Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

terça-feira, 6 de junho de 2017

Maicon Bolt baixa pedida salarial e pode ser novo reforço do Flamengo

O Flamengo pode estar trazendo mais um jogador que fez sucesso no Fluminense, um dos seus grandes arquirrivais. A bola da vez é o atacante Maicon Bolt, revelado nas categorias de base do Tricolor, e que já está há seis anos no Lokomotiv, da Rússia. O contrato do jogador com os russos se encerra no próximo dia 30 e o atleta, hoje com 27 anos, tem interesse em retornar ao Brasil, mais especificamente ao Rio de Janeiro. 

 As conversas com o atleta foram iniciadas há cerca de  três meses, mas a alta pedida salarial e o interesse do futebol chinês atrasou o negócio. Contudo, o empresário do atleta, o francês Charles Chamorro, através de um intermediário, ofereceu Maicon ao Rubro-Negro, com uma pedida salarial bem mais baixa e as conversas foram retomadas. A informação das retomada do papo foi divulgadas primeiramente pelo site FutRio, e confirmada pelo Lance!.

No debate entre as partes, ficou estabelecido que o valor dos vencimentos de Maicon Bolt encaixam no pensamento financeiro da diretoria do Flamengo. Além disso, com o fim de seu vínculo na Rússia, o jogador desembarcaria na Gávea sem custos. Portanto, para o negócio ser sacramentado basta definir o valor de luvas que Maicon quer para acertar o retorno do jogador ao Brasil. Este valor, por ora, também foi diminuído na nova pedida, mas o Fla quer aguardar até a próxima semana para dar a palavra final.

O desejo de retornar ao Brasil, mais especificamente ao Rio de Janeiro, deve pesar para Maicon, que rejeitou duas propostas milionárias do futebol chinês para aceita receber menos no país natal.

Isto porque o clube fecha os últimos trâmites da contratação do zagueiro Rhodolfo e ainda espera um definição do atacante Geuvânio. No caso do defensor, conforme o Lance antecipou no último domingo, só uma troca de documentação o separa da Gávea. O Fla irá pagar cerca de R$ 4 milhões pelos direitos econômicos do atleta, em três parcelas, e vai assinar um vínculo até dezembro de 2019 com o Rubro-Negro. Avaliado por médicos do clube, Rhodolfo está em condições físicas para atuar e não apresenta problemas desde dezembro, já que no ano passado passou uma cirurgia no joelho. O jogador é aguardado no Brasil até sexta-feira para assinar o contrato e ser apresentado.

Já Geuvânio o negócio pode não acontecer. Isto porque o Santos, que tem prioridade em contrato desde a venda para o Tianjin (CHN), se manifestou em contar com o atleta e viria no mesmos moldes que seria o negócio para o Flamengo: salários divididos e empréstimo de 18 meses sem custos. Entretanto, a diretoria rubro-negra ainda está otimista que o Peixe saia da jogada e Geuvânio seja mais reforço. Assim, com a chegada de Maicon e Geuvânio, além de Everton Ribeiro, o clube deve se desfazer de algum de seus nomes de frente.

O caso de Maicon ganhou mais força no Rubro-Negro também, depois que o Fluminense não mostrou disponibilidade para acertar como reforço, devido ao pedido de luvas e acerto salarial. A diretoria tricolor não pretende fazer grandes investimentos.

Nos lados do Flamengo, a cautela quanto ao nome de Maicon é mantida.

- O que existe de encaminhamento é a questão do Rhodolfo, que devemos ter a definição nos próximos dias. Qualquer outra situação, só o dia que tiver confirmação - disse o diretor-executivo do clube, Rodrigo Caetano.

Nenhum comentário: