Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Rhodolfo diz que chega 100% ao Flamengo; diretor confirma Geuvânio próximo


Sétimo reforço da temporada no Flamengo, o zagueiro Rhodolfo foi apresentado com pompas no início da noite de segunda-feira no Ninho do Urubu. Nas palavras do presidente Eduardo Bandeira de Mello – que pediu desculpas se algum outro torcedor se sentiu ofendido pela banana enviada na partida em Florianópolis -, “o novo xerife”. Para o diretor de futebol, Rodrigo Caetano uma liderança positiva para a sequência do ano no Flamengo. O executivo, por sinal, confirmou que tem “conversas avançadas” por Geuvânio, atacante do Tianjin Quanjian. 


Rhodolfo vestiu a camisa 44 na apresentação e diz estar 100% fisicamente (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Aos 30 anos, Rhodolfo vestiu a camisa 44, agradeceu a oportunidade e não poupou elogios ao clube e aos novos companheiros do elenco. E, antes de tudo, quis mandar mensagem aos torcedores. Com poucas partidas nesta última temporada pelo Besiktas, que foi o campeão turco, o brasileiro atuou cinco vezes – três delas como titular – na campanha vitoriosa do agora seu ex-time. Mas afirmou que se deveu a opções do técnico (confira abaixo as principais respostas do jogador na coletiva de imprensa). 

- Acho que chegaram informações erradas sobre minha forma física. Desde que voltei da minha cirurgia no ano passado nunca mais voltei para a fisioterapia. Não tem nada disso de machucado. Foi opção do treinador. Voltei antes do tempo de lesão. Era para ficar sete meses parado, mas voltei em cinco. Joguei algumas partidas, mas por opção do técnico, tive que respeitar e esperar, como sempre fiz. Vinha treinando mais forte ainda. Queria muito vestir essa camisa do Flamengo. Quero ajudar meus companheiros - destacou o zagueiro, que teve lesão no joelho em fevereiro de 2016 e acabou perdendo espaço na Europa. 

O paranaense de 1,93m destacou a grandeza do Flamengo – lembrou até que ao falar do seu novo destino os companheiros vibraram por ele – e a concorrência sadia e forte para jogar na defesa. Ele custou 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 5,3 milhões) aos cofres rubro-negros. Durante a apresentação, aproveitou para relembrar a trajetória até chegar clube. 

- O Atlético-PR me revelou, no São Paulo fui feliz, time do Muricy, campeão, com vários jogadores de excelente qualidade, onde fui convocado para a Seleção. No Grêmio também fui muito feliz, torcida muito fanática. E o Flamengo, que tem uma força em termos mundiais. No meu clube (Besiktas, da Turquia) eles disseram que sabiam o que era o Flamengo. Essa camisa aqui é gigante – disse o zagueiro. 

Ex-santista será última contratação
 
Após a coletiva de Rhodolfo, o presidente Eduardo Bandeira de Mello e o diretor de futebol responderam algumas perguntas. O dirigente responsável pelo departamento de futebol reconheceu que os resultados não correspondem ao investimento feito no elenco – “precisamos transformar esse forte elenco em um time”. E confirmou que Geuvânio será o último reforço, a não ser que haja alguma saída. 

- Tem realmente uma conversa avançada (com Geuvânio). Sou extremamente cauteloso com contratações. Para confirmar só quando estiver sendo apresentado. Não posso confirmar nada além disso, pois tem exames médicos, outras pontas que estão sendo amarradas, mas está em um estágio avançado. Caso ele venha, se encerram as negociações. Temos um elenco equilibrado e em bom número – afirmou o dirigente. 

Confira abaixo as principais respostas da apresentação de Rhodolfo
 
Elogios a Zé Ricardo
Já o conheço. É Excelente técnico, ouvi falar muito bem dele. Acompanhei o Flamengo de longe e ele é uma excelente pessoa e tem a total confiança do grupo. Já estou legal para jogar, mas vai depender do treinador. Cheguei para ajudar. 

“Novo xerife”
Raça não pode faltar vestindo essa camisa, é o sonho de qualquer criança e de qualquer jogador. Temos que nos colocar na pele do torcedor, que paga ingresso, que viaja e isso vamos mostrar dentro de campo, com muita raça. No dia a dia e nos treinamentos vou dar o máximo por essa camisa. A camisa do Flamengo é gigante. Pela torcida que tem, pela estrutura, comissão e jogadores, temos que disputar títulos. Quando surgiu a conversa com Rodrigo, não pensei duas vezes. Disse para meus empresários que já podia fechar e que queria vir para cá. Grupo forte e com jogadores de qualidade. 

Disputa na zaga
É uma concorrência sadia, com jogadores de qualidade e de seleção. Ano passado, Réver e Vaz formaram a zaga de melhor desempenho do Flamengo nos pontos corridos. Ainda tem o Donatti, que já conhecia. São muitos zagueiros de qualidade. É bom quando o elenco tem muitas opções, vamos ajudar da melhor maneira possível, nos treinamentos e nos jogos. Jogo nos dois lados, tanto na esquerda quanto na direita. Não tenho preferência. 

Zaga lenta com Réver?
Não acho, porque somos altos (1,91 Réver, Rhodolfo, 1,93m), mas temos uma boa passada. A experiência conta bastante. Acho que temos tudo para dar certo, como todos os outros. Quem o professor optar para jogar estaremos à disposição.


Nenhum comentário: