Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sábado, 3 de dezembro de 2016

Flamengo bate o Paulistano por 81 a 72 e mantem a invencibilidade e a liderança do campeonato.


Marcelinho é homenageado pelos 10 mil pontos no basquete do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)
Antes mesmo do fim do jogo, Marcelinho já recebia uma homenagem neste sábado. Não à toa. O ala-armador ultrapassou a marca dos 10 mil pontos pelo Flamengo. Ele ganhou uma camisa rubro-negra personalizada com número 10K, uma placa comemorativa e mais uma vitória no NBB 2016/17. No ginásio do Tijuca Tênis Clube, o Fla bateu o Paulistano por 81 a 72 e manteve a invencibilidade e a liderança do campeonato. Antes do início do jogo foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da tragédia da Chapecoense.

- Estou muito feliz. Essa marca simboliza toda minha trajetória no Flamengo. Minha característica é ser ofensivo. Faço isso para ajudar o time a ter vitorias. Fico feliz de ter ajudado o Flamengo a conquistar tantos títulos - disse Marcelinho, em entrevista à "TV Band".

Primeiro time do ala-armador na juventude, o jogador de 41 anos está no time profissional desde 2007, depois de passar por vários times do Brasil e da Europa. Marcelinho estava nos cinco títulos rubro-negros no NBB, sendo por três vezes o líder de pontos da competição. Por duas vezes ele foi o MVP do nacional (Jogador Mais Valioso).

Neste sábado, Marcelinho fez 17 pontos e foi um dos destaques do Fla. Marquinhos foi o cestinha, com 19 pontos. Olivinha conseguiu um duplo-duplo (10 pontos e 14 rebotes). Pelo Paulistano, Mogi foi o maior pontuador, com 17 pontos.

Com o resultado, o Flamengo chegou à sexta vitória no NBB 2016/17 e lidera com 100% de aproveitamento. O time volta ao ginásio do Tijuca Tênis Clube no próximo sábado, às 18h (de Brasília), contra o Macaé. 

O Paulistano, por outro lado, viu ser interrompida sua série de dois triunfos seguidos. Com três vitórias em sete jogos (42,9% de aproveitamento), o time caiu da oitava para a 11ª colocação. Na quarta-feira, às 20h15, a equipe encara o Campo Mourão fora de casa.

O jogo
Quando a bola subiu, o Flamengo logo mostrou ser superior ao jovem time do Paulistano. Marquinhos puxou os cariocas com oito pontos no primeiro quarto. Marcelinho também foi importante peça rubro-negra. Já no meio da parcial inicial o armador fez a cesta que selou a marca de 10 mil pontos pelo Fla. O Paulistano, por sua vez, encontrava pouco espaço para os arremessos e cometeu muitos erros. Assim, o time anfitrião abriu 20 a 13 no primeiro quarto.

O técnico José Neto rodou bastante o time do Flamengo no início do segundo quarto. Dez jogadores entraram em quadra e oito deles pontuaram. O jogo coletivo foi o ponto forte rubro-negro. A equipe abriu mais de dez pontos de vantagem. O Paulistano cresceu no fim, liderado por Hure, mas o Fla segurou e foi ao intervalo com 36 a 26 no placar.

Marcelinho recebeu uma homenagem pelos 10 mil pontos durante o intervalo. Marquinhos, JP Batista e Fischer embalaram o Fla no terceiro quarto. O time chegou a abrir 20 pontos de vantagem (50 a 30). Parecia que a vitória seria tranquila. Só que o Paulistano novamente cresceu no final do quarto e diminuiu para 61 a 50.

O Paulistano entrou de vez no jogo e foi com tudo para o último quarto, puxado por De Paula. O jogador fez 12 pontos só na parcial. A diferença chegou a ser de apenas cinco pontos. Marcelinho manteve o Fla na frente com três bolas de três pontos. Na reta final, o Flamengo dominou o jogo e garantiu mais um triunfo no NBB 2016/17: 81 a 72.

Times
 
Flamengo: Marcelinho (17), Fischer (8), Marquinhos (19), Mineiro (2) e JP Batista (13). Entraram: Pedrinho (1), Lelê (6), Ramon (5), Olivinha (10) e Léo Bispo (0).

Paulistano: Mogi (17), Jhonatan (8), Renato (9), De Paula (14) e Guilherme (4). Entraram: Luis Fernando (4), Victor André (0), Hure (12) e Arthur Pecos (4).


Nenhum comentário: