Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Flamengo planeja manter a base e ter elenco maior e com mais jovens em 2016


Baggio e Emerson Sheik concentrados para amistoso com a Tiva (Foto: Reprodução/Twitter)
O ano de 2016 se aproxima, e o Flamengo ainda precisa de algumas definições para planejar a próxima temporada. Hoje a tendência é que o clube dispute simultaneamente a Liga Sul-Minas-Rio com força máxima - o torneio está para sair do papel -, e o Campeonato Carioca com uma equipe B, misturando reservas e jogadores recém-promovidos dos juniores. A cereja do bolo pode ser a Libertadores, e por isso o Rubro-Negro está firme na disputa por uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro deste ano. Faltando nove rodadas para o fim da competição, o time ocupa a sétima posição, a apenas dois pontos do Santos, quarto colocado.

O Flamengo conta atualmente com um elenco profissional de 28 jogadores. Além dos campeonatos já citados, o clube ainda disputará Copa do Brasil e Brasileirão no ano que vem. Por isso, o principal objetivo da diretoria é tornar o grupo mais numeroso.

- Estamos discutindo dia e noite. Tem a questão do Carioca, tem a busca incessante pela Libertadores, e muitas coisas das quais o planejamento depende. Independentemente do que vamos disputar e de qual será a prioridade do Flamengo em 2016, teremos um grupo mais numeroso, isso é consenso, para poder atender essas demandas. Vamos nos movimentar para isso - disse o diretor executivo de futebol do Fla, Rodrigo Caetano.

O dirigente afirmou que mais jogadores dos juniores serão promovidos ao grupo profissional, caso por exemplo que deve ser o do atacante Douglas Baggio, que estoura a idade dos juniores nesta temporada, e do também jovem meia Matheus Sávio. Esses jogadores provavelmente terão oportunidades no Carioca. Além disso, a diretoria tentará manter a base do time atual, renovando com atletas como Emerson Sheik e Márcio Araújo - cujos contratos terminam no dia 31 de dezembro de 2015 -, e trazer alguns reforços pontuais. 

- Nosso elenco vai ser um pouco mais numeroso, recheado com jovens e com essa base mantida, pelo menos essa é a nossa intenção. E também no caso de disputarmos o Estadual com uma equipe alternativa, temos possibilidades de fazer algumas apostas. Claro que também vamos buscar qualificar nosso elenco principal com peças que venham para jogar e aumentar nossa qualidade. Esses jovens tiveram neste ano e vão ter cada vez mais espaço dentro da montagem de elenco.

Em outra ponta do planejamento, o Flamengo vai avaliar se alguns jogadores que estão emprestados poderão ter nova chance em 2016. Nove terão seus contratos de empréstimo terminados ao fim deste ano e podem se reapresentar em janeiro: Léo (lateral-direito), Frauches (zagueiro), Recife (volante), Muralha (volante), Vitor Hugo (volante), Rodolfo (meia), Thomás (meia-atacante), Bruninho (atacante) e Igor Sartori (atacante). A tendência, no entanto, é que poucos deles ganhem nova chance no Ninho do Urubu.


Nenhum comentário: