Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

domingo, 15 de novembro de 2015

Flamengo 120 anos: o "Mais Querido do Brasil" e a Segunda Guerra Mundial


Taça Salutaris exposta na sede do Flamengo (Foto: Matheus Frigols / GloboEsporte.com)
"O Mais Querido". É assim que torcedores do Flamengo se referem ao clube do coração. O time com o maior número de torcedores recebeu o título para afirmar aquilo que já estava escrito desde a sua criação. No ano de 1927, a empresa de água mineral Salutaris, em conjunto com  o Jornal do Brasil, promoveu uma disputa no Rio de Janeiro para saber qual era o clube mais querido do Brasil. Tudo o que os torcedores precisavam fazer era levar o rótulo da água, ou o cupom que vinha no periódico preenchido com o nome do seu time, até a sede do JB. O clube que obtivesse o maior número de votos, ganhava o título, além da Taça Salutaris, um troféu de um metro e meio de altura, banhado em prata.

Portugueses e vascaínos, donos de comércio e jornaleiros encheram bolsas de rótulos e cupons. Por terem maior poder aquisitivo consumiam mais água e jornal. No dia da votação, um grupo de flamenguistas disfarçados de vascaínos receberam as bolsas, entraram na sede do jornal e despejaram seu conteúdo no poço do elevador e nos vasos sanitários. ''Por isso  o nome vasco sanitário''.

Fernandinho, ex-goleiro do Flamengo e único atleta da época amadora e profissional do futebol ainda vivo, tinha 14 anos na época da disputa e esteve presente no dia da votação.

- Eu participei. Participei com muitas pessoas que não existem mais. Na época, ali na avenida Rio Branco com a São José, estava tomada por torcedores do Flamengo. Tinham muitos vascaínos lá também. Eles acharam que iam ganhar, pois tinham muitos taxistas, jornaleiros e padeiros que ajudaram. Mas o Flamengo ganhou - relatou.

Foi um carnaval fora de época. A festa foi grande. Mesmo com a reclamação por parte dos torcedores do Vasco, o novo apelido popularizava cada vez mais entre os flamenguistas.

- Vão dizer que o Flamengo trapaceou, mas quem trapaceou foi vasco. A torcida do Flamengo já era maior. O Flamengo começou em 1885, o futebol que começou tardiamente. O primeiro campo foi na Rua do Russel, na Glória. O Flamengo treinava a céu aberto, todos podiam assistir. A torcida do Flamengo se multiplicou muito na década de 10 por causa disso. O Vasco surgiu em 23, mais de 10 anos depois - destacou Bruno Lucena, pesquisador rubro-negro.

As antenas americanas em território brasileiro contra o Nazismo 
 
Outro fator que ajudou a popularizar a força do Flamengo pelo país foi a Segunda Guerra Mundial. Em 1942, com o posicionamento do Brasil como aliado dos Estados Unidos, foram posicionadas nas cidades de Natal-RN e Belém-PA, pelos americanos, duas antenas de alta captação para pegar sinais enviados dos navios inimigos. Só que as mesmas antenas também permitiram a transmissão de jogos, via rádio, para o Norte e o Nordeste do país.

Na época, com o Rio de Janeiro como a capital do país, a importância do que acontecia em terras cariocas era muito alta. No período de guerra, o rádio era o meio de comunicação mais utilizado para notícias e, claro, transmissão de esportes. Dessa forma, as vitoriosas campanhas rubro-negras nos estaduais do começo da década de 40 se alastrou.

- Em 1942, 1943 e 1944, o Flamengo foi campeão. O time tinha Zizinho, o craque da época, além do Domingos da Guia, que era o melhor zagueiro do Brasil. Então, a torcida cresceu muito na década de 40 por causa dessas antenas que permitiram a transmissão do Carioca - finalizou, Lucena.

Nenhum comentário: