Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Flamengo x coisa maldita, vasco: segurança terá 1.500 homens e rigor com organizadas


dúvida ee Cadu e Luiz 'oe vlta ameio-campoe ais perto de Elias,
AndSantos cresce no
mesmo
cenário (Fabricio Marques) 

Após o registro de brigas entre torcedores nas duas últimas partidas de clubes realizadas no Estádio Mané Garrincha, a Polícia Militar do DF (PMDF) montou um esquema reforçado para o clássico entre Flamengo e vasco, no próximo domingo. Cerca de mil policiais devem atuar no estádio e no entorno, além do apoio de 500 seguranças particulares. As torcidas também ficarão separadas na arquibancada superior.

- Vamos trabalhar com grande efetivo na parte interna e também nas entradas do estádio, além da intensificação do policiamento nas áreas próximas - explicou o chefe do escritório de grandes eventos da PMDF, coronel Cléber Lacerda.

torcidas vasco e flamengo estádio mané garrincha brasileirão (Foto: Fabrício Marques) 
Torcedores chegam ao Mané Garrincha para o clássico do primeiro turno (Foto: Fabrício Marques)

Uma das principais preocupações da polícia será com as torcidas organizadas. Após o registro de confrontos nos jogos entre Flamengo e São Paulo, no dia 18 de agosto, e Vasco e Corinthians, na semana seguinte, o rigor será maior com os grupos uniformizados. Um cadastro prévio terá que se apresentado com nome, fotografia, filiação, profissão, endereço, escolaridade e números de identidade e CPF de cada membro, além de escolta até o estádio e isolamento em setor específico na arquibancada.

- Fizemos uma reunião na última quarta-feira e demos o prazo até esta sexta para que as organizadas apresentem os cadastros. Não havendo essa manifestação, elas não poderão entrar como torcidas organizadas. Ou seja, não poderão estender suas faixas e bandeiras - completou o coronel.

Ainda segundo Cléber Lacerda, mesmo os grupos que não apresentarem o cadastro e forem proibidos de posicionar suas faixas continuarão sendo monitorados pelo serviço de inteligência da PM. Também não será permitida a entrada de torcedores com instrumentos musicais.

Separação de torcidas na arquibancada superior

Outra medida para aumentar a segurança será a separação das torcidas na arquibancada superior do estádio. No jogo entre Vasco e Corinthians, em que foi registrada a briga mais grave no Mané Garrincha, torcedores dos dois clubes ficaram misturados no setor.

Para o jogo deste domingo, volta a medida já adotada no clássico entre Vasco e Flamengo do primeiro turno, quando cruz-maltinos ocuparam lado sul da arquibancada superior do Mané Garrincha e rubro-negros ficaram com o lado norte. Policiais militares e seguranças particulares formarão um cordão de isolamento entre os dois lados.

Já na arquibancada inferior, os torcedores dos dois clubes ficarão misturados, assim como ocorreu em todas as partidas do Campeonato Brasileiro realizadas no Mané Garrincha.

torcidas vasco e flamengo estádio mané garrincha brasileirão (Foto: Francisco Stuckert / Futura Press) 
Torcedores ficarão misturados apenas na arquibancada inferior (Foto: Francisco Stuckert / Futura Press)
Atenção para itens proibidos

A Polícia Militar também alertou os torcedores comuns para os itens que terão a entrada proibida no estádio. Segundo o coronel Cléber Lacerda, é importante a colaboração das pessoas para facilitar a fluidez na entrada.

- Terá revista na entrada, então é importante que os torcedores fiquem atentos aos materiais que não podem entrar no estádio, porque facilita o trabalho. Além dos itens tradicionais, como fogos de artifício, sinalizadores, mastro de bandeiras, há também alguns itens que nos dão mais trabalho como guarda-chuva e capacete - disse o coronel.

Veja detalhes do esquema operacional para a partida:

REVISTA
Os portões serão abertos às 13h (de Brasília). Será feita revista pela Polícia Militar imediatamente após o cercamento do estádio. Recomenda-se levar poucos objetos e evitar bolsas e mochilas, a fim de agilizar o procedimento.

Não é permitido entrar no Estádio Nacional com instrumentos musicais, guarda-chuvas e capacetes. A lista de objetos vetados inclui, ainda, sinalizadores, armas brancas e fogos de artifício.

TRÂNSITO
- A partir das 13h, o fluxo de veículos será ordenado em sentido único na via de contorno do estádio (sentido leste – oeste, anti-horário).

- Serão sinalizadas travessias de pedestres no Parque da Cidade e nas vias S1 e N1; o trânsito também será monitorado nas vias N1, N2, S1 e S2.

- Após o final do jogo, a via norte N1 do Eixo Monumental será fechada temporariamente ao tráfego geral, no trecho entre o Eixão e o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, de forma a garantir a segurança dos pedestres;

Atenção, pedestres! Ao se deslocarem para o Estádio, realizem a travessia apenas nos pontos sinalizados pela PMDF e DETRAN.

ESTACIONAMENTOS

Pede-se aos torcedores que deem preferência ao transporte público, à bicicleta ou à caminhada até o estádio. Quem preferir utilizar carro poderá optar pelos seguintes bolsões de estacionamento:

- Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha;
- Parque da Cidade;
- Centro de Convenções Ulysses Guimarães;
- Palácio do Buriti (anexo e praça);
- Ministério Público do DF e Territórios;
- Colégio Militar;
- Setores Hoteleiros Sul e Norte;
- Setores Comerciais Sul e Norte;
- Setor de Rádio e TV Sul e Norte;

Preferenciais – O estacionamento norte, voltado para o Autódromo Internacional Nelson Piquet, será destinado a pessoas com deficiência (PNEs) e idosos.

Imprensa – O estacionamento oeste do estádio, próximo ao portão 5 e virado para o Ginásio Nilson Nelson, será reservado à imprensa. O acesso será pela via N1.

Bicicletas – Os ciclistas contarão com vagas disponíveis no paraciclo instalado atrás do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, próximo à Funarte.

Veículos estacionados junto ao meio fio das vias e sobre os gramados serão multados e correm o risco de serem rebocados.

TRANSPORTE PÚBLICO

Ônibus
- A linha 108.6, que faz o percurso Rodoviária - Estádio passando pela via N1, terá reforço de acordo com a demanda. Tarifa: R$ 1,50.
- As demais linhas que percorrem o Eixo Monumental e deixam os torcedores junto ao Estádio Nacional de Brasília estarão funcionando normalmente e serão reforçadas nos períodos de pico.
- As linhas que vêm das regiões administrativas e saem da Rodoviária do Plano Piloto também serão reforçadas.

Metrô
– Funcionará em horário ampliado em uma hora, das 7h às 20h. Nesse horário, apenas para embarque na estação Central. Tarifa: R$ 2.

Táxis
– Haverá pontos de táxi no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Parque da Cidade.

SEGURANÇA

Polícia Militar – Vai atuar com 970 homens nas áreas interna e externa do estádio. Na arquibancada superior, 40 policiais militares e 80 seguranças privados em cada lado farão o isolamento entre as torcidas dos dois times.

Corpo de Bombeiros – Ao todo, serão 126 militares e 16 viaturas de combate a incêndios, salvamentos, atendimento pré-hospitalar, motorresgate, atendimento a contaminações por produtos perigosos e salvamento em estruturas colapsadas. Três postos de atendimento médico serão montados no interior do estádio.

Polícia Civil – O atendimento para as ocorrências nas proximidades do estádio será feito na 5ª Delegacia de Polícia, que terá reforço de efetivo. As demais delegacias do DF estarão funcionando normalmente. Além disso, equipes das delegacias especializadas vão coibir a ação de cambistas, o furto de veículos e falsificação de produtos licenciados, e patrulhar áreas de estacionamento. Cerca de 50 policiais estão escalados, e o apoio aéreo poderá ser solicitado caso necessário. Uma delegacia de Polícia Civil será instalada no 3º subsolo do estádio a partir das 13h, para registro das ocorrências.
Segurança particular – Haverá 550 homens dentro do estádio, entre seguranças e orientadores de público.

Detran – Atuará com 30 agentes e 15 viaturas, entre veículos, empilhadeiras e guinchos, realizando bloqueios, controle do trânsito e fiscalização de estacionamentos irregulares.

Nenhum comentário: