Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Alan Patrick pede humildade ao Flamengo em jogo que trata como "divisor de águas"


Alan Patrick entrevista Flamengo (Foto: Fred Gomes)
Embora o adversário do próximo domingo seja o Corinthians, líder do campeonato e principal candidato ao título, o Flamengo tem a consciência de que é imprescindível vencer em São Paulo. Alan Patrick, um dos principais jogadores rubro-negro, crê que o resultado do duelo praticamente definirá se o time segue ou não na briga por vaga no G-4.

- É um jogo que vai ser um divisor de águas. Conseguindo uma vitória lá, a gente volta para a briga. Temos que pensar jogo a jogo, porque nesse momento vemos o G-4 um pouco distante. Somando pontos e com tropeços de adversários, a gente sobe na tabela. Depois, lá na frente, vamos ver pelo que vamos brigar - afirmou em entrevista coletiva concedida após o treino, do qual a imprensa só teve acesso a rápido treino de finalizações e cobranças de faltas.

A cobrança é por vitória, mas Alan não quer um Flamengo se jogando ao ataque desesperadamente. Prega que é necessário reconhecer as qualidades do rival e saber dosar o momento de dar o bote. Para ele, é fundamental apertar o rival em qualquer faixa do campo.

Temos que marcar bastante o Corinthians, que vai querer se impor em casa e tem um time bastante dificuldade. Temos que ter a humildade de marcar muito. Independentemente de onde estiver nossa equipe, na frente ou atrás, a marcação tem que ser intensa os 90 minutos e mais os acréscimos. Acho que dessa maneira é que vamos dificultar a equipe do Corinthians.

Confira outros tópicos abordados por Alan:
 
Reencontro entre Guerrero e a torcida do Corinthians:
Por tudo que ele fez no Corinthians, eu acho que ele deveria ter o respeito do torcedor corintiano, de reconhecer tudo que ele fez e não chegar lá e ser vaiado. Mas não sabemos o que vai acontecer. Só na hora do jogo que vamos saber. Espero que possa nos ajudar com a camisa do Flamengo.

Guerrero ansioso?
É um cara que se cobra muito e quando não faz gols é claro que fica ansioso, mas no momento certo, com tranquilidade e ele é um cara experiente, vai conseguir lidar com isso. No domingo espero que ele possa reencontrar os gols.

Desfalque de Sheik, suspenso
É realmente um jogador experiente, que está acostumado a jogar esse tipo de jogos. Sem dúvida nenhuma vai fazer falta, mas no nosso elenco têm jogadores com características semelhantes e que podem substitui-lo à altura.

Queda do Flamengo
Temos consciência de que tivemos uma queda, mas acho que mais pelos resultados. Em alguns jogos fomos bem, tivemos oportunidades de gols, não fizemos e acabamos penalizados com algumas jogadas em que o adversário foi uma vez no nosso gol e fez. O próprio jogo do Internacional foi dessa maneira. Mas a atitude tem que ser essa, de se impor. Tem um ditado que levo para mim: "Quando seis, sete vão bem, dá para carregar dois ou três que não estão". Mas quando é o contrário, aí dificulta muito.

Você, batedor de faltas, estuda o Cássio, agora convocado para a Seleção?
Goleiro de alto nível, merece (a convocação), porque vem jogando bem há muito tempo. A gente treina durante a semana para fazer a cobrança bem.

Torce para o G-4 virar G-5?
É bom o G-5, porque facilita uma vaga na Libertadores.

Nenhum comentário: