Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 23 de janeiro de 2016

Flamengo vira sobre o América-MG e chega invicto à final da Copa SP


Flamengo América-MG Copa São Paulo (Foto: Ag estado)
A manutenção da invencibilidade e a vaga na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior podem dar a impressão ao torcedor que o Flamengo venceu com facilidade, ao fazer 2 a 1 no América-MG na semifinal do torneio, disputada  a noite desta sexta-feira, na Arena Barueri. Mas, não. O time carioca bem que teve a chance de facilitar as coisas logo no primeiro minuto de jogo, mas viu o artilheiro Felipe Vizeu perdeu gol cara a cara com goleiro. Mais do que isso, viu o América-MG abriru o placar no minuto seguinte, em belo gol de Matheusinho.

Porém, ainda na primeira etapa, o Flamengo empatou com Trindade, em belo chute de fora da área, e pressionou o adversário que teve no goleiro Jori seu principal destaque. No segundo tempo, o que parecia que seria mais uma decisão de pênaltis na Copinha - especialidade do time mineiro, que havia eliminado Palmeiras, vasco e Bahia assim -, se transformou em alívio com o gol de Lucas Paquetá, que finalizou sem chances para o goleiro, dando a vitória e a vaga na final para o Flamengo.

No último capítulo das inúmeras histórias da 47°edição da Copa SP, as duas maiores torcidas do Brasil sentirão o gostinho de uma final no aquecimento da temporada dos profissionais. O Flamengo, que nunca foi vice, irá buscar o tricampeonato da Copinha contra o Corinthians, que mira o décimo título, na segunda-feira, às 10h, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O jogo

Parecia que seria uma daquelas noites em que nada daria certo para o Flamengo. Logo no primeiro minuto, o artilheiro rubro-negro na Copinha, Felipe Vizeu, desperdiçou, cara a cara com o goleiro do América-MG, a chance de abrir o placar para o Flamengo. Se o ditado do futebol diz que "quem não faz, toma", o América-MG, no minuto seguinte e com golaço de Matheusinho, abriu o marcador.

A resposta do Flamengo só não foi imediata porque o goleiro Jori salvou o América-MG em defesa espetacular após chute à queima-roupa de Cafú. No lance seguinte, em falha da defesa mineira, Trindade soltou a bomba de fora da área, empatando a partida para o Flamengo.

Assim como a temperatura no estádio, o segundo tempo da partida esfriou. América e Flamengo alternaram bons momentos, mas sem criarem chances claras de gol. Coube a Lucas Paquetá esquentar o jogo. Aos 28 minutos, o meia recebeu na grande área e bateu deslocando o goleiro Jori, que sequer pulou na bola, virando o jogo para o Flamengo, contrariando o que poderia ser uma noite ruim, e garantindo a terceira final da história do time na Copinha: 2 a 1.

Nenhum comentário: