Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Após romper, Kalil ataca CBF: “A casa do 7 a 1 não quer nada com o futebol”


Alexandre Kalil, Atlético-Mg (Foto: Bruno Cantini)
A CBF voltou atrás e não dará mais aval à realização da Liga Sul-Minas-Rio em 2016. Após reunião nesta segunda-feira, Alexandre Kalil, executivo-chefe da Liga, e os representantes da CBF não entraram em acordo. A proposta da entidade, presidida por Marco Polo Del Nero, foi da realização de uma assembleia entre clubes e federações para que todos chegassem a um consenso de que como a nova competição seria encaixada no calendário brasileiro. O ex-presidente do Atlético-MG não gostou da condição e saiu da reunião determinado a realizar o torneio com ou sem o aval da entidade máxima do futebol brasileiro. Em entrevista ao GloboEsporte.com, Kalil criticou a postura da CBF.

- A casa do 7 a 1 não quer nada com o futebol novo. Vamos fazer uma assembleia no Cruzeiro, sexta-feira e fazer a nossa competição. Não dependemos da CBF para nada.

A nova condição da CBF veio após um ofício enviado por Rubens Lopes, presidente da Federação de Futebol do Rio (FERJ) a Marco Polo Del Nero. A FERJ solicitou um posicionamento da entidade sobre a Liga Sul-Minas-Rio e avisou que, para ela, a aprovação da Liga seria algo que vai contra o estatuto da própria entidade. 

Ao blog Bastidores FC, Walter Feldman, secretário-geral da CBF, alegou impasse em relação a direitos dos jogadores e à necessidade de aprovação em Assembleia Geral. Há uma preocupação também em relação à tabela, por conta de possível conflito de datas com a Libertadores e datas Fifa, reservadas para partidas das seleções. Também ao Bastidores FC, Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol e vice da CBF, comentou a situação.

- Se eles querem assim, vai ser assim. Provavelmente é o que será decidido na reunião que já estava marcada para a próxima sexta-feira, em Belo Horizonte. Vamos tomar todas as posições que temos de tomar.

Sem o aval da CBF e com a determinação de Kalil, representantes dos clubes que fazem parte da Liga Sul-Minas-Rio se reunirão na próxima sexta-feira, em Belo Horizonte, na sede do Cruzeiro, para confirmar a tabela da competição, prevista inicialmente para cinco datas, mas que pode tomar novos contornos com o rompimento com a CBF. A Liga já negocia com emissoras de televisão os direitos de transmissão da competição. Há três interessadas em exibir as partidas.

Nenhum comentário: