Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Flamengo e Ronaldinho chegam a acordo: clube vai pagar R$ 17 milhões


Ronaldinho Flamengo x Lanús (Foto: Maurício Val / Vipcomm)

Flamengo e Ronaldinho, enfim, se entenderam. Clube e jogador chegaram a acordo, homologado nesta quarta-feira na 9ª Vara do Trabalho do TRT da 1ª Região do Rio de Janeiro. O clube vai pagar R$ 17 milhões no total ao craque. A primeira parcela será de R$ 5 milhões, dividindo os R$ 12 milhões restantes em 10 parcelas mensais. A juíza do trabalho Daniela Valle da Rocha Muller homologou o termo de conciliação do processo de número 0000.681.71.2012.501.0009.

Da verba total, R$ 8,750 milhões correspondem à cláusula desportiva, R$ 6,250 milhões de multa pela rescisão unilateral de contrato e mais R$ 2 milhões de indenização por danos morais. O Flamengo ainda terá que arcar com as custas do processo, calculadas em R$ 340 mil. A primeira parcela deve ser paga no início de março.

Em contato com o GloboEsporte.com, o presidente do Flamengo não quis entrar em detalhes sobre o acordo, mas considerou positivo o desfecho.

- Estamos acabando com mais um esqueleto do passado, de gestões anteriores - disse Eduardo Bandeira de Mello.

Questionado se poderia haver alguma cobrança de valores da gestão anterior, da administração Patrícia Amorim, que contratou e dispensou Ronaldinho, o dirigente se esquivou:

- Não é bom ficar teorizando sobre essas coisas. O importante é que foi acordo bom para as partes e que o nosso nome (do Flamengo) vai ficar limpo - respondeu o presidente, garantindo que os valores do acordo já estavam previstos em orçamento do Flamengo.

Vice-presidente jurídico do Rubro-Negro, Flávio Willeman garantiu que não haverá impacto no orçamento do clube. Segundo ele, o acordo foi "extremamente vantajoso".

- Todo dinheiro virá do ato trabalhista, ou seja, de receitas que o Flamengo já recolheu à justiça do trabalho para pagar dívidas. Nenhum impacto financeiro no orçamento acontecerá. Para o Flamengo foi extremamente vantajoso, tendo em vista o valor pretendido. Acho que foi justo. Damos, assim, mais um passo para se livrar das pendências financeiras do passado para que, em futuro próximo, tenhamos situação financeira equilibrada e livre de qualquer ameaça de penhora por parte dos seus credores - afirmou.

Após deixar o clube, em 2012, o jogador acionou o clube na Justiça pedindo indenização de aproximadamente R$ 50 milhões por pagamentos atrasados e danos morais. O valor do acordo inicialmente proposto pelo Flamengo ao atleta variava de R$ 12 milhões a R$ 15 milhões.

Desde o ano passado o Flamengo tentava um acordo com Ronaldinho, que não aceitara os valores propostos na primeira oferta. Dessa forma, o processo seguia correndo na Justiça aguardando a sentença do juiz. Mesmo assim o corpo jurídico rubro-negro seguia em busca do acordo.

Flamengo e Ronaldinho chegaram a acordo para pôr fim aos 3 processos que mantinham na Justiça do Trabalho. nenhum dinheiro do orçamento do fal será empregado. 

Nenhum comentário: