Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Kayke comemora nova chance, mas reconhece titularidade de Guerrero


Kayke, do Flamengo, entrevista (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)Kayke é um homem paciente a espera de oportunidades no Flamengo. E, no caso específico do atacante, chance é sinônimo de ausência de Guerrero. Com a convocação do peruano para a seleção que disputa as Eliminatórias da Copa do Mundo, Kayke voltou a conquistar um espaço no time que começará a partida contra o Figueirense, nesta quarta-feira. Algo que não acontece desde a derrota para o Coritiba, no dia 17 de outubro.

- Estou feliz por voltar a atuar começando uma partida. É importante estar focado para este jogo para trazer uma vitória, que vai trazer muita confiança para gente. Estou muito feliz. Estou transbordando. Estou vivendo um ano muito bom. Sai artilheiro da Série B. Era dar continuidade, e isso estou conseguindo - disse o animado atacante.

Aliás, engana-se quem acha que a atual condição de reserva de Guerrero deixa o jogador incomodado. Pelo contrário. Kayke mostra serenidade ao reconhecer que o peruano é indiscutivelmente o atual dono da posição de camisa 9 do Flamengo. O atacante justifica a opinião com elogios.

- O Oswaldo (de Oliveira) sempre deixou isso (titularidade do Guerrero) bem claro. E isso não é surpresa para ninguém. Vejo com muita naturalidade. Eu tenho é que estar preparado para ajudar o Flamengo. Eu respeito demais o Guerrero por tudo que ele construiu. Ninguém cria isso do nada, ele tem história. Eu tenho é que ganhar espaço e ser útil ao Flamengo - afirmou.

Apesar do discurso sereno, é fato que começar a partida como titular é diferente para a Kayke. Os números mostram isso. Todos os quatro gols que marcou neste retorno ao Flamengo foram em jogos que esteve presente na equipe inicial. O atacante acredita que os bons números trazem ainda mais confiança.

- Dá uma tranquilidade a mais. São situações que acontecem. Independente de estar como reserva, você tem que dar conta. O atacante tem a função de fazer os gols. Mas não me preocupo com isso. Procuro fazer minha parte tecnicamente para o Flamengo conquistar a vitória - finalizou o atacante.

Com Kayke em campo novamente substituindo o astro peruano, o Flamengo encara o Figueirense nesta quarta-feira, às 21h, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Uma vitória combinada com tropeços de três rivais (Santos, São Paulo e Palmeiras) recolocam o Rubro-Negro no G-4 do Brasileirão.​

Nenhum comentário: