Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Flamengo estuda projetos para Ilha e quer estilo ''caldeirão'' para Libertadores


Arena, Botafogo, Ilha (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)Um caldeirão para chamar de seu. No aguardo do desenrolar das negociações da Odebrecht, governo do estado e duas concorrentes para assumir o Maracanã, o Flamengo quer fazer da Arena da Ilha uma verdadeira panela de pressão para os adversários. A diretoria estuda três projetos de modelagem da arquibancada - que serão erguidas após o Botafogo retirar as cadeiras atuais - e quer adotar estilo mais próximo de caldeirão.

A ideia é ter arquibancadas mais inclinadas e próximas do gramado, com capacidade de pouco mais de 20 mil espectadores. O Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou em reunião realizada nesta segunda-feira o contrato assinado pelo clube com a Portuguesa da Ilha. Até o fim da semana deve ser definida pela diretoria o desenho de como vai ficar o estádio. O acordo prevê que o Flamengo pague cerca de R$ 7 milhões ao clube português, para utilização do espaço por três anos. O clube também vai pagar pela utilização dos bares e estacionamento.

As obras estão previstas para começar nos primeiros dias de janeiro. A previsão é fique pronta a estrutura em 60 dias, perdendo o primeiro turno do Carioca e a Primeira Liga, mas com “estreia” assegurada na Libertadores. Mesmo se voltar ao Maracanã, a ideia é atuar no estádio lusitano em jogos de menor porte.

- Não podemos falar nada de aspectos comerciais, mas existe sim um projeto de ampliação para 20 mil espectadores, um pouquinho mais: 21 mil pessoas. Vamos fazer a reforma das instalações também, com gramado de primeira qualidade e vestiários também vão ser todos reformados - disse o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello.

Nenhum comentário: