Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Cestinha, Olivinha celebra evolução na série: "Nos sentimos mais à vontade"

Em casa, o Flamengo venceu Rio Claro na segunda partida das quartas de final do NBB 8 por 93 a 73. Inflamado pela festa da torcida rubro-negra que lotou o ginásio do Tijuca, os cariocas não apresentaram o seu melhor basquete, mas evoluíram em relação ao primeiro confronto, no interior paulista. Destaque da equipe nesta quinta-feira, Olivinha cresceu com toda a equipe e foi o cestinha do confronto que deu a vantagem de 2 a 0 na série melhor de cinco para os donos da casa com 20 pontos. Além disso, o ala-pivô pegou cinco rebotes.

Olivinha admite que no primeiro jogo a falta de ritmo fez com que o Flamengo jogasse um pouco abaixo do normal. No entanto, o jogador acredita que a equipe conseguiu se impôr mais na partida e aproveitou para exaltar o trabalho feito pelo preparador físico.

- Acabamos sentindo um pouco a falta de ritmo de jogo na primeira partida. Mas agora estamos mais à vontade. Já voltamos ao ritmo antigo, principalmente nesse segundo tempo, quando conseguimos colocar um ritmo muito forte, e Rio Claro não conseguiu nos acompanhar. Abrimos uma grande diferença e saímos com mais essa vitória. Temos que enaltecer o trabalho do Diego Falcão, nosso preparador físico, que pegou bastante no nosso pé e agora estamos colhendo os frutos – afirmou o jogador, que acertou as duas bolas de três que tentou.

 
O técnico José Neto também elogiou o desempenho da equipe, mas acredita que o time ainda tem potencial para muito mais.

- Sem dúvida podemos melhorar. Mas já melhorou bastante em relação ao que não fizemos tão bem no jogo passado. Em São Paulo, perdemos muitos rebotes de defesa. Nesta quinta já foi diferente. Partida passada demos 13 assistências e a nossa média é de 19. Hoje demos 23. Então já deu uma equiparada. Conseguimos fazer um jogo mais coletivo, mas ainda temos muita coisa pra melhorar – analisou o comandante.

Flamengo x Rio Claro, basquete, NBB, Ginásio do Tijuca (Foto: Marcello Pires)Olivinha elogiou o comportamento do Flamengo no segundo jogo contra Rio Claro no Tijuca (Foto: Alexandre Ribeiro)
 
Olivinha espera fechar logo a série neste sábado para o time poder ter mais tempo de descanso. Porém, o ala-pivô não acredita em um adversário fragilizado no jogo 3, apesar da vantagem e do retrospecto favorável para o lado rubro-negro – são quatro vitórias em quatro jogos contra o Rio Claro neste NBB.

- Acho que o Rio Claro vem mais forte ainda. Eles sabem que se perderem estão fora do campeonato. Mas vamos tentar fazer nossa parte do lado da nossa torcida e sair com mais uma vitória e a classificação. Será importante para termos um tempo maior de descanso e consertar alguns erros até definir o adversário da semifinal - explicou o camisa 16, que aproveitou para elogiar a festa que a torcida rubro-negra fez do início ao fim. 

- Jogar ao lado da nação rubro-negra é um prazer muito grande, ainda mais nessa fase do campeonato, quando ela costuma lotar o ginásio. Nosso torcedor fez uma festa muito grande, é nosso sexto homem. Nos apoiaram do início ao fim e nossa equipe correspondeu dentro de quadra. 

Nenhum comentário: