Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Esportes olímpicos do Flamengo receberão R$ 4,9 mi do CBC


image

Em cerimônia realizada no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (23), o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), então Confederação Brasileira de Clubes, anunciou o repasse de mais de R$200 milhões para a formação de atletas em território nacional para o próximo ciclo olímpico, visando Tóquio 2020. O projeto Flamengo Olímpico, capitaneado pelo Departamento de Esportes Olímpicos do Mais Querido, receberá R$4.968.491,52 e visa beneficiar 747 atletas, além de 32 profissionais da pasta. A verba é fruto da descentralização de recursos de concursos de prognósticos (0,5%) previstos na Nova Lei Pelé para a formação de atletas olímpicos e paralímpicos em clubes de todo o Brasil e, desta vez, será investido exclusivamente em recursos humanos para as categorias de base. 


image 
 
"O Flamengo é o principal destinatário do CBC e tenho certeza de que o Comitê se orgulha muito dos nossos resultados apresentados. Por ser um clube cidadão e ter todas as Certidões Negativas de Débito (CND) em dia, o Flamengo foi um dos primeiros clubes aptos a receber os recursos descentralizados da então CBC. Estamos usando essa verba com muita responsabilidade para a formação de nossos atletas olímpicos", celebra o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello.  

"O edital não contempla apenas a formação de atleta, mas também a inclusão social. Uma criança, um jovem, de 7 ou 8 anos de idade até os 16 ou 17 que faz parte desse processo de formação dentro dos clubes, não está sendo apenas um atleta, mas está se formando um  cidadão do nosso país", falou Jair Alfredo Pereira, Presidente do CBC, após sua diretoria tomar posse no cerimonial. Quem também marcou presença na sede social do Tijuca Tênis Clube foi o Ministro do Esporte, Leonardo Picciani. 
  
image"Quero aproveitar essa oportunidade para reafirmar o compromisso do Ministério do Esporte em formar atletas e saudar os que estão aqui presentes. Trabalharemos cada vez mais afinados para atingir esses objetivos. Teremos uma tarefa nova na gestão dos equipamentos olímpicos, tanto na Barra da Tijuca quanto em Deodoro, e todos os outros construídos para integrar a rede nacional de treinamento. Temos conversado muito com COB e CBC para criar um calendário de competições para preservar e engrandecer o legado olímpico. A presença de todos aqui é fundamental para essa caminhada", declara Picciani.

A atleta Beatriz dos Santos, vice-campeã brasileira juvenil e campeã adulta por equipes de ginástica artística em 2016, foi representante dos atletas rubro-negros na cerimônia. Bia, que há dois anos representa o Flamengo, tem apenas 15 anos e é uma das principais apostas do Mais Querido. Ela também faz parte dos promissores atletas beneficiados pelo projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro.

O Flamengo apresentará ainda projetos olímpicos em editais da CBC visando ser contemplado através de aquisição de equipamentos, recursos humanos e participação em competições ao longo dos próximos 4 anos.

Veja abaixo um retrospecto dos convênios já assinados pelo Flamengo com o Comitê Brasileiro de Clubes:

•    1.1 Barcos de remo e canoagem: R$1.612.439,08
•    1.2 Set de equipamentos de ginástica, tatame judô e material voleibol: R$1.749.358,00
•    1.3 Piscina Myrtha: R$1.997.718,00
•    1.4 Competições: R$1.769.604,80
•    1.5 Sistema de filtragem e aquecimento: R$1.360.256,19


Nenhum comentário: