Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 30 de abril de 2016

Mais maduro após campanha com o Audax, Rodolfo almeja volta ao Flamengo

rodolfo flamengo bangu (Foto: Ide Gomes / Agência Estado)Uma promessa que não vingou no Flamengo, mas que deseja voltar para mostrar que amadureceu. Aos 22 anos e há pouco mais de dois longe do Ninho do Urubu, Rodolfo, meia canhoto que chegou a ser motivo de boa expectativa da torcida rubro-negra, é reserva mas faz parte da maior surpresa da temporada no futebol brasileiro: o Audax de Fernando Diniz. Graças ao treinador, o jovem garante ter adquirido a confiança e a personalidade necessárias para cumprir um grande objetivo na carreira: ter sequência e poder brilhar no Rio de Janeiro depois do terceiro empréstimo - passou por Ponte Preta e Coritiba, e deixa a equipe de Osasco após as finais do Paulista contra o Santos

- O melhor lugar que passei foi o Audax, onde mais amadureci. Estava sem confiança, e aqui o professor (Fernando) Diniz me ajudou bastante nisso, conversou bastante comigo para eu acreditar mais em mim, que as coisas dariam certo. Depois da conversa que tivemos, consegui dar um salto bom, melhorei meu futebol dentro de campo e espero melhorar ainda mais. É um aprendizado bom conhecer coisas diferentes. Estou bem maduro, pronto para as coisas boas - disse, em entrevista por telefone.


Vinculado ao Rubro-Negro até março de 2017, Rodolfo diz que ainda não há uma definição sobre o seu futuro - se será emprestado novamente ou não -, mas deixa claro sua vontade quando uma pergunta é feita: a meta é voltar ao Flamengo?

- Lógico que é, né. Tenho um carinho pelo Flamengo e se tiver que voltar, volto feliz. É o clube onde surgi e tive uma sequência boa. Acho que poderia mostrar meu futebol bem melhor. Vamos ver no que vai dar. Posso dizer que voltaria com mais vontade e garra, ainda mais no Flamengo. Gana de vencer e mais personalidade, que há dois ou três anos eu poderia não ter - confessa.

Sobre a boa fase do Audax, a boa relação do elenco é motivo de destaque para o meia.

- O diferencial dessa equipe é a amizade de todos nós. Independente de estar jogando, um “compra o barulho” do outro. Se for para brigar todo mundo vai brigar, aqui não tem grupinho. A gente cobra aqui, acima de tudo, a amizade de um pelo outro. O Diniz toca muito nesse assunto, é um cara espetacular, que faz de tudo para nos ver bem. E fazemos de tudo para vê-lo bem também. Cobra na hora que tem que cobrar e incentiva na hora que tem que incentivar. É um excelente profissional.

Nenhum comentário: