Tu és... Time de tradição... Raça, amor e paixão... Oh meu Mengo!!! Eu... Sempre te amarei... Onde estiver estarei... Oh meu Mengo!!!

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Santos x Fla: PM de Brasília dará atenção especial às organizadas


A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prepara um esquema de segurança especial para o jogo entre Santos e Flamengo, no próximo domingo, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Mais de 1.600 policiais foram escalados para trabalhar na partida, que servirá como evento-teste para a Copa das Confederações deste ano e o Mundial de 2014.

Seguindo as exigências da Fifa, o jogo será realizado sem barreiras físicas para a separação das torcidas rivais nas arquibancadas, além dos assentos numerados. Situação que exigirá uma atenção maior das forças de segurança, principalmente no acompanhamento das torcidas organizadas dos dois times.

- Todo o trabalho está sendo feito de acordo com o padrão Fifa. Porém, será um jogo diferente dos que ela realiza, onde teremos torcidas organizadas, por exemplo. Então, nosso trabalho vai ser preventivo, para garantir que a pessoas assistam ao jogo completamente seguras - afirmou o comandante do escritório de gerenciamento de grandes eventos da PMDF, coronel Cléber Lacerda.

inauguração Estádio Mané Garrincha (Foto: Marcelo Baltar) 
Santos x Flamengo: nada de barreiras físicas para separar grupos rivais de torcedores (Foto: Marcelo Baltar)

Uma das principais dificuldades será garantir que os assentos numerados sejam respeitados. De acordo com o Governo do DF, que organiza a partida em conjunto com o Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014 e a Federação Brasiliense de Futebol, cerca de 1.500 agentes privados de segurança trabalharão no estádio para assegurar os lugares marcados. No entanto, representantes de algumas torcidas organizadas adiantaram que pretendem unir os integrantes nas arquibancadas, independentemente do número dos assentos.

- Esse negócio de cadeira numerada é para acabar com as organizadas, mas não vão conseguir. Estamos tentando comprar ingressos para o mesmo setor, mas mesmo quem não conseguir, vai ficar junto. E ninguém vai separar - afirmou o integrante de uma das torcidas que preferiu não se identificar.

Cel Cléber Lacerda PMDF  (Foto: Fabrício Marques)
 Segundo o coronel Cléber Lacerda, o problema será minimizado pelo fato de algumas organizadas terem comprado ingressos de um mesmo lote, como é o caso das torcidas do Santos que viajarão em caravana para Brasília. Porém, não descartou que possa ser necessária uma ação policial.

- Se houver concentração das torcidas e os stewarts (seguranças privados) não conseguirem fazer a divisão, a polícia militar trabalhará como em um jogo normal. Ou seja, deixará de usar naquele momento o padrão Fifa para poder fazer uma atuação direta em cima daquelas torcidas. A questão toda será usar o bom senso e administrar da melhor maneira possível a situação.

 Cel Cléber Lacerda é o responsável pelo plano de  ação da PMDF para o jogo (Foto: Fabrício Marques)

Serão tomadas ainda medidas para evitar o encontro entre grupos rivais nas arquibancadas ou nos corredores de acesso. O comandante informou também que os torcedores não poderão entrar para o jogo com bandeiras, sinalizadores ou instrumentos de percussão. A polícia realizará nesta quinta-feira uma reunião com os líderes das principais organizadas dos dois times em Brasília para explicar as regras.

Segurança no entorno do estádio


Briga Vila Belmiro (Foto: Marcos Ribolli)
 O planejamento da PMDF também prevê um forte esquema de segurança no lado de fora do novo Mané Garrincha. O policiamento será reforçada nos pontos de estacionamento e nos arredores do estádio.

Com relação às torcidas organizadas, também haverá policiais acompanhando o deslocamento dos grupos, inclusive, das caravanas de fora do Distrito Federal.

- Estamos em contato direto com as policias do Rio de Janeiro e de São Paulo, que nos passam informações sobre torcedores que virão destes dois estados. Sabemos, por exemplo, que virão dois ônibus de torcedores do Santos. Eles serão recebidos na divisa do DF e escoltados - afirmou o coronel Cléber Lacerda.


 Torcedores do Santos entraram em confronto com PM da cidade no último domingo(Foto: Marcos Ribolli)

O comandante disse ainda que serviços de inteligência da PMDF estão monitorando a movimentação das torcidas em páginas eletrônicas e redes sociais com o intuito de coibir qualquer tentativa de agendamento de confronto entre grupos rivais.



Nenhum comentário: