Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 21 de maio de 2016

Flamengo faz 1 a 0 na série final do NBB




Bauru 77 x 83 Flamengo    

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Flamengo vence Rio Preto fora de casa e é campeão do Brasileirão feminino


Rio Preto x Flamengo, Rio Preto, Flamengo, feminino (Foto: Reprodução / SporTV)

O Flamengo é campeão brasileiro de futebol feminino. As meninas do Rubro-Negro venceram o Rio Preto por 2 a 1, na noite desta sexta-feira, no estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto, no interior paulista, invertendo a desvantagem da partida de ida e chegando ao primeiro título do nacional. Campeãs em 2015, as donas da casa dão adeus o sonho do bicampeonato.

O jogo
A desvantagem do Flamengo, ao perder por 1 a 0 na primeira partida, pouco durou. Logo aos cinco minutos, de pênalti, Larrisa abriu o placar para o Rubro-Negro em cobrança em que a goleira adversária nem foi na bola.

No entanto, o Fla à frente no placar durou menos ainda.  No lance seguinte, quem teve penalidade a favor foi o Rio Preto. Simeia soltou a bomba e empatou, recolocando as paulitas em condição de levantar a taça.

                                                                               
                                                                   Larissa comemora o primeiro gol (Foto: Reprodução / SporTV)

Aos 43 do primeiro tempo, o Fla aproveitou falha da goleira Luciana, que rebateu nos pés de Gaby. A meia do Rubro-Negro tocou entre as pernas da adversária e fez o gol do título carioca.

Na etapa final, o Rio Preto não teve criatividade e abusou do nervosismo, cometendo muitas faltas. Já nos acréscimos, Maurine saiu na cara do gol em contra-ataque, mas chutou em cima da goleira Luciana. Ainda assim, o Fla segurou mais alguns minutos e comemorou o título.

Coisa maldita, vasco sanitário: vice para sempre


Domingo tem Mengão na Globo

DOMINGO, 22                       


Série A do Brasileiro

16h Grêmio x Flamengo
Transmissão: TV Globo para RJ, SC, PR (Foz do Iguaçu e Cascavel), MG, ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior e Renato Marsiglia) e Premiere (com Luiz Alano e Roger Flores)

Flamengo se classifica para Sul-Americana, com eliminação na Copa do Brasil

Mesmo eliminado ainda na segunda fase da Copa do Brasil pelo Fortaleza, o Flamengo garantiu o direito de ter uma das seis vagas concedidas através do Brasileirão na Copa Sul-Americana, que será disputada em Agosto.

O Flamengo terminou o Campeonato Brasileiro na 12ª colocação. Como Internacional, que ficou em quinto, já tem uma vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil e o Palmeiras, que foi nono, disputou a Libertadores, bastava ao Rubro-negro não chegar às oitavas para ficar com uma das seis vagas da Sul-Americana pelo Brasileirão, como acabou acontecendo.

As outras duas vagas para times brasileiros ficam com os campeões das Copas do Nordeste e Verde.

BOTAFOGO 1 X 0 JUAZEIRENSE

 


Renda: R$ 3.970,00

Público pagante: 355

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Cotado para assumir o futebol do Flamengo, Marcos Braz solta o verbo: ‘Pior primeiro semestre da história’

Marcos Braz está cotado para assumir o futebol do Flamengo








Cotado para assumir o futebol do Flamengo no lugar do criticado Rodrigo Caetano, Marcos Braz soltou o verbo sobre a atual fase do Rubro-negro, nesta quinta-feira.

Ele usou o Twitter para se manifestar.

“Não pode deixar pra resolver o problema, quando não há mais nada pra ser resolvido! Tinham que resolver antes da derrota na Liga! Depois veio mais uma eliminação para o maior rival, e agora essa vergonha na copa do Brasil! Não dá!!”, postou Braz.

“Deixar pra resolver problema após a 3ª eliminação? Se já se sabe como resolver isso, pq não resolveram antes? No início do ano?”, acrescentou.

Braz eximiu o técnico Muricy Ramalho de culpa pelos recentes fracassos, e citou a falta de qualidade do elenco.

“Na montagem deste elenco! É preciso cobrar todo mundo! Mas também é preciso dar condições de trabalho pra quem comanda! Temos um competente e multicampeão técnico. Mas não temos um elenco forte para a disputa de títulos! Assim como não tivemos nos ultimo anos. O time precisa ser forte, a altura do CRF!”, postou.

Por fim, falou que o primeiro semestre, com três eliminações, entrou para a história do clube de forma negativa.

“Contra fatos não há argumentos! Pior primeiro semestre da história do CRF! Isso não pode ser ignorado! Temos bons jogadores mas não elenco!”.

Comandando o futebol do Flamengo, Marcos Braz foi campeão brasileiro em 2009.









quarta-feira, 18 de maio de 2016

FLAMENGO 1 X 2 FORTALEZA

FICHA TÉCNICA:


Data/hora: 18/5/2016, às 21h45

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Árbitro: Diego Almeida Real (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade (RS)

Cartões amarelos: Anselmo (FOR); Ederson, Everton (FLA) 

Público e renda: 4.390 pagantes / R$ 77.550,50

Gols: Pio, aos 3'/1°T (0-1) e aos 19'/2° T (0-2); Alan Patrick, 43'/2°T (1-2)

Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Cuéllar, Arão, Mancuello (Alan Patrick, 16'/2°T) e Everton (Marcelo Cirino, 6'/2°T); Emerson (Fernandinho, 25'/2°T) e Ederson.  
Técnico: Jayme de Almeida.

Fortaleza: Ricardo Berna; Felipe (Elivelton, 36'/2°T), Lima, Edimar e Wilian Simões; Juliano, Pio, Dudu Cearense, Jean Mota e Everton (Juninho, 39'/2°T); Anselmo (Corrêa, 35'/2°T).
Técnico: Marquinhos Santos.

Flamengo x Bauru na final do NBB8



Numa das melhores partidas da série e da competição, o Flamengo derrotou o Mogi das Cruzes, na noite desta terça-feira, ao lado da sua apaixonada torcida, por 79 a 75 e pela sexta vez , sendo quatro consecutivas, irá disputar o título do Novo Basquete Brasil.

O adversário do rubro-negro carioca, que fechou o playoff semifinal contra o Mogi em 3 a 2,  será o Bauru que no outro playoff semifinal eliminou o Brasília por a 3 a 0.

A primeira partida do playoff final, em melhor de 5 partidas, será neste sábado, a partir das 14:00 horas com transmissão, ao vivo, do SporTV, direto da cidade de Marília. Lembrando que o Flamengo terá a vantagem de jogar o maior número de partidas em casa por ter ficado em primeiro lugar na fase de classificação com 23 vitórias e 5 derrotas, enquanto o Bauru acabou em segundo lugar com 21 vitórias e 7 derrotas.

Na fase de classificação do NBB8, as equipes se enfrentaram duas vezes com uma vitória para cada lado, sempre com mando de quadra. No turno, na primeira partida da atual competição o Bauru venceu por 77 a 73. No returno, na cidade maravilhosa do Rio de Janeiro, o Flamengo devolveu a derrota por 85 a 69.

Na história do Novo Basquete Brasil as equipes se enfrentaram 26 vezes com 19 vitórias do Flamengo, sendo 10 em casa e 9 fora de casa. Das 7 vitórias do Bauru, 4 foram obtidas ao lado da sua torcida.

Este será o segundo playoff final consecutivo entre as duas forças do basquetebol brasileiro. Na temporada passada o Flamengo se deu bem e venceu os dois jogos do playoff final, em melhor de 3 partidas.

O ala/pivô Olivinha com 22 pontos, sendo 14 no terceiro período, e 8 rebotes, e o ala Marquinhos com 16 pontos, 6 rebotes e 5 assistências foram os destaques do Flamengo. Pela equipe paulista os destaques foram o ala Shamell com 21 pontos e 4 rebotes e o ala/pivô Lucas Mariano com 14 pontos e 3 rebotes.

Vamos curtir os melhores momentos do jogo 5 entre Flamengo e Mogi com a narração do Odinei Ribeiro.

Sem jogar desde fevereiro de 2015, Nixon volta a ser relacionado pelo Flamengo


Nixon, Rafael Dumas, Ederson, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Sem jogar desde 22 de fevereiro de 2015, quando Flamengo e Madureira empataram por 1 a 1, o atacante Nixon enfim volta a ser relacionado para uma partida. Ele viajou com o restante do elenco rubro-negro para Volta Redonda, onde o time enfrenta o Fortaleza, pela segunda fase da Copa do Brasil - no jogo de ida, os cearenses venceram por 2 a 1.

Baiano de Juazeiro, o atacante de 23 anos passou por cirurgia em julho de 2015 após romper o tendão patelar do joelho esquerdo durante treinamento. Vale destacar que ele já havia sido operado quatro meses antes por problema congênito na mesma região.

Nixon voltou a treinar com os companheiros no fim de janeiro para fevereiro de 2016, e a transição foi lenta e gradual. Fisiologistas e médicos tiveram cautela para não precipitar o retorno do atleta às atividades com bola.

No início do trabalho na atual temporada, geralmente tinha a companhia de Ederson, que também sofreu com problemas físicos no ano passado.

Por se tratar de um problema que demandou bastante tempo até voltar a ser cogitado para as partidas, Nixon foi blindado pelo Flamengo. No longo período de afastamento, concedeu apenas uma entrevista, para o GloboEsporte.com, em agosto de 2015. Nela, disse se inspirar em Ronaldo Fenômeno, cuja carreira foi marcada por graves lesões, na luta por um retorno vitorioso.

- Quando me machuquei, lembrei bem do Ronaldo, pois ele teve lesão parecida. Creio que a dele foi até um pouco mais complexa do que a minha. Ele acabou voltando e sendo melhor do mundo, melhor da Copa, artilheiro, e mostrou perseverança. Passou por tudo aquilo e conseguiu êxito.

Profissional do Flamengo desde setembro de 2012, Nixon tem 75 jogos pelo time principal e 14 gols marcados. Conquistou a Copa do Brasil em 2013 e participou do lance em que Márcio Araújo marcou o gol do título do Carioca de 2014.

Flamengo mandará seus jogos da final do NBB 8 na Arena Carioca 2


Nem Arena da Barra nem Maracanãzinho, o palco que receberá os jogos da final do NBB 8 entre Flamengo e Bauru, no Rio de Janeiro, será a Arena Carioca 2. O acordo foi selado entre a diretora do clube da Gávea e o Comitê Rio 2016. Ao menos dois serão realizados nela, o que representará uma espécie de evento-teste para as Olimpíadas e Paralimpíadas. A estreia do ginásio, com capacidade para 10 mil pessoas, será no dia 26 de maio. Dois dias depois, acontece o jogo 3 contra os paulistas. O primeiro encontro será no próximo sábado, dia 21, às 14h10m, em Marília. O SporTV transmite o clássico.

Antepenúltima das instalações do Parque Olímpico a ficar pronta - faltam o velódromo e o Centro de Tênis - o local foi entregue pela prefeitura para o Comitê Rio 2016. Ela abrigará as disputas de judô, luta olímpica e bocha paralímpica.

Na noite desta terça-feira, o Flamengo chegou à sua quarta decisão consecutiva ao bater o Mogi no lotado Ginásio do Tijuca. Com o resultado, o Rubro-Negro fechou a série semifinal por 3 a 2 e, agora, reeditará a final do NBB 7. A única diferença entre a antiga série e a atual é o número de jogos: de três para cinco.

Inauguração da Arena Carioca 2, Olimpíadas Rio 2016 (Foto: PAULA JOHAS / PREFEITURA DO RIO) 
Inauguração da Arena Carioca 2 foi há três dias. Sua inauguração será na final do NBB 8, entre Flamengo e Bauru(Foto: PAULA JOHAS / PREFEITURA DO RIO)

Olivinha brilha no 2º tempo, Flamengo vence Mogi e vai à final

Olivinha Flamengo x Mogi NBB Basquete (Foto: André Durão)
A expressão de decepção dos jogadores de Mogi após o toco de Marquinhos em Larry Taylor nos segundos finais do jogo 4, sábado passado, contrastou com o semblante de alívio dos rubro-negros. Naquele momento, não passava pela cabeça de ninguém que os atuais tricampeões nacionais bobeariam novamente dentro de casa. Talvez nem na do técnico do time paulista, Danilo Padovani, que, suspenso, acompanhou o confronto de dentro do ônibus, pela internet. E não bobearam mesmo. Quem pensava que só a camisa quatro vezes campeã da competição bastaria se enganou. Os donos da casa tiveram que se desdobrar para chegar a mais uma decisão. Depois de ir para o vestiário perdendo por oito pontos, o Flamengo contou com um segundo tempo iluminado de Olivinha para virar, vencer por 79 a 75 (36 a 44) e avançar para enfrentar o Bauru na final do NBB 8.

Olivinha foi o cestinha da partida, com 22 pontos e oito rebotes. Marquinhos ajudou com outros 14 pontos, enquanto Meyinsse

A série final entre Flamengo e Bauru, melhor de cinco jogos, começa no próximo sábado, às 14h10, em São Paulo. O jogo 2 será no Rio de Janeiro, dia 26 de maio, às 18h. O jogo 3 acontece mais uma vez no Rio, dia 28, às 14h10. O time da Gávea mandará seus jogos na Arena Carioca 2, instalação olímpica que foi inaugurada na última semana e receberá as disputas de judô, luta olímpica e bocha paralímpica. O SporTV transmite tudo ao vivo, e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

Marquinhos Flamengo NBB Basquete (Foto: André Durão) 
Marquinhos comemora vaga na final com a torcida do Flamengo(Foto: André Durão)
O JOGO

Um primeiro quarto literalmente igual. Embalado pelo público que mais uma vez lotou o ginásio do Tijuca Tênis Clube (cerca de 1.600 torcedores), o Flamengo começou um pouco melhor. Fez 2 a 0 com Olivinha num contra-ataque puxado por Marquinhos, abriu 13 a 9, a maior diferença do quarto, e comandou as ações até Shamell colocar o Mogi à frente pela primeira vez a pouco menos de três minutos do fim. Aliás, quem achava que a bola perdida no jogo 4 que praticamente selou a vitória dos rubro-negros iria abalar o americano, se enganou. O ala do time paulista estava naqueles dias. Com 11 pontos no período, travou um duelo particular com Marquinhos, que anotou sete, e foi o responsável por Mogi segurar a pressão dos donos da casa: 23 a 23.  


Flamengo x Mogi - semifinal nbb jogo 5 basquete (Foto: André Durão)
Mogi voltou melhor no segundo quarto. Principalmente na defesa. Mesmo com Tyrone no banco, que não viu a bola nos minutos iniciais, o time paulista não deixa os rubro-negros respirarem. Com uma corrida de 14 a 7, os visitantes fizeram 37 a 30 e abriram a maior diferença do jogo. Foi a senha para Neto voltar com Marquinhos e Meyinsse, que permaneceram tempo depois do lado de fora. Bem no primeiro quarto, a dupla voltou pontuando, e a vantagem paulista caiu para três. Mas Mogi deu o troco rapidamente, anotou sete pontos seguidos e abriu dez. Meyinsse ainda achou uma enterrada no estouro do cronômetro para diminuir o prejuízo para oito (44 a 36).

O terceiro quarto foi de enlouquecer. Com quatro pontos seguidos, o Flamengo começou colocando pressão. Mas Lucas Mariano e Tyrone, cada um com uma bola de três, esfriaram a reação rubro-negra e jogaram a diferença lá pra cima novamente. Mas o momento dos donos da casa era bom, principalmente o de Olivinha. Com 14 pontos do ala-pivô no período, os tricampeões reagiram, viraram o jogo e abriram quatro de frente. Desta vez Mogi sentiu. E como sentiu. Mas o Flamengo não aproveitou os sucessivos erros do time paulista e foi castigado com uma bola mágica do meio da quadra de Larry, que diminuiu a diferença para apenas um pontinho.

Os últimos dez minutos prometiam. E não deu outra. Num jogo de gato e rato, Flamengo e Mogi se alternavam na liderança e deixavam o resultado totalmente imprevisível. A vitória ficou mais perto do time paulista algumas vezes, outras do lado rubro-negro. A menos de dois minutos do estouro do cronômetro, o jogo continuava indefinido. Mas quando Olivinha, com um tapinha, colocou o time carioca três pontos à frente, a 40 segundos do fim, a vitória pulou no colo do Flamengo. Mas era cedo para comemorar, e Alexandre Rios pediu tempo. Na volta para quadra, Shamell desperdiçou uma bola de três e aí não teve mais jeito. O Tijuca explodiu: 79 a 75. O Flamengo está em sua quarta decisão de NBB seguida. 

Finais

Flamengo (1º) x Bauru (2º)
Jogo 1 - 21/05: Bauru x Flamengo, às 14h10, em Marília
Jogo 2 - 26/05: Flamengo x Bauru, às 18h, no Rio de Janeiro
Jogo 3 - 28/05: Flamengo x Bauru, às 14h10, no Rio de Janeiro
Jogo 4 - 04/06: Bauru x Flamengo, às 14h10, em Marília*
Jogo 5 - 11/06: Flamengo x Bauru, às 14h10, no Rio de Janeiro*
*SE NECESSÁRIO



Fora, Rio Preto bate Flamengo e fica perto do bi no Brasileirão Feminino

Aproveitar as chances é essencial em uma decisão de Campeonato Brasileiro. E foi assim que o Rio Preto derrotou o Flamengo, por 1 a 0, na partida de ida da final do nacional feminino, disputado na noite desta terça-feira, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias-RJ. O Fla teve as melhores oportunidades, mas quem marcou foi Jéssica, com um golaço de cobertura, em uma das poucas chegadas do Jacaré. A diferença de um gol dá vantagem ao time paulista para o segundo jogo. 

Com a vitória, o Rio Preto tem a vantagem de empatar para conquistar o bicampeonato do Brasileirão Feminino. Para o Fla, resta vencer o jogo anotando, ao menos, dois gols. Vitória Rubro-Negra por 1 a 0 leva o jogo para os pênaltis. 

Rio Preto e Flamengo voltam a se enfrentar nesta sexta-feira, às 19h, no estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto. O SporTV 3 transmite a partida, que terá acompanhamento em Tempo Real no GloboEsporte.com

Flamengo x Rio Preto Brasileiro Feminino (Foto: Patrícia Esteves) 
Mesmo fora, o Rio Preto venceu e deu passo importante pelo título do Brasileiro Feminino (Foto: Patrícia Esteves)

terça-feira, 17 de maio de 2016

Flamengo 52 jogos invictos


Recorde nacional de invencibilidade, e segundo maior do mundo: 52 jogos invictos. Perdendo apenas para o Celtic da Escócia com mais de 80 jogos invictos.

- No dia 27 de maio de 1979 o Flamengo alcançou a marca de 52 jogos sem derrota. Na ocasião, o Flamengo venceu o Campo Grande por 2x1 durante a disputa do Campeonato Carioca de 1979, o qual viria a vencer, chegando ao terceiro dos tricampeonatos do clube neste torneio. Com isso, igualou a marca do rival Botafogo e se tornou recordista em partidas invictas no futebol brasileiro.

Rapidinhas do Mengão


Flamengo enfrenta Rio Preto em busca do título inédito do Brasileiro feminino
O Flamengo tem uma difícil missão nesta terça-feira. Com Maurine e companhia, o Rubro-Negro entra em campo para enfrentar o Rio Preto, às 19h, em busca do título inédito do Campeonato Brasileiro feminino. O duelo, que terá entrada gratuita aos torcedores, será no estádio Los Larios, em Duque de Caxias.

Flamengo tenta chegar à sua quarta final seguida
A vitória sobre o Mogi no jogo 4 da série semifinal do NBB, conquistada nos segundos finais do jogo do último sábado, deu novo ânimo ao Flamengo para buscar a vaga na decisão contra o Bauru e lutar pelo quinto título da competição. Na avaliação do técnico José Neto, o resultado fora de casa vai motivar a torcida a apoiar o time no duelo da próxima terça, às 21h, no ginásio do Tijuca - os ingressos estão esgotados.
O SporTV transmite o jogo 5 entre Flamengo e Mogi ao vivo. O Globo Esporte .com acompanha ponto a ponto, em Tempo Real.

Em baixa na Ponte, Jonas aguarda Fla e estuda ofertas para escolher destino
Eduardo Maluf, empresário do jogador, desconversa sobre situação no Majestoso e espera por reunião com diretoria do Flamengo para decidir onde o volante vai jogar

Fla espera decisão da Fifa e negocia custos para trazer Hernane de volta
Diretoria silencia, mas já discute valores para trazer jogador do Bahia. Jurídico aguarda definição na Suíça para clube não correr risco de perder por venda de 2014

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Coritiba faz contraproposta a Flamengo para liberar Juninho e tenta envolver atletas


Juninho Coritiba (Foto: Divulgação/ Coritiba)

A novela envolvendo a possível transferência do zagueiro Juninho, do Coritiba, para o Flamengo, ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira. O Alviverde apresentou uma contraproposta para ceder o defensor ao clube carioca. Após o Fla ter oferecido R$ 5 milhões por 50% do jogador, o Coxa pediu pelo menos R$ 7 milhões e aguarda por uma resposta. Destes, R$ 2 milhões seriam destinados para comprar 35% do Junior Team, clube que detém parte dos direitos do atleta. As informações são da jornalista Nadja Mauad, do blog da Nadja. 
Segundo a blogueira, o Flamengo teria oferecido  os volantes Hector Canteros e Jonas na negociação. Por outro lado, o Coritiba se interessa por Canteros e o meia-atacante Gabriel.

Na última semana, o diretor de futebol do Coritiba, Valdir Barbosa, admitiu que os cariocas ofereceram um contrato de R$ 12 milhões por cinco anos. Para conseguir segurar Juninho, o Coritiba ofereceu um aumento salarial, mas já admite dificuldades para bancar a permanência do jogador, cuja multa gira em torno dos 10 milhões de reais.

Ainda de acordo com a jornalista, um representante do Flamengo esteve em Curitiba para conversar pessoalmente com o Coritiba e tentar agilizar a contratação do jogador. Além do Flamengo, um time da França e o Grêmio também sondaram o zagueiro.

O GloboEsporte.com tentou entrar em contato com a diretoria do Coritiba, mas não obteve resposta.

Kleina mostra preocupação
Após a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, no último sábado, na estreia do Campeonato Brasileiro, o técnico Gilson Kleina demonstrou preocupação com a situação envolvendo o zagueiro Juninho. Em entrevista coletiva à imprensa, o treinador disse que pediu para que o jogador mantivesse o foco mesmo em meio a uma possível saída do Coritiba. Contra a Raposa, Juninho atuou os 90 minutos e jogou ao lado de Rafael Marques.
– Isso começou a me incomodar antes da decisão. Mexeram com a cabeça de alguns jogadores nossos e que acabam perdendo o foco. O que conversei com o Juninho é que mantenha o foco e continue jogando, porque é o Coritiba que está mostrando ele para os grandes centros. O maior empresário que ele tem são as pernas dele. Se ele mudar o foco, as coisas podem dificultar e futebol não tem muita memória. Entendo o esforço da diretoria, mas existem multas, empresários e donos de porcentual conversando e que foge um pouco (do controle). Mas se o Juninho não ficar, vamos treinar outro garoto e seguir.

Natural de Londrina (PR), Juninho tem 21 anos e possui contrato com o Coritiba até 2018. Titular absoluto, atuou em 18 das 22 partidas do time nesta temporada. O zagueiro vem da categoria sub-17 do Alviverde e foi promovido ao time profissional em julho do ano passado, desbancando zagueiros do elenco como Luccas Claro e Rafael Marques. Ao lado de Walisson Maia, Juninho contribuiu para a consolidação defensiva do Coritiba no segundo semestre do Brasileirão em 2015.




Flamengo encosta Wallace, e zagueiro inicia treino separado nesta segunda


Wallace Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)Capitão do Flamengo até poucos dias atrás, Wallace conhece nesta segunda-feira a outra face da gangorra do futebol. O jogador se apresenta no Ninho do Urubu às 9h para iniciar trabalho separado do restante do elenco, que treina à tarde no centro de treinamento. Sem proposta de venda para o jogador, o Flamengo segue irredutível em emprestá-lo ao Grêmio, que ainda procura zagueiro no mercado. O Tricolor gaúcho arcaria com salários do jogador e teria opção de compra do atleta no final do contrato - que poderia ser até dezembro ou por um ano.

Titular do Flamengo até o último sábado, quando deixou a concentração e voltou para o Rio, Wallace tem contrato com o clube até dezembro de 2018. O jogador conversou com Muricy Ramalho na noite de sexta-feira em Volta Redonda e disse ao treinador, com o interesse do Grêmio em sua contratação por empréstimo, que preferia ser negociado a seguir passando por situações e pela pressão - que classificou como insustentável - de um momento ruim no clube.

A proposta gaúcha - que poderia pagar cerca de R$ 3 milhões ao fim do empréstimo para ficar com o jogador em definitivo - levou o atleta a reiterar ao treinador a decisão de deixar o clube. Muricy comunicou o desejo do atleta ao diretor de futebol Rodrigo Caetano. Irritada com o contato do Grêmio direto ao jogador, a diretoria mantém que não tem interesse em emprestar Wallace. Mas apenas vendê-lo. O impasse não tem hora para acabar.

Wallace completa 29 anos em dezembro. Com salário de cerca de R$ 150 mil, ele vai treinar separado do restante do grupo até nova ordem do Flamengo. O jogador conquistou dois títulos pelo Flamengo, sempre como titular: a Copa do Brasil de 2013 e o estadual de 2014. Ele fez 177 jogos com a camisa rubro-negra e marcou sete gols pelo Flamengo.

Em evento de dirigentes, Caetano revela que Flamengo quer volta de Hernane

Não é só para a zaga que o Flamengo vai ao mercado. A diretoria rubro-negra quer a volta de Hernane Brocador para fazer sombra a Guerrero. A revelação foi feita em evento da categoria, na CBF, pelo diretor executivo de futebol do clube Rodrigo Caetano. Durante a palestra do diretor de registro e transferência da CBF, Reynaldo Buzzoni, no 18º encontro da Associação Brasileira dos Executivos de Futebol (Abex), o dirigente do Flamengo perguntou se a entidade poderia interferir no imbróglio com os árabes - o Al Nassr contratou Hernane em 2014, mas nunca pagou o clube e recentemente recebeu do Corinthians por Marquinhos  Gabriel.

- Não há nada a ser feito nesse ponto? Gostaria de contratar o Hernane de novo, mas não posso - disse o diretor do Flamengo, que também é presidente da Abex, citando o tempo de espera e apontando para Paulo Pelaipe, ex-dirigente do clube que também estava no encontro.

hernane; hernane bahia (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia) 
Hoje no Bahia, Hernane deixou o Flamengo em 2014 (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia)


O questionamento do diretor de futebol do Flamengo surgiu quando Reynaldo Buzzoni citou novo artigo (61) no regulamento de transferências da CBF que permite reclamação na câmara interna da entidade no caso de um clube brasileiro receber mecanismo de solidariedade de uma transferência internacional e, paralelamente, estiver devendo outro clube no país. Neste caso, a entidade faz processo de avaliação e pode interferir. O dirigente da CBF disse que estes casos, por ora, ficam apenas no âmbito da Fifa e alertou que os brasileiros precisam tomar cuidado nas transferências com os árabes.

Rodrigo Caetano e Sergio Corrêa (Foto: Raphael Zarko)
- Está para vir uma sanção grande da confederação árabe contra esses clubes que não pagam ninguém. Teve um caso semelhante com o Diego Souza no Vasco (transferido para o Al Ittihad). (Os clubes) têm que se resguardar melhor com a liberação do ITC - disse o diretor da CBF, citando o documento de transferência e autorização para o clube utilizar o atleta.

Em 2014 o Flamengo vendeu Hernane por 4,5 milhões de euros para o Al Nassr, mas não recebeu pela transferência. Recentemente, o caso foi a julgamento na Fifa, que ainda não anunciou a sentença. O clube descarta qualquer acordo com os arábes e espera decisão final da entidade para receber cerca de R$ 18 milhões. Desta verba, porém, R$ 7 milhões são de antigos donos de direitos econômicos do jogador e o restante está "carimbado" para pagamento de dívidas, conforme revelou o vice-presidente de finanças do Flamengo, Claudio Pracownik, em entrevista ao GloboEsporte.com.

domingo, 15 de maio de 2016

FLAMENGO 1 X 0 SPORT

FICHA TÉCNICA


Data/Hora: 14/5/2016, às 16h

Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro (SP)

Cartões amarelos: Guerrero e Emerson (FLA); Serginho (SPT)
Cartão vermelho: Rithely

Público e renda: 7.863 pagantes / R$ 136.920,00

Gol: Everton, 5'/1°T (1-0)

FLAMENGO: Paulo Victor, Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Cuéllar, Arão e Mancuello (Alan Patrick, 33'/2°T); Éverton, Emerson (Cirino, 21'/2°T) e Guerrero (Ederson, 29'/2°T). 
Técnico: Muricy Ramalho

SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Gabriel Xavier, Mark González (Serginho, 4'/2°T), Reinaldo Lenis (Túlio Melo, 39'/2°T) e Diego Souza; Vinícius Araújo (Neto Moura, 29'/2°T). 
Técnico: Oswaldo de Oliveira.