Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 6 de março de 2015

Marcelinho Machado, ala do Flamengo repete recorde e é campeão do Torneio dos 3 Pontos do NBB


Marcelinho, Jogo das estrelas, NBB, basquete (Foto: LNB / Fotojump)Marcelinho leva mais um troféu para casa (Foto: LNB / Fotojump)



Quando o assunto é três pontos não tem jeito, Marcelinho é o cara. Nem as vaias dos torcedores de Franca tiraram a concentração do atual campeão. Último a arremessar na rodada de classificação do Torneio de 3 pontos, o ala-armador do Flamengo ignorou a pressão, desbancou o armador de Rio Claro, Eric Tatu, e assegurou o bicampeonato. De quebra, o especialista no assunto igualou seu próprio recorde, de 23 bolas convertidas, conquistado no título do ano passado.

Mas a tarefa de Marcelinho não foi tão simples assim. Último da lista, o camisa 4 do Flamengo tinha que superar as 17 bolas certeiras de Filipin, do Mogi, e Lucas Dias, do Pinheiros, já que, com 22 pontos, Eric Tatu já havia garantido sua passagem para a final com 20. Marcelinho não só conseguiu, como teve a segunda melhor pontuação da noite. Na decisão, o capitão rubro-negro não deu qualquer chance ao adversário e mostrou porque é o recordista de bolas de três na história do NBB, com 16 arremessos certos (em 2010, numa vitória sobre São José, quando anotou 63 pontos, recorde da Liga.

- Não tem segredo. Todos treinam muito. Mas é o dia, o momento e a sequência. As bolas começam a cair, você acelera o ritmo. A idade ajudou um pouco nisso aí. O número 23 remete a muito coisa legal no basquete, o Michael Jordan. Aproveito para mandar um beijo para os meus filhos - afirmou Marcelinho, de 39 anos.




Final Four da LDA define horários dos jogos de semifinal, com Flamengo e Bauru

Final Four Liga das Américas jogos (Foto: Reprodução/Instagram)A Fiba Américas anunciou na noite desta sexta-feira os horários das partidas de abertura do Final Four da Liga das Américas, disputa que será realizada nos dias 14 e 15 de março, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Na primeira semifinal, no dia 14, o Bauru vai encarar o argentino Peñarol, às 18h (de Brasília). Logo na sequência, a partir das 20h15 (de Brasília), o dono da casa, Flamengo, encara o Pioneros Quintana Roo, do México.

Os vencedores das semifinais se enfrentarão no dia seguinte (domingo, 15 de março) para decidir o título da competição. O campeão garante vaga na disputa da Copa Intercontinental, vencida pelo Flamengo no ano passado.

Será a segunda vez consecutiva que o Maracanãzinho vai receber o Final Four da Liga das Américas. No ano passado, o Flamengo conquistou o inédito título da competição ao derrotar o Pinheiros em um ginásio lotado.

Julgamento por dinheiro da venda de Hernane será na próxima semana

O imbróglio da venda de Hernane ao Al-Nassr, da Arábia Saudita, pode terminar na próxima semana. O vice-presidente jurídico do Flamengo, Flávio Willeman, confirmou a data do julgamento: dia 10 de março, próxima terça-feira, na Fifa. O Brocador deixou o Rubro-Negro em agosto, e até hoje o clube não recebeu o dinheiro pela negociação. O valor é em torno de R$ 7 milhões, acrescido das multas específicas.

O Flamengo acionou a Fifa em outubro do ano passado, depois de tentar um acordo pacífico com o Al-Nassr, porém ignorado pelos sauditas. O clube havia liberado Hernane em agosto para realizar exames médicos na Arábia, mas sem garantias bancárias para o sucesso da transação. Willeman afirma que o Rubro-Negro está otimista com a audiência.

- O Flamengo reivindica a cobrança integral daquilo que foi objeto de venda, acrescido das multas. Estamos otimistas, porque a discussão envolve inadimplemento por parte do Al-Nassr de uma obrigação contratual. O Flamengo tem direito a esses valores - disse o vice-presidente jurídico ao GloboEsporte.com, por telefone.

Hernane Brocador no Frasqueirão (Foto: Alexandre Filho/GloboEsporte.com)Flamengo terá audiência por dinheiro da venda de Hernane (Foto: Alexandre Filho/GloboEsporte.com)


Cautela sobre uma possível negociação

Hernane está sem clube. O Brocador conseguiu sua liberação do Al-Nassr, por meio também de uma ação na Fifa, por causa dos três meses de salários atrasados. A notícia de que o atacante está livre no mercado animou torcedores rubro-negros, que pediram através das redes sociais o retorno do jogador. O vice de futebol do Flamengo afirmou que o assunto não é prioridade no clube.

O vice-jurídico Flávio Willeman explicou que o Al-Nassr ainda pode recorrer na Justiça para ter Hernane de volta ou para receber uma indenização pela quebra de contrato. Desta forma, o clube que o contratasse seria o pagante desta pendência.

- O Hernane se liberou do Al-Nassr por conta de uma decisão liminar, mas eles continuam discutindo entre eles. Caso o Hernane venha a perder essa ação, é possível que seja fixada uma indenização dele para com o Al Nassr pela quebra de contrato. E o clube contratador do Hernane teria que pagar esta dívida - explicou Willeman.

Apesar do carinho da torcida do Flamengo por Hernane, o plantel atual conta com seis atacantes: Alecsandro, Eduardo da Silva, Marcelo Cirino, Nixon, Gabriel e Paulinho. Há também o meia-atacante Everton, que costuma jogar avançado nos esquemas táticos de Vanderlei Luxemburgo.

Aplaudido na despedida de Léo, Paulinho ainda não é relacionado

A torcida do Flamengo ficou empolgada com a entrada de Paulinho na vitória por 2 a 0 sobre o Nacional-URU, na última quarta-feira, dia em que Léo Moura se despediu do clube. Por parte dos rubro-negros, já havia uma expectativa de que o atacante pudesse ficar pelo menos no banco de reservas no jogo deste sábado, contra o Friburguense, pelo Campeonato Carioca. Ele, porém, não foi relacionado para o confronto.

 O motivo: o atacante ainda está no início do processo de retorno aos gramados. Ele, que ouviu os gritos de "Vai, Paulinho" e disse estar animado, porém cauteloso para a volta, ficou afastado por seis meses por causa de uma grave lesão no joelho direito. Além dele, Arthur Maia, Everton e Nixon fazem trabalho físico à parte e não jogam contra o Frizão, pela oitava rodada do estadual, às 16h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos.

Confira a lista dos relacionados:


Paulo Victor                                             
Cesar
Pará
Bressan
Wallace
Marcelo
Frauches
Anderson Pico
Thallyson
Luiz Antonio
Cáceres
Marcio Araújo
Canteros
Jonas
Lucas Mugni
Gabriel
Eduardo da Silva
Marcelo Cirino
Alecsandro

Sequência como titular e G-4: Gabriel assume responsabilidade no Flamengo

gabriel flamengo (Foto: Globoesporte.com)Pouco foi visto pela imprensa do treinamento desta sexta-feira, véspera do jogo contra o Friburguense. No Ninho do Urubu, quando os jornalistas foram liberados para acompanhar as atividades, alguns jogadores treinavam cobranças de falta, outros, finalizações. Nenhuma pista do time titular, como havia ocorrido no dia anterior. Escolhido para conceder entrevista coletiva, Gabriel deve ser mantido e fazer o seu quinto jogo seguido na equipe principal. O atacante, sempre tímido, humilde e com um sorriso no rosto, disse que o técnico Vanderlei Luxemburgo ainda não definiu nada.

- Não posso falar nada (risos). Ele ainda não definiu a equipe. Só amanhã mesmo para sabermos, mas espero que seja um bom jogo, e que a gente saia com a vitória - afirmou o Gabriel.

A vitória é essencial no momento rubro-negro, já que o Flamengo está fora do G-4 do Carioca, com um ponto a menos do que o Volta Redonda, quarto colocado. Gabriel admitiu que o quinto lugar incomoda, mas demonstrou otimismo para a sequência de jogos.

- Acontece, faz parte do futebol. O mais importante é que estamos criando. Estamos no caminho certo. Que essa colocação seja temporária, e que a gente volte logo para o topo.

Gabriel vem se firmando na equipe. Será o quinto jogo consecutivo dele como titular. Neste sábado, ele deve jogar ao lado de Eduardo da Silva e Marcelo Cirino no ataque. A confiança de Luxa é um ponto comemorado pelo jovem atacante, que já afirmou preferir jogar pelas pontas.

- A sensação de estar no time titular é a melhor possível, estou me dedicando bastante nos treinamentos e sei da minha responsabilidade. Estou me sentindo muito melhor agora. Eu prefiro mesmo jogar pelas pontas, já fiz mais centralizado, mas prefiro os lados.

O Flamengo enfrenta o Friburguense neste sábado, no Engenhão. A partida será realizada às 16 horas (de Brasília).

Sábado tem Mengão na TV

SÁBADO, 07


Campeonato Carioca                

16h Flamengo x Friburguense


Transmissão: Premiere, PFC HD e PFCI (com Jader Rocha e Roger Flores)

quinta-feira, 5 de março de 2015

Samir tem lesão na coxa direita e desfalca o Flamengo por pelo menos um mês



O Flamengo perdeu um de seus titulares da zaga para as próximas semanas. Após passar por exames, Samir teve constatada uma lesão no músculo adutor da coxa direita e não terá condição de jogo por no mínimo um mês, uma vez que o problema é mais grave do que o departamento médico imaginava inicialmente. No domingo último, o camisa 4 deixou o clássico com o Botafogo com somente 17 minutos do primeiro tempo por conta de fortes dores no local. Ele saiu de maca, chorando, e foi substituído por Bressan, que assume a vaga ao lado do capitão Wallace.

samir jobson flamengo x botafogo (Foto: André Durão) 
Samir machucou a coxa direita no começo do jogo contra o Botafogo, no domingo (Foto: André Durão)

Samir é o único jogador do elenco entregue ao departamento médico. Paulinho e Anderson Pico, que tiveram lesões no joelho direito, voltaram ao time. Everton se recuperou de um edema na coxa esquerda e foi entregue à preparação física. Arthur Maia e Nixon, poupados do amistoso com o Nacional-URU devido a dores musculares, não devem ser problema para a sequência.

Despedida de Leo Moura só perde em público no Estadual para clássico entre Botafogo e Flamengo(90% torcida do Flamengo).

Veja os dez maiores públicos presentes no Estadual:


1) Botafogo x Flamengo - 49.833 presentes / 44.329 pagantes


2) Flamengo x Boavista - 24.219 presentes / 21.059 pagantes

3) Fluminense x Bangu - 15.572 presentes / 13.496 pagantes

4) Macaé x Flamengo - 14.550 presentes / 12.550 pagantes

5) Flamengo x Barra Mansa - 14.443 presentes / 13.235 pagantes

6) vasco x Bangu - 13.603 presentes / 12.160 pagantes

7) Botafogo x Nova Iguaçu - 12.785 presentes / 10.885 pagantes

8) Flamengo x Cabofriense - 11.512 presentes / 10.554 pagantes

9) Botafogo x Bonsucesso - 11.147 presentes / 9.562 pagantes

10) Fluminense x vasco - 8.658 presentes / 7.738 pagantes

Despedida de Léo Moura - 30.620 presentes / 27.031 pagantes

Vida sem Léo Moura: Flamengo volta aos treinos com Mugni entre titulares

Há vida sem Léo Moura. Um dia depois da despedida do lateral, que acertou com o Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, o Flamengo se reapresentou na tarde desta quinta-feira de olho no Friburguense, adversário do próximo sábado pelo Campeonato Carioca. E o time pode ter mudanças além do substituto do ex-camisa 2. No treino tático comandado por Vanderlei Luxemburgo no Ninho do Urubu, Pará retorna à lateral direita após ser improvisado na esquerda nos últimos jogos. Anderson Pico, recuperado de uma artroscopia no joelho direito, assume o flanco esquerdo, enquanto Bressan foi mantido no lugar de Samir, lesionado. Na frente, Lucas Mugni e Eduardo da Silva também foram testados entre os titulares.

Treino Flamengo Ninho do Urubu (Foto: Ivan Raupp) 
Ataque testado com Eduardo da Silva na direita, Gabriel na esquerda, Mugni no meio e Cirino avançado (Foto: Ivan Raupp)
 
Realizando trabalhos físicos de forma separada, Arthur Maia e Everton desfalcaram a atividade, que contou com os garotos Jajá e Matheus Sávio - autor de um gol na vitória por 2 a 0 sobre o Nacional, do Uruguai - completaram o treinamento no time reserva. O time titular foi formado por Paulo Victor, Pará, Wallace, Bressan e Pico; Márcio Araújo, Canteros e Mugni; Gabriel, Eduardo e Marcelo Cirino. Já os suplentes treinaram com César, Luiz Antonio, Marcelo, Frauches e Thallyson; Cáceres, Jonas e Jajá; Matheus Sávio, Paulinho e Alecsandro.

A atividade foi fechada para a imprensa durante uma hora. Quando os jornalistas tiveram acesso ao CT, o elenco trabalhava em campo reduzido, mas logo depois Luxemburgo tirou as marcações e comandou um coletivo tático. O setor ofensivo teve Eduardo da Silva na direita, Gabriel na esquerda, Marcelo Cirino adiantado e Mugni centralizado. O meia argentino, novidade entre os titulares, chegou a alternar o posicionamento com o brasileiro naturalizado croata em alguns momentos. Depois do treino, alguns jogadores treinaram finalizações.

O Flamengo volta a campo para enfrentar o Friburguense neste sábado, às 16h (de Brasília), no Engenhão - cumprindo uma punição de perda de mando de campo após a invasão de torcedores ao vestiário do Macaé, na estreia do Carioca. Com 14 pontos, o Rubro-Negro saiu do G-4 na rodada anterior e precisa vencer para tentar retornar à zona de classificação para a semifinal do estadual.

Ferj troca horário de Tigres x Flamengo, dia 14, no estádio Los Lários

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) divulgou na tarde desta quinta-feira uma mudança de horário do jogo Tigres x Flamengo, pela 10ª rodada do Campeonato Carioca. A partida, que será realizada no dia 14 de março, no estádio Los Lários, passou de 18h30 para 16h (de Brasília).

Estádio Los Lários - Tigres do Brasil (Foto: Sofia Miranda) 
Estádio Los Lários já recebeu um grande do Rio no jogo entre Tigres e vasco sanitário, pela 3ª rodada (Foto: Sofia Miranda)
 
 

Volta de Paulinho acirra disputa pela titularidade no ataque do Flamengo

Os 24 minutos em que esteve em campo na noite de quarta-feira marcaram o retorno de Paulinho ao time do Flamengo. O camisa 26 estava fora havia seis meses devido a uma grave lesão no joelho direito e, após se recuperar, enfim voltou a jogar futebol no amistoso com o Nacional-URU, na despedida de Léo Moura do Rubro-Negro. Correu, movimentou-se, deu passes, finalizou e mostrou que está pronto para brigar por uma vaga na equipe titular.

- Foi do jeito que imaginei, tranquilo. O Vanderlei já tinha conversado comigo após o intervalo, para ter calma e ir sentindo o jogo aos poucos. Porque era festa, mas era para levar a sério. Eu estava voltando de lesão, então acho que fui bem. Procurei trabalhar da melhor forma possível e ter mais calma. Acho que as coisas foram fluindo bem - disse o jogador.

Possível formação do Flamengo com Paulinho (Foto: Globoesporte.com)
 
Possível formação do Flamengo com Paulinho (Foto: Globoesporte.com)

Querido pela torcida, Paulinho teve seu nome gritado na arquibancada. Quando estava prestes a entrar, ouviu "Vai Paulinho! Vai Paulinho", música que os rubro-negros fizeram para ele. E o atacante também é querido por Vanderlei Luxemburgo, que agora tem uma dor de cabeça boa para armar seu time titular.

O treinador formou o ataque do Flamengo de forma diferente neste ano, com dois atletas nas pontas e um mais centralizado. Por suas características de velocidade, habilidade e movimentação, Paulinho cairia como uma luva no esquema, funcionando como um desses dois pontas. Supondo que Anderson Pico, Everton e Samir sejam titulares (veja na imagem acima), apesar dos problemas físicos recentes que tiveram, Paulinho poderia formar o ataque ao lado de Everton e Marcelo Cirino. Seria a possibilidade mais provável dentro da realidade atual.

Alecsandro, Eduardo da Silva, Gabriel e Nixon também estão na disputa. O primeiro só funciona como centroavante, segundo Luxemburgo, e até tem jogado algumas vezes como titular. Eduardo tem moral com o técnico, mas essa formação não é a mais apropriada para seu estilo de jogo como atacante. Ele tem sido testado por Luxa como homem mais avançado do meio e tem correspondido. Já Gabriel e Nixon brigam diretamente pelas vagas nas pontas.


- Pretendo usar Paulinho com calma, então teremos calma com ele. Vem de lesão importante. Gosto muito. Tem velocidade e habilidade. É como se o Flamengo estivesse ganhando um reforço. Grande jogador - elogiou Luxemburgo após o amistoso.

Após atuar contra o Nacional-URU, Paulinho deve estar à disposição também para o próximo compromisso do Flamengo, diante do Friburguense. O jogo, válido pela oitava rodada do Campeonato Carioca, será realizado às 16h (de Brasília) deste sábado, no Engenhão. Vindo de revés para o Botafogo, o Rubro-Negro está fora do G4 da competição e precisa da vitória.

Em nota, Bom Senso FC critica CBF por "fair play genérico"



 O "fair play trabalhista" proposto pela CBF para os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro não agradou ao Bom Senso FC, movimento dos atletas que lutam pela melhoria do futebol no Brasil.

Em nota publicada nesta quinta-feira, o grupo qualifica a proposta como "genérica". A nova regra pune os clubes que atrasarem salários de seus jogadores, inclusive com a perda de pontos. O responsável por aplicar as penas, no entanto, ainda não foi esclarecido.

Uma das principais críticas do Bom Senso FC à proposta é a necessidade de a denúncia dos salários atrasados ter de partir dos próprios jogadores. Segundo o movimento, isso deixa os atletas muito expostos, "o que torna o modelo ineficaz".

Confira abaixo a nota divulgada pelo Bom Senso FC:

Algo deve mudar para que tudo continue como está.

A célebre frase de Lampedusa é a lei que norteia toda e qualquer ação da CBF.

Já não fosse bastante sua articulação no Congresso para driblar o Governo Federal e oferecer mais uma colher de chá (sem contrapartidas) à cartolagem, a entidade máxima do nosso futebol aproveitou esta última segunda-feira para reapresentar uma obra-prima da incompetência do futebol brasileiro: o fair play genérico.

Com o temor de que o Governo Federal possa - via MP - cobrar transparência e democracia na gestão da entidade, a CBF se apressou em apresentar qualquer medida que pudesse sinalizar uma preocupação maior com o estado quase falimentar dos clubes. 

Em reunião convocada com os dirigentes da série A, deliberou-se a velha nova. Após muito lucubrar sobre um sistema de fair play financeiro que, existindo, não fizesse mal a ninguém, a reunião deve ter sido concluída por mais uma dramático lampejo do sempre teatral Eurico Miranda, “oras, pega o modelo da Federação Paulista e copia para a CBF”.

“Mas o modelo da Federação Paulista funciona, já teve algum efeito?”, alguém deve ter perguntado.

Ao que alguém deve ter respondido, “não”.

“Eis então a mudança que precisamos”, concluíram.

A chave do fracasso do fair play genérico (esse já aplicado na Federação Paulista) é sua lógica denuncista: o atleta que estiver com seus salários atrasados precisa entrar com uma ação contra o próprio clube, só assim as punições podem acontecer. Isto é, o atleta que colaborou com o seu clube para conquistar os três pontos, teria que acionar o fair play genérico para que seu clube perca esses mesmos pontos.

O fiasco dessa versão cartolística de fair play se verifica nos números. Segundo membros da própria Federação Paulista, nos mais de três anos de implementação do modelo, apenas quatro ações foram movidas. Existe alguém que acredite que nos últimos três anos, entre os mais de 100 clubes do estado de São Paulo, houve apenas quatro episódios atrasos de salário?

A exposição do jogador torna o modelo ineficaz. Vale sempre lembrar que os principais prejudicados não são os atletas dos clubes de elite, mas sim aqueles atletas que além de receberem uma média de dois salários mínimos atuando no mais longínquos rincões do estado, ainda têm um calendário de apenas 4 meses de trabalho ao longo do ano.

Somos favoráveis a um verdadeiro modelo de fair play financeiro, em que os clubes prestem contas periodicamente sobre o pagamento de salários e direito de imagem a todos os seus funcionários (atletas e não-atletas) e com punições desportivas e responsabilização pessoal dos dirigentes que não estiverem em dia com suas obrigações fiscais e trabalhistas.

Dada a impossibilidade de participação dos atletas na CBF, seguimos defendendo que as regras de funcionamento do fair play financeiro estejam asseguradas em um projeto de lei, como contrapartida ao refinanciamento da dívida dos clubes.

Bom Senso Futebol Clube,
Por um futebol melhor para todos

Elogiado por Luxa, Matheus Sávio vibra com gol na estreia: "Na memória"

Adeus para um, início para outros. É corriqueiro ver garotos debutando em jogos de despedida. Na última do moicano Léo Moura, três estrearam profissionalmente pelo Flamengo: os meias Matheus Sávio e Jajá, além do centroavante Douglas Baggio. O primeiro foi o destaque, pois balançou a rede com apenas seis minutos em campo. Saiu aos 23, muito aplaudido. Foi a realização de um sonho.

- Realizei meu sonho de jogar como profissional no Maracanã. Sem dúvida, é uma noite que vai ficar na minha memória para sempre. Fico feliz pela vitória e pela festa linda que a torcida fez para o Léo Moura. Ele é nosso ídolo, exemplo e merece demais - exaltou o jovem de 17 anos.

O sonho de Matheus parece completo, pois, além do gol, ainda foi muito exaltado por Vanderlei Luxemburgo durante a entrevista coletiva. Foi citado pelo treinador como tendo "estrela".

- São jogadores que têm potencial, e no futebol tem que ter um pouco de estrela. Esse menino, Matheus Sávio, vi nos treinos, bati o olho... É o mais jovem dos juniores, mas tem muito potencial. Ele estreou aqui, amanhã já volta aos juniores. Eles vão vir quando solicitados. Os outros também jogaram muito bem. Sentiram que é gostoso jogar no Maracanã, com imprensa, mas agora voltam para a base. Eles têm que adquirir esse direito (de jogar entre os profissionais) - disse o treinador.

Douglas Baggio fez ótimo papel na frente, buscou tabelas e se deslocou em direção ao gol constantemente. Jajá teve atuação menos participativa. O lateral-esquerdo Jorge, cuja estreia se deu no Carioca passado, no empate por 2 a 2 com o Bangu, apareceu bem e buscou o jogo por seu flanco.

Matheus Sávio, Flamengo x Nacional (Foto: André Durão) 
Matheus Sávio precisou de seus minutos para marcar seu primeiro gol pelo Flamengo (Foto: André Durão)

Luxa deseja sucesso a Léo, mas diz que Flamengo precisa seguir em frente


 Vanderlei Luxemburgo foi mais um que reverenciou Léo Moura e reconheceu sua importância no Flamengo. Na noite de despedida do lateral-direito após 10 anos de clube, vitória de 2 a 0 no Maracanã sobre o Nacional, do Uruguai, o treinador destacou a história do seu antigo capitão. Sim, no passado. Para Luxa, o mais importante é a necessidade de entender que a festa passou. É hora de pensar no presente e no futuro.

Tudo volta ao normal nesta quinta, com a retomada dos treinos. E, sábado, diante do Friburguense, há a retomada do Carioca, competição na qual o Rubro-Negro está fora do G-4.

- Se tiver que voltar ao Flamengo lá na frente para fazer outra despedida, não vejo problema. Zico teve, Junior teve, faz parte. O Léo está indo para os EUA, um país diferente, que oferece qualidade de vida para ele e a família. Que tenha muito sucesso e sorte, que Deus o abençoe. O Flamengo tem que seguir em frente. O Léo está na história do Flamengo. Temos que pensar em quem está aqui. O Léo já foi, e quem está aqui tem que produzir - disse Luxa.

Vanderlei também voltou a mostrar confiança em Pará, elogiou a participação do quarteto sub-20 no amistoso - Matheus Sávio, que inclusive fez gol, Jorge, Jajá e Douglas Baggio - e garantiu estar "coberto" na lateral direita mesmo com a saída de Léo Moura, com as opções de Anderson Pico, Frauches e Luiz Antonio, além do próprio Pará.

Veja a íntegra da coletiva:

Saída do Léo gera pressão em Pará?

O Pará chegou, já jogou bem. Você deve ter esquecido os jogos que o Pará fez, e a vaia que teve em Volta Redonda não foi para ele. Até porque lá é torcedor de "sanduíche", que não está acostumado a ir ao Maracanã. Não foi vaia ao Pará, foi porque o Léo estava no banco. Sem tirar nenhum mérito do Léo, pelo capitão que é, mas a vida passa. Se formos falar de Léo toda vez com ele já nos EUA, vai ser complicado.

Pará esteve intranquilo?

Quem disse que o Pará está intranquilo? Está jogando normalmente. Não vejo nada de anormal.

Garotada da base

São jogadores que têm potencial, e no futebol tem que ter um pouco de estrela. Esse menino, Matheus Sávio, vi ele nos treinos, bati o olho, é o mais jovem dos juniores, mas tem muito potencial. Ele estreou aqui, amanhã já volta aos juniores. Eles vão vir quando solicitados. Os outros também jogaram muito bem.

Lucas Mugni

O Lucas ficou no Brasil mesmo com proposta excelente para ele, sei os valores. Ele colocou na cabeça que quer que a coisa aconteça no Flamengo. Às vezes alguns jogadores demoram mais a acontecer. Lembro sempre do Conca. Ele demorou a ser o Conca do Fluminense.

Outra despedida de Léo Moura

Nada mais justo. Se tiver que voltar ao Flamengo lá na frente para fazer outra despedida, não vejo problema. Zico teve, Junior teve, faz parte. O Léo está indo para os EUA, um país diferente, que oferece qualidade de vida para ele e a família. Que tenha muito sucesso e sorte, que Deus o abençoe. O Flamengo tem que seguir em frente. O Léo está na história do Flamengo. Temos que pensar em quem está aqui. O Léo já foi, e quem está aqui tem que produzir.

Lateraldireita:

Quando montamos o elenco do Flamengo, procuramos a versatilidade. Quem joga em duas, três posições... Temos um elenco de 22, 23 jogadores, mas se somar as posições, dá 30, 32 jogadores com os mesmos 22. O Léo Moura tinha contrato que poderia ser renovado ou não, acabou indo antes. O (outro) Léo foi emprestado ao Inter para ter novos ares. Ficou definido que teríamos Frauches, Luiz Antonio, Pará, e o Pico também joga de lateral-direito. Fica essa coisa de não ter lateral, como se não tivéssemos sentado com a diretoria e pensado nisso. Estamos cobertos.

Flamengo 2 x 0 Nacional (Uru)


                  Ficha técnica

Gols: Eduardo da Silva (18'/1ºT) e Matheus Sávio (6'/2ºT)

Público: 27.031 pagantes / 30.620 presentes
Renda: R$ 838.325,00

Flamengo: Paulo Victor (César - Intervalo), Léo Moura (Pará 9'/2ºT), Marcelo (Wallace - 9'/2ºT), Frauches (Bressan - Intervalo), Thallyson (Jorge - Intervalo/ Jajá 33'/2ºT), Márcio Araújo (Victor Cáceres - Intervalo), Canteros (Jonas - Intervalo) e Gabriel (Luiz Antônio - Intervalo); Eduardo da Silva (Lucas Mugni), Marcelo Cirino (Douglas Baggio - Intervalo) e Alecsandro (Matheus Sávio - Intervalo/ Paulinho - 23'/2ºT). 
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Nacional (Uru): Bava, Velásquez, Aja, Fernandez, Espino; Prieto (Cordero - 15'/2ºT), Dorrego, Ramos (Isola - 30'/2ºT) e Otormin (Boné - 24'/2ºT); Bueno e Amaral. 
Técnico: Juan Carlos Blanco


Local: Maracanã (RJ)
Data/hora: 04/03 - 22h
.
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)


quarta-feira, 4 de março de 2015

Ministério Público requer suspensão de torcidas organizadas de vasco sanitário e Flu



Torcedores detidos no Engenhão (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital, requereu, nesta quarta-feira, a suspensão das Torcida Organizada Young Flu. Também foi feita uma petição requerendo o cumprimento da decisão liminar deferida em 17 de janeiro de 2014, que suspendeu a torcida organizada força jovem do vasco sanitário.

As duas medidas decorrem das confusões ocorridas momentos antes da partida entre Fluminense e vasco , no Engenhão, no dia 22 de fevereiro.

Na ação, a promotora de Justiça Glícia Pessanha requer a suspensão da Young Flu, assim como seus associados ou membros, de comparecer aos locais em que se realizem eventos esportivos, pelo prazo de um ano, em todo território nacional. Além disso, a promotora pediu a proibição da venda de material da torcida e que torcedores frequentem os estádios portando ou utilizando elementos que identifique a torcida.

A promotora requer, ainda, que seja afixada pena de multa no valor de R$ 20 mil por integrante por evento, além de sua retirada compulsória do local onde esteja sendo realizado o jogo.

Na petição juntada ao processo em que o MP pede a suspensão da torcida força jovem, além de uma nova suspensão, a promotora requer o pagamento de multa de R$ 301 mil, pelo descumprimento da decisão liminar anterior. A título de garantia, ela requer, liminarmente, a penhora de bens da sede da força jovem do vasco.

- As punições aplicadas até a presente data, bem como as medidas adotadas pelo Ministério Público, judiciais ou extrajudiciais, têm se mostrado ineficientes, o que se torna imperiosa a adoção de providências mais radicais e rigorosas, a fim de limar efetivamente práticas e comportamentos reiteradamente violentos por parte da organizada ré - narra trecho do documento.

Os autos citam dois conflitos entre as torcidas organizadas: o primeiro ocorreu contra a Young Flu e o segundo contra policiais do GEPE, quando integrantes da força fovem do vasco - considerados de "oposição" à diretoria atual dessa mesma torcida - tentaram invadir o espaço destinado ao grupo denominado “situação”, que era protegido pelo grupamento policial.

No duelo das defesas, Basquete Cearense bate Flamengo na LDB

Time nordestino segue invicto na Liga de Desenvolvimento de Basquete e avança em primeiro para a fase final. Mesmo com derrota, rubro-negros também estão na decisão

 

No embate dos classificados, o Basquete Cearense confirmou sua força, manteve a invencibilidade e bateu o Flamengo na prorrogação por 59 a 54 (46 a 46 no tempo normal),  em partida válida pela última rodada da segunda fase da Liga de Desenvolvimento de Basquete. Os times jogaram nesta quarta-feira no Clube Pinheiros, em São Paulo, para definir o primeiro lugar do Grupo B da competição que envolve atletas até 22 anos. Com o resultado, o time alviverde chegou ao 22º triunfo na competição (19 na primeira fase e três na segunda).

O jogo desta quarta-feira foi de dois times com as defesas muito bem postadas e ataques afobados e com um aproveitamento de arremessos bem baixo. O cestinha do Basquete Cearense, por exemplo, foi Erick, com com 16 pontos. Porém, foram apenas sete arremessos convertidos em  21 tentados. Pelo lado do Flamengo, Mingau e Cristiano Felício foram os maiores pontuadores, com 16 pontos cada.

No fim do tempo regulamentar, as duas equipes tiveram chances de evitar a prorrogação em seus ataques, mas não conseguiram. O comentário geral na arquibancada era de que a partida não merecia uma prorrogação, tão baixo era o nível do jogo. Na prorrogação, melhor para os cearenses.

Ainda nesta quarta-feira, Pinheiros e Limeira jogam pelo primeiro lugar do outro grupo. O Final Four será disputado em Fortaleza (CE) nos próximos dias 9 (semifinal) e 10 (final) de março. A decisão do torneio terá transmissão ao vivo do SporTV.

Prata em Mundial de remo, Michel Gomes recebe homenagem no Flamengo


O remador paralímpico Michel Gomes foi homenageado ao chegar para treinar na Gávea nesta quarta-feira. Medalhista de prata da categoria TA no Crash B, como é conhecido o Mundial de remo indoor paralímpico, o atleta do Flamengo foi recebido com fogos de artifício e ganhou uma camisa do Rubro-Negro das mãos do presidente Eduardo Bandeira de Mello e do vice-presidente de remo, Gerson Biscotto. A peça estava personalizada com o nome do atleta e o número 10 nas costas.

- Consegui tirar grandes lições da minha última competição e já tracei objetivos de melhora porque meu grande intuito é a Paralimpíada de 2016. Não é fácil, mas vou trabalhar duro para isso e sinto que estou no caminho certo. Não tenho como explicar a emoção de uma bandeira ser erguida, o hino ser tocado, porque você conquistou um resultado significativo. Quero ver isso acontecendo muitas e muitas vezes – disse Michel.

Michel, Biscotto e Eduardo B. de Mello, remo paralímpico (Foto: Divulgação / Site Oficial do Flamengo) 
Michel, Biscotto e Eduardo Bandeira de Mello na sede do remo nesta quarta (Foto: Divulgação / Site Oficial do Flamengo)

Com resultados promissores para as Paralimpíadas do Rio de Janeiro, o carioca, que teve poliomielite na infância, encara uma rotina pesada para poder seguir no esporte. Como depende financeiramente de seu trabalho de mecânico em Duque de Caxias, Michel encara seis conduções públicas por dia para treinar. Os bons resultados que conseguiu nas duplas mistas junto com Joseane Lima lhe abriram as portas para defender o Brasil em competições internacionais.

Os próximos compromissos do atleta são a Regata de Gavirate (15 a 17 de maio) e a Copa do Mundo em Varese (20 e 21 de junho), ambas na Itália. Em setembro ele disputa o Mundial classificatório para o Rio 2016 em Aiguebelette, na França.

remo paralímpico Michel Gomes (Foto: Divulgação / Flamengo) 

Michel posa na máquina ao lado do treinador Franquilin Oliveira (Foto: Divulgação / Flamengo)

Flamengo recebe Final Four da LDA pela segunda vez consecutiva

O Flamengo comemorou sua primeira vitória fora da quadra no Final Four da Liga das Américas. O clube carioca garantiu a sede do evento, que será realizado nos dias 14 e 15 de março, no Maracanãzinho, em anúncio feito pela Fiba nesta quarta-feira. Os outros participantes da competição são Pioneros de Quintana Roo, do México, Bauru e Peñarol, da Argentina.

flamengo x pinheiros FINAL FOUR BASQUETE   (Foto: André Durão)
Marcelinho levanta a taça de campeão da Liga das Américas de 2014 (Foto: André Durão)

A disputa havia ficado restrita ao Rio de Janeiro, Bauru e Mar del Plata. Cancún, que aparecia como cidade favorita a receber o evento, sequer enviou uma proposta para a Fiba. Será a segunda vez consecutiva que o Maracanãzinho vai receber o Final Four da Liga das Américas. No ano passado, o Flamengo conquistou o título da competição.

- Estamos contentes de voltar ao local que nos deu o melhor Final Four da história. Não temos dúvida de que este ano, com três campeões (Peñarol, Pioneros e Flamengo), junto com uma grande equipe como Bauru, será ainda melhor. Serão dois dias de festa para os amantes do basquete - disse Alberto Garcia, diretor regional da Fiba Américas.

Nos confrontos do Final Four, o Flamengo vai enfrentar o Pioneros e o Bauru terá o Peñarol pela frente. Os vencedores se enfrentam no dia seguinte para decidir o título da competição. O campeão garante vaga na disputa do Mundial, também conquistado pelo Flamengo no ano passado.

- Parabéns ao esforço que a diretoria fez trazendo a fase final para o Rio. Agora vamos trabalhar para tentar ter o mesmo sucesso do ano passado - escreveu Olivinha em uma rede social.


José Aldo manda mensagem para Léo Moura, que promete ir à sua próxima luta



Rubro-negro fanático, o campeão dos pesos-penas do UFC, José Aldo, foi às redes sociais deixar sua mensagem de apoio ao lateral-direito Léo Moura, ídolo do Flamengo que faz sua despedida do clube nesta quarta-feira, em amistoso contra o Nacional-URU. O lutador publicou um vídeo no Facebook com uma mensagem para o jogador, se dizendo triste pelo adeus, mas desejando sorte ao colega. Veja o vídeo clicando aqui.

- Fala Léo! Beleza, irmão? Fiquei muito triste com sua despedida, saindo do Mengão. Você sempre foi inspiração para várias pessoas, principalmente a garotada que vem surgindo aí, mas desejo toda a sorte do mundo, que nessa nova empreitada você consiga todos os seus objetivos, que você seja muito feliz. Valeu? Grande abraço, fica com Deus, irmão! - diz Aldo no vídeo. Na legenda do post, ele acrescentou que Moura é "fera" e que vai "torcer muito pelo seu sucesso lá nos Strikers! Tamo junto sempre, irmão!"

Léo Moura respondeu nos próprios comentários da postagem, prometendo presença na próxima luta do campeão, contra o irlandês Conor McGregor, em julho em Las Vegas: "Valeu pelo carinho, irmão!!!! Tamo junto sempre!!! Vou aproveitar e assistir à sua luta, hein!!! Já separa o ingresso!"


Frame José aldo Mensagem Léo Moura

terça-feira, 3 de março de 2015

Flamengo receberá mais R$ 2 milhões da Lei Pelé para custeio dos Esportes Olímpicos


Cara Nação Rubro-Negra,

Continuando com as boas notícias vindas como fruto da decisão em nos tornarmos  um clube-cidadão, anunciamos que o nosso Flamengo, como importante formador de atletas olímpicos, foi oficialmente contemplado com mais R$ 2 milhões relativos ao segundo chamamento de recursos da Lei Pelé. Dessa vez, o edital abrangia  projetos para a cobertura ao pagamento de viagens, hospedagens e taxas federativas de todos os esportes olímpicos disputados pelo clube. Vale registrar que este era o valor máximo que poderia ser requisitado individualmente nessa etapa

Esta é mais uma vitória para todos os rubro-negros e para os mais de 1 mil atletas e 150 profissionais de nossas comissões técnicas que vergam o manto sagrado no Brasil e pelo mundo afora. 

Esta nova conquista prova que parte dos impostos pagos em dia acaba retornando ao nosso clube da forma mais saudável, unindo o ganho financeiro ao reforço de imagem e credibilidade da instituição, em um ciclo virtuoso que só tende a se expandir nos próximos anos. Isto comprova, mais uma vez, que o caminho da correção , seriedade  da cidadania não pode mais deixar de ser trilhado pelo nosso Clube

Para que você possa entender como chegamos a mais esta grande vitória, relatamos abaixo os passos que demos até aqui:

- Em agosto/14, o Flamengo, detentor das certidões negativas de débito, foi considerado apto a receber a verba da Lei Pelé, fazendo parte de um seleto grupo de apenas 16 clubes em todo o Brasil que conseguiu atender às exigências do Edital.

- Em outubro/14, no primeiro chamamento (aquisição de equipamentos), recebemos R$ 5,4 milhões que serão utilizados para a compra de infraestrutura para o remo, canoagem, judô, ginástica artística e voleibol, além da nossa futura piscina Myrtha, a mais moderna do mundo, que será usada para a natação, pólo aquático e nado sincronizado. 

- Com os R$ 2 milhões agora recebidos para despesas correntes, o Flamengo, o único clube de futebol na seleta lista, reafirma sua posição de primeiro lugar – aliás, onde devemos estar sempre em rankings positivos – no recebimento de recursos oriundos da Lei Pelé, totalizando R$ 7,4 milhões nos dois primeiros editais. 

Já estamos nos preparando para os próximos chamamentos que estão para ser anunciados. Cabe lembrar que, diferentemente das leis de incentivo, em que após as aprovações precisamos buscar empresas que queiram nos apoiar (realocação de impostos a pagar para investimentos em nosso clube),  os recursos da Lei Pelé, por serem oriundos de um fundo formado por 0,5% da arrecadação das loterias para a formação de atletas olímpicos, já são depositados diretamente na conta dos respectivos projetos.

Nós, do Conselho Diretor do Clube de Regatas do Flamengo reafirmamos nosso inegociável compromisso de ser um clube poliesportivo,  com o objetivo de formação de cidadãos e atletas de maneira responsável e em beneficio da sociedade . A velha máxima - "Craque, o Flamengo faz em casa" – é nossa obsessão diária, não somente para o futebol e sim para todo o esporte rubro-negro.  Estamos trabalhando diuturnamente para aproveitar esse ciclo até a Olimpíada de 2016,  reformando a Gávea e reconstruindo o nosso esporte olímpico, dentro e fora das arenas esportivas. Temos a consciência que é obrigação do Flamengo, o maior clube do Brasil, liderar o processo de transformações do esporte em nosso país..

Uma vez Flamengo, sempre Flamengo. Saudações rubro-negras,

CONSELHO DIRETOR DO CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO

Recuperados, Paulinho e Pico são relacionados para encarar o Nacional

O Flamengo terá dois esperados retornos no amistoso com o Nacional-URU, que será realizado às 22h desta quarta-feira, no Maracanã, e valerá como despedida de Léo Moura após 10 anos de clube. Enquanto a equipe perde o lateral-direito, que está de saída para o Fort Lauderdale Strikers, dos EUA, vai ganhar a volta de dois jogadores recuperados de lesão: Paulinho e Anderson Pico. Ambos foram relacionados para o duelo contra os uruguaios.

O volante Cáceres, melhor de um trauma no pescoço, também volta após ficar fora do último jogo. O Rubro-Negro, por outro lado, terá dois desfalques por problemas físicos: o meia-atacante Everton, que se recupera de um edema na coxa esquerda; e Samir, que está com dores no músculo adutor da coxa direita. O zagueiro fez exames nesta terça, mas os resultados ainda não saíram. Já o meia Arthur Maia, outro fora da lista, foi poupado pela comissão técnica.

Paulinho treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Site do Flamengo) 
Paulinho no treino do Flamengo nesta terça-feira (Foto: Gilvan de Souza / Site do Flamengo)

Paulinho sofreu séria lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito na Copa do Brasil e foi operado em setembro, há quase seis meses. O atacante participou da pré-temporada em Atibaia-SP ainda com algumas limitações e, aos poucos, foi voltando ao seu ritmo normal.

O caso de Anderson Pico foi bem mais simples. O lateral-esquerdo sofreu uma lesão no menisco externo do joelho direito em uma das primeiras partidas do Campeonato Carioca e passou por uma artroscopia. Voltou a treinar normalmente menos de um mês após o procedimento cirúrgico.

Veja a lista de relacionados para o amistoso com o Nacional:

Goleiros: Paulo Victor e César.
Laterais: Léo Moura, Pará, Anderson Pico e Thallyson.
Zagueiros: Wallace, Bressan, Marcelo e Frauches.
Volantes: Márcio Araújo, Canteros, Cáceres, Jonas e Luiz Antonio.
Meia: Lucas Mugni.
Atacantes: Marcelo Cirino, Nixon, Gabriel, Eduardo da Silva, Alecsandro e Paulinho.

Flamengo chega a 9 mil ingressos vendidos para jogo de despedida de Léo Moura

Léo Moura, Flamengo X Boavista (Foto: Márcio Alves / Agência O globo) Até o fim da tarde, o Flamengo havia vendido 9 mil ingressos para o amistoso com o Nacional, do Uruguai. Ou seja, a terça, com 6 mil, teve pelo menos o dobro de vendas da segunda, com 3 mil. O duelo será realizado às 22h desta quarta, no Maracanã. Léo está de saída para o Fort Lauderdale Strikers, dos EUA.

Os setores Norte, Oeste e Leste inferior foram disponibilizados para a partida. Os preços para o Norte são de R$ 50 (R$ 25 a meia) para torcedores em geral e R$ 40 (R$ 20 a meia) para sócios-torcedores. No Oeste e Leste os preços são de R$ 60 (R$ 30 a meia) para a torcida em geral e R$ 40 (R$ 20 a meia) para sócios-torcedores.



VENDA E RETIRADA NO DIA DO JOGO (10h às 13h)

Sede do Flamengo, além das bilheterias do Maracanã

BILHETERIAS DO MARACANÃ (10h até o fim do primeiro tempo)
Bilheteria 4 (Júlio Delamare) – Venda geral para a torcida do Flamengo
Contêiner Mata Machado – Atendimento ao sócio-torcedor do Flamengo

Venda das 17h até o término do primeiro tempo:
Bilheteria 1 (Maracanãzinho) – Venda geral para a torcida do Flamengo
Bilheteria 2 (Maracanãzinho) – Venda geral para a torcida do Flamengo
Bilheteria 3 (Célio de Barros) – Retirada compra pela internet


Comissão de oito clubes criada na CBF era "aberta a quem quisesse entrar"





Durante o Conselho Técnico do Campeonato Brasileiro, realizado na CBF, na última segunda-feira, foi criada uma comissão de oito clubes para discutir temas ligados ao futebol no país. Fazem parte dela o Atlético-MG, Atlético-PR, Coritiba, Flamengo, Grêmio, Santos, Sport e o vasco. Mas os membros não foram impostos, de acordo com o presidente gremista.

– A comissão foi criada para quem quisesse participar. Quem quis, entrou. Ainda não há uma liderança. Vamos fazer reuniões para discutir diversos temas. O presidente do Flamengo ficou de conversar sobre o fair-play financeiro no Congresso Nacional – afirmou Romildo Bolzan Jr., que fez referência à presença de Eduardo Bandeira de Mello em Brasília para reuniões que trataram da LRFE (Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte).

Entre os assuntos na pauta da comissão estão cotas de televisão e a fórmula de disputa do Brasileirão. O Grêmio é favorável à volta do mata-mata e quer acumular o maior número de propostas possível para tentar apresentar a melhor à CBF. Qualquer mudança só será aplicada em 2016, já que o campeonato deste ano tem até tabela pronta e divulgada.

– O que senti de mais positivo na reunião é que o Marco Polo (Del Nero, presidente eleito da CBF que tomará posse em abril) quer abrir o debate – frisou o presidente do Grêmio.

Juninho pisa no Ninho pela 1ª vez e interrompe entrevista para tietar Léo

A despedida de Léo Moura do Flamengo fez até um ídolo do Vasco deixar a rivalidade clubística de lado para se render ao lateral-direito. O ex-jogador Juninho Pernambucano, que atualmente é comentarista da TV Globo, pisou no Ninho do Urubu pela primeira vez na tarde desta terça-feira, logo após a última entrevista coletiva de Léo, para prestigiar o antigo companheiro de profissão. Com bom humor, Juninho interrompeu a entrevista que estava sendo feito pelo GloboEsporte.com. Ele brincou e lamentou o fato de os dois não terem jogado juntos. 

- Essa eu vou ter que interromper. É a primeira vez que eu venho aqui e é uma honra. Bela carreira, 10 anos vestindo a camisa do Flamengo. Não tivemos a sorte de jogar juntos, mas parabéns pelos 10 anos, muita sorte na sequência. Prepara o coração para amanhã porque não vai ser fácil. Esse aqui merece uma reverência como um exemplo para os jovens, que a gente busca tanto, e agora vai seguir uma nova vida. Amanhã vai ter que preparar o coração, pois vai precisar - disse o ídolo vascaíno.

Frame Juninho Pernambucano e Léo Moura, Flamengo (Foto: Reprodução) 
Juninho Pernambucano prestigia Léo Moura no treino do Flamengo (Foto: Thiago Correia)

Com lágrimas nos olhos, Léo Moura ficou visivelmente emocionado com a atitude de Juninho e agradeceu as palavras do ex-adversário nos clássicos entre Flamengo e vasco.

- Sem palavras. Estava falando que não tive a sorte de jogar ao lado dele, né? Só o azar de jogar contra (risos). Mas receber as palavras do Juninho, cara... É um ídolo, então eu fico muito feliz e honrado por causa disso.

Outro ex-atleta que prestigiou Léo Moura nesta terça foi Junior. O também comentarista da TV Globo brincou com a dupla e disse que Juninho ainda poderia estar na ativa. E por que não no Fort Lauderdale Strikers, dos EUA, junto do novo camisa 10 do time?

- Aí, Léo, que conversa fiada danada! Fininho, dá para jogar ainda. Leva ele para os EUA.

A despedida de Léo Moura será realizada na noite desta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã. Será um jogo amistoso com o Nacional, do Uruguai.

Frame Juninho Pernambucano, Junior e Léo Moura, Flamengo (Foto: Reprodução)Juninho, Junior e Léo Moura reunidos em clima de brincadeira (Foto: Thiago Correia)
 
 

Sede náutica do Flamengo recebe a visita da equipe britânica de canoagem

A sede náutica do Flamengo, na Lagoa Rodrigo de Freitas, recebeu, nesta terça-feira, uma visita da equipe britânica de canoagem. O comitê fez um reconhecimento da raia onde os atletas da Grã-Bretanha competirão na Rio 2016.

Equipe britânica canoagem visita Flamengo (Foto: Divulgação/Brasil 2016) 
Equipe britânica canoagem visita a sede náutica do Flamengo (Foto: Divulgação/Brasil 2016)
 
Os britânicos foram recebidos pelo vice-presidente do remo rubro-negro, Gerson Biscotto, e pelo supervisor técnico da modalidade, Edson Figueiredo, que comentou sobre a ilustre visita, revelando que, em agosto, alguns atletas estarão no local para fazer uma ambientação.

- A vinda deles foi muito positiva. Os atletas aproveitaram para conhecer a raia olímpica e utilizaram o centro de condicionamento de força do remo. Eles saíram daqui maravilhados e muito agradecidos. Em agosto, os remadores, também da Grã-Bretanha, que já estiveram nos visitando em 2014, retornam para mais alguns dias de ambientação - afirmou.

Felício comanda, e Flamengo domina Brasília pela segunda fase da LDB

Cristiano Felício voltou a fazer a diferença em quadra. Assim como na partida anterior, o jogador foi o principal nome do Flamengo pela segunda fase da Liga de Desenvolvimento (LDB). Com 17 pontos e oito rebotes do pivô, o Rubro-Negro venceu o Brasília por 90 a 58 em uma partida onde dominou do início ao fim, sem levar qualquer tipo de susto. Com o segundo triunfo na segunda fase, a equipe praticamente garante sua classificação para a fase final, dependendo de um triunfo do invicto Basquete Cearense sobre o Paulistano, ainda nesta terça-feira.

Além de Felício, Diego foi outro grande nome pelo lado do Flamengo, marcando também 17 pontos, e quatro rebotes. Chupeta entrou bem na partida, com 16 e nove rebotes. Já no time do Brasília, o cestinha foi Bruno, com 13 pontos. Nesta quarta-feira, o Flamengo enfrentará o Basquete Cearense, às 14h. O time do Distrito Federal, por sua vez, volta para a quadra diante do Paulistano, às 10h. A fase final será no fim de semana.

Brasília x Flamengo NBB basquete (Foto: João Pires/FotoJump/LNB) 
Felício teve outra boa atuação na vitória do Flamengo (Foto: João Pires/FotoJump/LNB)
 
No regulamento da competição, todas as equipes se enfrentaram na primeira fase em turno e returno, e os oito melhores avançaram para a segunda etapa. Nela, que está sendo disputada essa semana em São Paulo, os times são divididos em duas chaves. Os times jogam em turno único e os dois primeiros passam para o Final Four, quadrangular que definirá o campeão do torneio.

O jogo

O Flamengo mostrou superioridade desde o primeiro quarto, chegando a abrir 8 a 2 no placar. A equipe contava com nova boa atuação de Cristiano Felício, que dava trabalho aos marcadores do Brasília. A etapa terminou com o time carioca com cinco pontos na frente.

Logo no começo do segundo quarto, o Flamengo ampliou o domínio e abriu 10 de vantagem. Chupeta e Diego também dificultavam a vida dos adversários. Felício, por sua vez, assumia o posto de dono do garrafão. A vantagem rubro-negro então chegou a mais de 20 pontos.

O Brasília até tentou esboçar um novo ritmo na partida, mas o Flamengo logo manteve sua força inicial sem deixar a equipe adversária reagir ou tentar equilibrar o jogo. Quase na metade do terceiro quarto, o placar estava 53 a 22 para os rubro-negros.

Os rubro-negros não foram ameaçados até o fim. Já com a vitória assegurada, o Flamengo nem precisou de muitos esforços. Os reservas do time também entraram bem na partida e ajudaram a manter o placar elástico.

Flamengo e Bauru enviam propostas para receber o Final Four da LDA


Classificados para o Final Four da Liga das Américas, Flamengo e Bauru agora brigam para receber o evento, que será realizado nos dias 14 e 15 deste mês e contará ainda com Peñarol-ARG e Pioneros de Quintana Roo-MEX. Os clubes já enviaram suas propostas para a Fiba Américas e esperam a resposta da entidade na quarta-feira.

Os quatro classificados para o Final Four decidiram nviar propostas. A Fiba confirmou o recebimento apenas das encaminhadas por Bauru e Peñarol (Mar del Plata). Diretor de Esportes Olímpicos do Flamengo, Marcelo Vido confirmou o clube na disputa.



Foto:  Olivinha e Neto com a taça da Liga das Américas conquistada em 2014

- Entramos sim. Estamos finalizando a proposta - afirmou Vido, ao GloboEsporte.com.

O Pioneros também deve enviar a sua proposta até as 14h (de Brasília), quando termina o prazo estipulado pela Fiba Américas. O clube recebeu em Cancún duas fases da Liga das Américas deste ano e o local conta com a simpatia dos dirigentes.

Os clubes consideram o fato de ser sede do evento como um motivador para a conquista do título. O Flamengo recebeu o Final Four do ano passado, com jogos no Maracanãzinho, e terminou campeão. Este ano, a ideia do clube carioca é mandar os jogos no mesmo local.