Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Presidente da federação catarinense rebate Eurico: "Um idiota e mentiroso"

Dirigente vascaíno acusou Delfim Pádua de entrar em vestiários de árbitros. Vice da CBF desafia presidente de clube carioca a citar um caso e ataca: "Destruiu o vasco"

 

Bateu, levou. Delfim Pádua, presidente da federação catarinense de futebol, respondeu às acusações de Eurico Miranda, mandatário do vasco, após o empate do time carioca com a Chapecoense, em partida marcada pelas polêmicas de arbitragem. Acusado por Eurico de entrar em vestiários de árbitros para buscar ajuda para os times de seu estado, Delfim foi duro nas respostas ao presidente vascaíno. Ele o chamou de "mentiroso" e "idiota".

- Isso é coisa de idiota. Ele é um idiota e um mentiroso! Ele aponte somente um árbitro do Brasil que diga que entrei em vestiário para tentar cantar a arbitragem, pedir favorecimento ou qualquer coisa ilegal. Ele que aponte um. Um só. Ele é um mentiroso. Hoje é proibido ir no vestiário, embora presidente seja delegado do jogo, mas nunca vou como delegado. É um mentiroso, ele nem estava lá. Ele que aponte um que diga isso. Entrou para reclamar da arbitragem - disse Delfim, por telefone, ao GloboEsporte.com.

Delfim Pádua Peixoto Filho  (Foto: Reprodução SporTV) 
Delfim Pádua rebateu Eurico Miranda e disse que o presidente vascaíno prejudica o clube (Foto: Reprodução SporTV)

O presidente da federação, que diz ser de uma família vascaína e torcer para o vasco além dos times de seu estado ("sou Marcílio Dias, que caiu para a segunda divisão estadual, mas sou vasco, meu filho é vasco, minha esposa é vasco"), também afirmou que Eurico faz mal ao clube carioca e, caso algum time de Santa Catarina venha a ser rebaixado no Brasileirão, será "por consequência do futebol".

Torcedores vascaínos destacaram nas redes sociais o que Delfim escreveu em seu Twitter. A mensagem de 27 de setembro dizia: "Sou um homem que acredita. Acredito que nenhum clube de Santa Catarina vai cair para a Série B. Acreditem todos". O presidente da federação catarinense explicou a mensagem.

- Se coloca no meu lugar. Sou presidente da federação catarinense, que com muito sacrifício chegou a ter quatro clubes na Série A. Muita gente não aceita até hoje. Se coloca no meu lugar, meu clubes vão escapar, vão lutar. Se cair, paciência. Criciúma estava na A, caiu para a B, acontece. Se caírem, é por consequência do futebol. Torço que não caia nenhum. Não quer dizer que tem influência. Que influência eu tenho? Não sou que nem ele, que, quando o vasco estava lá embaixo, dizia que o "vasco não vai cair, vasco não vai cair". Vou dizer que a reação do vasco agora é por causa disso (de arbitragem)? Isso é coisa de idiota, que é o que ele é. Ele só faz mal ao vasco, só faz mal ao futebol. Nunca fez bem, nem ao próprio clube. Destruiu o vasco - repetiu as ofensas e atacou mais ainda Delfim.

Nenhum comentário: