russo, ainda precisa passar mais testes e ser controlado pelo departamento rubro-negro.

Uma boa notícia é que os testes de força feito no joelho mostram que o jogador está em perfeito estado. Os médicos e fisiologistas rubro-negros tiveram todo cuidado para avaliar esta questão no atleta. Romulo operou duas vezes o ligamento cruzado do joelho direito em espaço de oito meses - ficando quase dois anos sem atividade.

- A gente sabe que lá atrás ele teve problema de ordem médica, mas é um atleta que já conheço - disse Daniel Gonçalves, que acompanhou Romulo nos tempos de Vasco. - Fisicamente é um cavalo. Tem muita força e resistência. Mas está em processo de condicionamento, se apresentou depois dos demais. Temos boas expectativas de que se iguale logo ao grupo, porque está em condições boas, mas ainda tem etapas a cumprir.

O preparador lembrou que a decisão final ainda vai depender de avaliação conjunta do departamento de futebol, mas lembrou que ainda há precaução quanto à adaptação do atleta.

- A tendência, por estar mais atrasado, é que não viaje, mas isso vai ser decidido ainda.

Silêncio e paciência: as armas do Flamengo no mercado em busca de atacantes


Carrossel-FLAMENGO-em-silencio-2 (Foto: infoesporte)
O Flamengo já apresentou três reforços em 2017: a aposta Miguel Trauco, além de Romulo e Conca. Para fechar o ciclo de contratações, o clube tenta dois atacantes: o jovem Marcos Guilherme, do Atlético-PR; e outro que dependerá de maior investimento: Berrío, do Atlético Nacional, é o favorito, mas Vargas, do Hoffenheim, corre por fora. As duas negociações têm em comum a linha de atuação da diretoria: não comentam nem detalham o que acontece.

Homens fortes do futebol rubro-negro, o vice Flavio Godinho e o diretor executivo Rodrigo Caetano têm uma espécie de mantra quando questionados sobre o andamento das transações: "Não comentamos especulações ou hipóteses".

A busca por Orlando Berrío não se trata de especulação. É real. O Flamengo fez proposta, e o empresário do jogador já afirmou diversas vezes que seu cliente quer vestir rubro-negro. 

Nesta segunda-feira, o diretor de futebol do Nacional, Victor Marulanda, afirmou ter rejeitado a oferta do Fla.


- Não nos chamou a atenção a oferta do Flamengo por Berrío.

Uma das pontas da negociação alega que ainda não houve resposta oficial por parte dos colombianos. Já o Rubro-Negro manteve a mesma atitude de não comentar "especulações". O Nacional inicialmente pede R$ 15 milhões pelo atleta, e o Fla tenta diminuir cifras e pagar parceladamente.

Sobre Vargas, o jornal chileno ''As'' reportou em sua versão online declarações do vice de futebol do Flamengo, Flávio Godinho - a publicação o chama de ''Dodinho''. O dirigente disse à imprensa internacional que o Rubro-Negro tem, de fato, interesse em Vargas. No entanto, reforçou que seu clube, o Hoffenheim, segue interessado em uma venda para a China. Segundo o jornal, o Fla teria pedido um empréstimo com opção de compra.

- Gostaríamos de uma decisão tomada nesta quarta-feira. Não vamos mudar uma vírgula da oferta - disse Godinho. 


Berrío e Álvaro Pereira Cerro Porteño x Atlético Nacional (Foto: Andrés Cristaldo/EFE) 
Berrío, do Atlético Nacional, é um dos desejos do Flamengo para 2017 (Foto: Andrés Cristaldo/EFE)


"Novela Marcos Guilherme"

Das novelas com menos audiência e expectativa por se tratarem de promessas, a do atacante Marcos Guilherme se arrasta há algum tempo. Dada como praticamente certa desde o início do ano, a transação esbarra em Mario Celso Petraglia, presidente do Atlético-PR.

Marcos Guilherme Atlético-PR Dom Bosco (Foto: Site oficial do Atlético-PR/Gustavo Oliveira)Inicialmente, estudava-se uma troca entre Léo, lateral-direito que pertence ao Flamengo, por Marcos. Petraglia também queria o meia Ederson, que, apesar de sofrer com lesões na Gávea, não quer deixar o Flamengo por acreditar que ainda vai decolar com a camisa 10 do clube.

Hoje, as negociações de Léo e Marcos Guilherme são independentes. A do lateral está praticamente sacramentada, enquanto a de Marcos, de 21 anos, só deve ser resolvida após o fim das férias de Petraglia, que se encerram no próximo dia 20.

Petraglia é velho entusiasta de Marcos Guilherme e, em 2012, afirmou que ele poderia se tornar o maior talento da história do clube. Caso seja confirmado como reforço flamenguista, Marcos chegaria por empréstimo com duração de um ano.

 Fernandinho ainda em pauta
Além de Berrío e Marcos Guilherme, o Flamengo busca mais um ponta. Quer o retorno de Fernandinho, que se reapresentou ao Grêmio após o fim do empréstimo ao Rubro-Negro. O atleta de 31 anos não esconde o desejo de voltar à Gávea, enquanto o clube também o elogia publicamente, como Rodrigo Caetano recentemente:

- Fernandinho realmente deu resultado esportivo ao Flamengo. Sempre que foi acionado superou as expectativas do Zé, é um jogador muito querido pelo elenco, mas pertence ao Grêmio.


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Flamengo aceita pagar parte de salário para emprestar Luiz Antonio à Chape


luiz antônio; luiz antônio bahia; bahia x bragantino (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
A Chapecoense deve apresentar em breve mais um reforço para a temporada 2017: o volante Luiz Antonio, do Flamengo. Depois do entrave na negociação por não chegarem um acordo sobre o salário do atleta, as partes finalmente chegaram a um entendimento. O Flamengo deve pagar uma parte dos vencimentos do volante que fecha com a Chape por empréstimo de um ano. O volante deve chegar nos próximos dias em Chapecó, onde passará por exames médicos e assinará contrato com o clube antes de ser apresentado.

Luiz Antonio foi o nome escolhido pela Chapecoense em uma lista apresentada pelo Flamengo para auxiliar na reconstrução do clube catarinense. O volante teve boas atuações pelo Bahia, clube que defendeu no ano passado, na Série B. Após retornar ao Rio de Janeiro, passou a ser novamente negociado, já que não seria aproveitado pelo técnico Zé Ricardo.

- Luiz Antonio vai para a Chapecoense. Estamos definindo algumas coisas, mas isso já está sendo resolvido - disse o Diretor Executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano.

Cria da Gávea, Luiz Antonio defendeu o clube em 178 partidas e marcou dez gols, com destaque para atuação na decisão da Copa do Brasil de 2013, quando foi eleito o melhor em campo. Sem espaço no início de 2016, foi emprestado ao Sport, onde fez 28 jogos e dois gols, e depois ao Bahia. Em Salvador, foram 21 partidas e três gols, o mais importante deles na vitória por 3 a 2 sobre o Bragantino, pela penúltima rodada da Série B.

Flamengo põe contrato com novo patrocínio de garantia para empréstimo da Ilha



O Conselho de Administração do Flamengo vota na noite de quarta-feira a proposta de captação de empréstimo de R$ 8 milhões - num total de investimentos previstos para mais de R$ 12 milhões - para pagamento das obras no estádio Luso-Brasileiro. Como garantia da verba captada, o Flamengo coloca o contrato do novo patrocinador, a Carabao. 

As obras no estádio da Portuguesa da Ilha, que tem duração prevista de 60 dias, já começaram. O Flamengo conta com a conclusão das intervenções no estádio a tempo do início do segundo turno do Carioca e, principalmente, para a estreia da Libertadores - no dia 8 de março o Rubro-Negro recebe o San Lorenzo.

Projeto da arquibancada do Estádio Luso-Brasileiro, onde o Flamengo mandará seus jogos (Foto: Reprodução) 
Projeto da arquibancada do Estádio Luso-Brasileiro, onde o Flamengo mandará seus jogos (Foto: Reprodução)

O novo empréstimo foi pedido e aprovado dentro do Conselho Diretor do Flamengo - o clube já aprovou este ano empréstimos para outras finalidades em total R$ 15 milhões, que serão captados junto ao banco BMG, para acertar contas, salários e outras despesas do fluxo de caixa do Rubro-Negro.

No empréstimo, que irá à votação na quarta-feira, o clube busca a captação junto ao banco Brasil Plural, que tem como sócio minoritário o vice-presidente de finanças do Flamengo, Claudio Pracownik. 

O empréstimo para as obras na Ilha não estava previsto no orçamento original de 2017 - que estipula R$ 50 milhões ao todo para captação externa. A diretoria do Flamengo espera recuperar este investimento na Ilha com venda de espaço publicitário e naming rights no estádio da Ilha do Governador.


Flamengo quer retorno técnico com Vinicius Jr.: "Não interessa receber proposta"


Vinícius Júnior Flamengo (Foto: Staff Images / Flamengo)Vinicius Junior comemora o gol que classificou o Flamengo para as quartas da Copinha (Foto: Staff Images / Flamengo)

Destaque do Flamengo na Copinha, o atacante Vinicius Junior, de apenas 16 anos, despertou o interesse de um gigante do futebol mundial segundo a imprensa espanhola. De acordo com o jornal catalão "Sport", o Barcelona acompanha a situação da joia. Porém, para a direção do Rubro-Negro, uma possível proposta não enche os olhos. É o que afirma Rodrigo Caetano, diretor executivo de futebol.

- Para nós não interessa receber uma proposta pelo Vinicius. O que representa proposta? É eu aceitar uma proposta abaixo da multa. Vocês acham que nós não fizemos um projeto para o garoto jogar aqui antes de sair?

O clube espera ver a prata da casa dar alegrias jogando pelo Flamengo antes de pensar em alguma transferência para o exterior.

- Nosso desejo é ter o retorno técnico, antes de qualquer retorno financeiro. Isso vai vale para todos os atletas de destaque do Flamengo - completou Rodrigo.

Em seis jogos na Copinha - quatro deles como titular no time de Gilmar Popoca -, Vinicius marcou quatro gols e deu passe para outros cinco na campanha do Flamengo. Na vitória da noite do último domingo sobre o Cruzeiro, ele fez o gol nos acréscimos que desempatou a partida e levou o Rubro-Negro às quartas de final da competição.

Vinicius Junior tem boas chances de ser convocado para o Sul-Americano Sub-17,  que acontecerá no Chile entre 23 de fevereiro e 19 de março. Isso poderia atrasar um pouco o projeto idealizado pelo Flamengo de uma possível promoção definitiva.

BBFla: jogadores e Zé dormem no Ninho e convivem 24h no novo CT


Com piscina, câmeras, quartos e estrutura de luxo, a pré-temporada do Flamengo tem um ar diferente em 2017. E contornos de Big Brother dentro do Ninho do Urubu. A poucos quilômetros de suas casas - já que a maioria mora na Barra da Tijuca e arredores -, mais de 30 atletas estão confinados para melhorar, aprimorar e recuperar a forma física em atividades diárias, em duas sessões de treinamento. 

Não tem Pedro Bial - e nem Tiago Leifert na nova versão -, mas de perto o diretor de futebol Rodrigo Caetano, o técnico Zé Ricardo e diversos profissionais do departamento de futebol que "vigiam" e acompanham cada passos e passes dos jogadores do Flamengo. Tanto o diretor quanto o treinador também estão concentrados desde a última quinta no CT rubro-negro. O regime de concentração vai até a viagem do dia 21, para amistoso em Goiânia contra o Vila Nova. Após a partida, os atletas terão a primeira folga da pré-temporada, mas com reapresentação logo no dia seguinte pela manhã cedo.

- É um regime de concentração, um procedimento de pré-temporada, como se estivéssemos em pré-temporada fora do Rio. Mas agora dispomos das melhores condições de ficar aqui. Temos um hotel aqui e podemos ter melhor controle de sono, de alimentação, da parte médica - explica Rodrigo Caetano.

À noite, além dos jogos de salão e do espaço de convivência, os jogadores e toda a comissão participam de série de palestras. Na pauta, tanto vídeos de área técnica, sob comando da equipe de Zé Ricardo, como também explicações administrativas, regras e procedimentos do departamento de futebol, de direitos de imagem, de arbitragem e do jurídico.

Guerrero joga sinuca com os companheiros: ao fundo, tênis de mesa no hotel-concentração do Fla (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo.com.br) 
Guerrero joga sinuca: ao fundo, tênis de mesa no hotel-concentração do Fla (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo.com.br)

Romulo já concentrado; Sem visitas de família

Ano passado, o clube fez a pré-temporada num resort em Mangaratiba. Neste ano, com a estrutura recém-inaugurada, transfere cuidados com cardápio e descanso entre atividades para dentro da sua própria casa. Embora, obviamente, também haja momentos de lazer. Os jogadores fazem competições animadas de tênis de mesa e sinuca no salão de jogos - destaque para as provocações de Pará e Rodinei, que terminou perdendo para o jovem goleiro Thiago. Guerrero e Léo Duarte também fizeram bonito na sinuca.

Com diretor, gerente, dois supervisores, dois auxiliares técnicos, dois preparadores físicos, um de goleiros, cinco médicos, dois fisiologistas, três fisioterapeutas, três massagistas, enfermeiro, três roupeiros, dois nutricionistas, sem contar com a equipe de seguranças - além dos homens do clube, há também seguranças particulares contratados para pernoitar no hotel-concentração - e a equipe de comunicação, o Flamengo tem mais profissionais do que jogadores cuidando de tudo para os atletas trabalharem melhor dentro e fora de campo. 

O regime de concentração já ganhou mais um atleta neste domingo. Romulo chegou da Rússia e foi do aeroporto direto para o Ninho do Urubu. O jogador já ficou por lá, concentrado, junto com Trauco, Conca e os novos companheiros. 

- O nosso conceito aqui é de hotel realmente, por isso foi feito todo esse investimento. Vamos concentrar aqui também para os jogos. Esse período não teremos visitas de família também - lembra Rodrigo Caetano.

Arão, Cuéllar e Everton assistem jogos da Copinha: regime de concentração perto de casa (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo.com.br) 
Arão, Cuéllar e Everton assistem a Copinha: concentração perto de casa (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo.com.br)


romulo flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Divulgação Flamengo) 
Rodrigo Caetano apresentou cômodos do Ninho para Romulo neste domingo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Divulgação Flamengo) 
No paredão: pose para foto na pausa do trabalho na piscina (Foto: Gilvan de Souza/Divulgação Flamengo)