Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

domingo, 4 de outubro de 2015

César Martins revela desculpa coletiva após discussão e elogia grupo do Flamengo



Discussão em treino pode até ser normal no futebol, mas costuma acontecer nas atividades fechadas à imprensa, quando o técnico trabalha a parte tática do time. Durante esta semana, ocorreu algo raro no Flamengo: os jornalistas tiveram acesso a essa parte da atividade e por acaso presenciaram acalorada discussão entre César Martins e alguns jogadores da frente, como Alan Patrick e Everton. O zagueiro cobrou marcação e melhor posicionamento dos meias e atacantes, mas também ouviu reclamações. O episódio rapidamente virou assunto e foi minimizado por Oswaldo de Oliveira. Ao mesmo tempo foi elogiado por Guerrero, que afirmou que a equipe estava precisando falar mais em campo.

Protagonista da discussão, César Martins segue o pensamento do peruano ao avaliar o ocorrido. Ele acredita que o episódio gerou consequências positivas ao Rubro-Negro na vitória por 2 a 0 sobre o Joinville neste domingo, no Maracanã. O defensor elogiou o grupo e revelou que houve um pedido de desculpas coletivo após essa discussão.

- Time de futebol é um grupo, não é individual. Quem quiser ser individualista tem que fazer outro esporte. A gente tem um grupo bom. Depois do que aconteceu ali, todo mundo conversou, pediu desculpa um para o outro. Ali na hora do treino ninguém quer perder a bola. É complicado, a gente ali atrás tem uma visão, e eles da frente têm outra visão. Então, nós temos que nos acertar nos treinos para não sofrer dentro de campo o que vínhamos sofrendo antes - afirmou.

César Martins Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)César Martins tem pouco tempo de Flamengo - chegou há pouco mais de dois meses -, mas já mostrou que tem postura de líder e não se esconde nos momentos ruins.

- Não é minha liderança, não, é que a gente vê lá de trás. Eu, Samir, Paulo Victor, César, Daniel, Ayrton, Pará... Todo mundo ali atrás está vendo melhor o jogo, e a gente sempre procura orientar. Mas o que aconteceu ali foi uma coisa que acontece normalmente nos treinos. A gente quer acertar para que no final de semana aconteça o que aconteceu hoje: sair vitorioso sem ter muitos perigos. Acho que não tivemos nenhum perigo de gol hoje. A gente está sempre batendo na mesma tecla nos treinos para que possa aperfeiçoar ainda mais a marcação, e para que possa fazer mais gols e tomar menos gols.

O camisa 3 pode até pecar um pouco na parte técnica em determinados momentos, principalmente com erros de passe, mas mostrou muita garra e muita vontade diante do Joinville e foi um dos destaques do time na vitória por 2 a 0. Ele concorda que fez seu melhor jogo pelo Flamengo desde que foi contratado. E recordou os tempos de ponta por conta das subidas ao ataque.

- Com certeza. A gente estava com muita confiança. Relembrei meus velhos tempos de ponta, quando comecei pelo Atlético Sorocaba-SP. Tive algumas subidas pelas laterais. Isso foi bom, essa é uma das qualidades que tenho e que poucas pessoas sabem. Mas o Oswaldo está me dando liberdade. Ele está dando liberdade para todo mundo criar e jogar com alegria. É o que nosso time vem fazendo.

César Martins ficou perto de marcar seu primeiro gol pelo Flamengo, porém ficou no travessão. Em jogos anteriores, ele também tinha ficado no quase em cabeçadas que passaram rente ao poste. O zagueiro tenta disfarçar, mas está ansioso para balançar a rede pelo Rubro-Negro.

- Para falar a verdade não tenho muita expectativa, porque meu papel é defender e não deixar a bola chegar no nosso goleiro. Mas acho que vai ser muito emocionante se eu fizer meu primeiro gol pelo Flamengo, ouvir a torcida. Quando meus colegas fazem o gol penso que logo logo posso ser eu. Acho que está perto. Mas também não posso ficar me preocupando em fazer, tenho que me preocupar em defender. Se pintar oportunidade de novo, vou procurar ajudar meus companheiros na frente e atrás.

O Flamengo terá dois dias de folga e se reapresenta na quarta-feira, com treinos às 9h30 e às 15h30. O próximo jogo oficial será no dia 14, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli. No domingo, o time disputa amistoso com a Desportiva-ES em Cariacica-ES, às 16h.


Nenhum comentário: