Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Flamengo vai usar alívio com o Profut para concluir módulo profissional do CT


MOSAICO - Flamengo estrutura profissional (Foto: Divulgação)

O alívio fiscal na ordem de R$ 80 milhões com a inclusão do Flamengo no Profut (Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro) já tem parte do seu destino definido pela diretoria: o avanço nas obras do centro de treinamento. O acordo com o governo federal vai abrir um espaço de R$ 1 milhão no fluxo de caixa do Rubro-Negro e permitirá a conclusão - até o fim de 2016 - do módulo profissional do Ninho do Urubu. Esta etapa está orçada entre R$ 12 e 14 milhões. 

- Diretamente (este alívio de caixa) irá para o centro de treinamento. Para que possamos concluir o módulo profissional. Nosso CT é dividido em módulos, e vamos nos concentrar agora no setor profissional. O centro de treinamento sempre será um grande investimento - afirmou o vice de finanças do Flamengo, Cláudio Pracownik.

O módulo profissional contará com a construção de dois prédios e um campo de treinamento adicional - existem quatro atualmente. O bloco principal será formado por dois pavimentos. O térreo será constituído de auditório com capacidade para 65 pessoas, recepção, gerência, sala de estudos, salão de jogos, sala de TV, biblioteca, refeitório, cozinha industrial, despensa, alojamento de funcionários. No andar superior será construído o hotel do Flamengo, que será usado para concentrações. O espaço terá 26 suítes duplas. O outro prédio será composto por sala da imprensa, auditório para coletivas, salas da comissão técnica, vestiários, centro de integração de áreas médicas, sala de musculação, centro de fisioterapia e parque aquático com quatro tipos de piscinas.

Gramado do campo 1 do Ninho do Urubu Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Flaimagem) 
Ninho do Urubu deverá ganhar mais um campo e um hotel para concentração (Foto: Alexandre Vidal / FlaImagem)

A conclusão do módulo profissional é vista como prioridade dentro da diretoria do Flamengo. Adquirido na gestão de George Helal, em 1983, com parte dos recursos provenientes da venda de Zico para a Udinese, o Ninho do Urubu, como é popularmente conhecido, passou a ser o local oficial dos treinamentos do Flamengo somente em 2010. Porém, apenas no ano passado as obras foram retomadas, ainda que em ritmo lento.

Instalações atuais ficarão para base
O espaço que está sendo utilizado atualmente pelos profissionais ficará para uso das categorias de base até o centro de treinamento ter as obras completamente finalizadas. A conclusão do projeto está estimada em mais R$ 35 milhões.

- A base terá o atendimento do módulo que hoje é profissional. Vamos ter um cenário mais positivo para a base do Flamengo no próximo ano. Nós compreendemos a importância da base no futuro do Flamengo. Planejamos ter 30% do time profissional formado com jogadores formados no clube - finalizou o vice de finanças.


Nenhum comentário: