terça-feira, 20 de outubro de 2015

Paulo Victor revela cobrança forte da diretoria e diz: "Temos mais sete jogos"



Paulo Victor treinou nesta terça-feira, véspera do duelo (Foto: Gilvan de Souza/ Fla Imagem)Capitão do Flamengo, Paulo Victor foi convocado nesta terça-feira para a segunda entrevista coletiva em menos de uma semana. Não foi à toa. O goleiro foi mais um a encampar a missão de blindar o grupo rubro-negro e reforçar que o sonho de classificação para a Libertadores ainda não acabou. Oswaldo de Oliveira e Rodrigo Caetano já haviam entrado nessa "briga" com os mesmos argumentos.

Paulo Victor revelou que a cobrança da diretoria tem sido forte e constante. O Fla perdeu cinco das últimas seis partidas e viu as chances de vaga para Libertadores minguarem para 3%. Antes do treinamento desta terça, elenco, comissão técnica e Rodrigo Caetano tiveram longa conversa.

- Estamos sendo bastantes cobrados pelos resultados. E essa cobrança está sendo muito forte por parte da diretoria. Ainda mais com essa pausa que tivemos. Mas não podemos lamentar o que passou. Temos mais sete jogos. Quero chegar no último jogo sendo aplaudido pela torcida por ter chegado ao objetivo - disse o goleiro.

Paulo Victor afirmou ainda que compreende a irritação da torcida. Na derrota contra o Internacional, o time deixou o campo sob gritos de "time sem vergonha". O goleiro reconhece que o momento é de descrédito com o torcedor, mas deixa claro que não existe desconfiança internamente.

- A desconfiança existe por parte do torcedor. Mas não internamente. Quem joga aqui, tem que entender o torcedor. Ele espera porque sabe que o time pode render mais. Nosso elenco não é para estar no meio da tabela. Temos que brigar lá em cima. Esse é o nosso pensamento. Até quando faltar 1% de chance nosso elenco vai estar brigando. Temos sentido muito as derrotas - revelou.

E o sentimento de frustração não fica apenas na arquibancada. Paulo Victor conta que leva todo esse peso para casa e que chega até chorar por conta mal momento.

- A tristeza do torcedor é a minha. Chego em casa, choro, grito, fico louco pelos cantos. Chego cedo no treinamento, tento enxergar o que está errado. Mas posso dizer que este grupo trabalha muito. Hoje no Flamengo não falta nada.

PV enxerga no Corinthians uma oportunidade

Fazer do limão dado uma limonada. É com este pensamento que Paulo Victor enxerga o jogo contra o líder do campeonato justamente num momento que o Flamengo vive momento delicado no Brasileirão. O goleiro justifica que uma possível vitória em cima do Corinthians pode trazer a confiança de volta.

- Sabemos que vamos jogar contra uma grande equipe. Equipe qualificada, com grandes jogadores. Está lá em cima porque foi o único que não sofreu com as oscilações. Talvez seja o melhor momento (para enfrentá-los). Jogar contra o líder na casa deles pode trazer a confiança de volta - finalizou PV.

O Flamengo volta a treinar nesta quarta-feira, às 9h, no Ninho do Urubu. O duelo contra o Corinthians será no próximo domingo, em São Paulo.

Nenhum comentário:

Flamengo 10 títulos nacionais

Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!