terça-feira, 27 de outubro de 2015

Após empate com Botafogo, Flamengo vence torneio sub-16 Guilherme Embry


O Flamengo vai dando presságios de um bom futuro à sua torcida. Nesta terça-feira, a equipe sub-16 conquistou o torneio Guilherme Embry, após empate com o Botafogo no triangular final da competição. O jogo, disputado no Cefat (Centro de Formação de Atletas TROPS), em Niterói, terminou em 3 a 3. O título já havia sido garantido após vitória por 3 a 1 contra o Fluminense, no último dia 13, na Gávea. 

O gols do Flamengo foram marcados por Marques, Fabrício e Andrade. O de Fabrício foi seu décimo na competição, o que garantiu-lhe a artilharia. O Rubro-Negro marcou logo aos 2 minutos, mas viu o Botafogo virar antes dos oito. Aos 38, a equipe alvinegra ampliou a vantagem.

Flamengo Sub-16 (Foto: Flamengo/Divulgação)Matheus Thuler recebe o título do Flamengo das mãos de Guilherme Embry (Foto: Fernanda Cansanção/Divulgação)
 
No segundo tempo, após muitas mexidas, o time da Gávea voltou melhor. Com gols aos 25 e 40 da etapa final, a equipe arrancou empate e fechou a competição com nove pontos. Atrás ficaram Fluminense e Botafogo, com cinco e três, respectivamente.

Este foi o primeiro ano do grupo de 1999 no juvenil. Quem os dirigiu foi o auxiliar de Gilmar Popoca na categoria, Márcio Torres, que assumiu a equipe sub-16 já que o sub-17 está disputando a Taça Rio.

- Eu sou auxiliar desde 2010 no Flamengo. Até brinco na diretoria que todo ano eu ganho título, mas como auxiliar. Como técnico, nunca. Esse foi o primeiro. É tenso, mas, quando vem a vitória, é prazeroso demais. Estou pegando o gostinho. Mas sei que a minha função é auxiliar. O Gilmar é o técnico - afirmou.

O jogadores campeões serão integrados aos atletas que nasceram em 2000 na próxima temporada. Márcio Torres é bem confiante na química entre os dois grupos. O primeiro, segundo ele, se destaca pela coletividade, enquanto o segundo tem se valorizado no aspecto individual. 

Sabor especial
 
Este foi o primeiro título do Flamengo em cinco edições do torneio. A conquista tem um gosto diferenciado para o clube da Gávea por conta do torcedor que dá nome à competição. Guilherme Embry é um muito presente nos jogos da base, tanto do Flamengo quanto de outras equipes cariocas. A ideia de homenageá-lo foi da equipe rubro-negra, que nunca tinha ganhado a competição.

- Sempre foi desejo do Flamengo conquistar o título da Guilherme Embry, já que ele é um grande torcedor, um dos maiores, que vai a todos os jogos, em qualquer "buraco". É a quinta edição e a gente nunca tinha conseguido. Coube a mim essa responsabilidade. Os meninos estão de parabéns, fizeram uma bela campanha. Não perdemos nenhum jogo na fase final, terminamos com quatro pontos à frente do segundo colocado - falou Márcio Torres, técnico da equipe na competição.

Nenhum comentário:

Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!